Home Cidade Artista explica grafite como ação política-social

Artista explica grafite como ação política-social

101
0
O muro apresenta diversas artes dos artistas, mas a principal é a crítica social feita: vidas negras importam. Foto: Laura Oliveira

Laura Oliveira

Nas últimas semanas, o muro de um imóvel na Avenida Padre Antônio Brunetti, que antes estava deteriorado por conta do tempo, ganhou vida ao ser pintado por cinco grafiteiros da cidade. O muro apresenta diversas artes dos artistas, mas a principal é a crítica social feita: vidas negras importam.
Nilo Brisac, que grafita há 18 anos é um dos artistas idealizadores contou ao Correio como tudo aconteceu, e quem foram os artistas que colaboraram com a obra. “Zóio, Minhoca de gravata, Melo e Guto foram os grafiteiros que também ajudaram na arte. Quem sugeriu o tema foi o Minhoca de gravata, ele sempre tenta ter uma abordagem política social em suas artes. Nesses últimos meses começamos a nos reunir com mais frequência por conta de uns projetos que estivemos realizando com a prefeitura e iniciativas privadas, então fortaleceu muito o grupo e acendeu a chama para estarmos sempre pintado, esse muro em especial foi definido de última hora, nunca sabemos ou planejamos muito apenas da vontade de pintar e já saímos procurando algo, e nesse dia ele encaixou bem nos nossos planos, possibilitando assim experimentar novas técnicas sem gastar muito material, que é sempre escasso.”
O grafiteiro ainda comentou que o local foi selecionado por ser um local movimentado, onde várias pessoas podem contemplar o mural. “Escolhemos aquele muro por ser bastante visível e porque já estava bastante detonado. Gostamos de fazer transformações nos locais que a vezes parecem abandonados. Nosso grupo tem o costume de fazer em lugares que já estão um bom tempo abandonados sofrendo com a ação do tempo, mas é sempre bom pedir autorização ao dono do imóvel antes de começar a grafitar. Às vezes aparece o dono do muro e seu senso de propriedade pode atrapalhar, mas com uma conversa civilizada acabamos convencendo a nos deixar terminar o trabalho, pois é apenas tinta não vai fazer mal a uma parede que já está deteriorando.”
Nilo explicou a importância da arte para a sociedade em geral. “O grafite é importante na questão da comunicação direta entre o artista e espectador, por estar exposta 24h e por ela ser versátil podendo falar de qualquer tema que queira expressar usando palavras, formas e cores. Acho importante passar mensagens no grafite, pois é uma forma de expressar algo que faça a sociedade refletir sobre o assunto.”
O artista ainda comentou que qualquer pessoa pode começar a grafitar. “Qualquer um pode grafitar utilizando o material que quiser, não precisa ser necessariamente spray. Basta ter vontade de se expressar ou deixar sua marca e achar um local pra isso.”

 

*Sob Supervisão Carla Monteiro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui