A Ressurreição de Cristo

A ressurreição de Cristo é um fato real e inquestionável. Paulo, o apóstolo, afirma que Jesus morreu pelos nossos pecados, conforme assevera a Escritura e que foi sepultado, ressuscitando ao terceiro dia. Declara, ainda, que Cristo, logo após a ressurreição, apareceu para Cefas e depois aos onze. Foi visto por mais de quinhentos irmãos de uma só vez. Foi visto por Tiago e mais tarde por todos os apóstolos. Finalmente, afirma que foi visto por ele, como por um nascido fora de tempo, uma vez que havia perseguido a igreja. Não citou o apóstolo as aparições de Cristo para Maria Madalena e para os discípulos que se dirigiam a Emaus, como descreveu o apóstolo João.
A ressurreição foi um fato sobrenatural e inquestionável, pois os discípulos deram a sua vida para provar a ressurreição de Cristo. No Credo dos Apóstolos, há um parágrafo inteiro discorrendo sobre a segunda vinda de Cristo, nestes termos: “Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu ao Hades; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao céu; está assentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso, de onde há de vir para julgar os vivos e os mortos. ”

A ressurreição de Cristo é o penhor da ressurreição dos cristãos e como ele ressuscitou e recebeu um corpo glorioso, incorruptível e imortal, assim receberão todos os seus discípulos. Jesus ressuscitou com quatro dotes:

1- Recebeu Cristo um corpo possuidor da sutileza, isto é, um corpo que não precisava de porta ou janela, uma vez que penetrava pela parede. João, o apóstolo, afirma que os discípulos, no período da tarde, do dia da ressurreição, estavam com as portas e janelas fechadas e Jesus pôs-se no meio deles, e disse-lhes: “Paz seja convosco. ”

2- Cristo, com o seu corpo glorioso, no mesmo dia da ressurreição, apareceu para os discípulos que se dirigiam para Emaus e, como recebeu o dote da agilidade, pôde estar em Emaus e Jerusalém no mesmo tempo ou quase no mesmo tempo.

3- O terceiro dote que o seu corpo recebeu é a impassibilidade, como também os cristãos receberão. O corpo não sentirá dor, nem ficará enfermo e nem morrerá. O escritor do livro de Apocalipse afirma que no céu não haverá lágrimas e a morte já não existirá, não haverá luto nem pranto e nem dor. (Apo. 21:4)

4- O quarto dote é tão importante como os demais, uma vez que o corpo de Cristo recebeu uma claridade especial, isto é, ficou mais formoso, pois passou a ser glorioso, iluminado e resplandecente. O corpo do cristão, também será assim. Foi por isso que os discípulos de Emaus não o reconheceram, embora tenham sentido um calor no coração. Só o reconheceram no partir do pão.

A Ressurreição de Cristo é a garantia de que iremos, também, ressuscitar, portanto diante de tudo isso, louvemos ao Senhor e demos glória a ele que é o nosso Redentor.

Últimas

Itapetininga tem quase 300 casos de dengue confirmados

Cidade registra 450 casos de Dengue em uma semana

Itapetininga registrou 450 novos casos de Dengue em uma semana. Ao todo, a cidade confirmou neste ano 1.531 casos positivos da doença. Um único caso de Chikungunya foi identificado em...

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Em Itapetininga, nos primeiros quatro meses do ano, houve um aumento de 30% nos registros de queimadas em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.