Abraão e os Sodomitas

Abraão, filho de Terá, irmão de Naor e Harã, é o pai dos ismaelitas, isto é, dos árabes e dos judeus. Moisés, o amanuense do Espírito Santo, descreve a vida de Abraão e de Ló, seu sobrinho. Afirma que os dois se tornaram ricos e poderosos e por isso tiveram que se afastar para que não houvesse brigas entre os pastores de ovelhas. Ló foi para o Oriente e Abraão habitou na terra de Canaã. Ló estendeu as suas tendas até Sodoma.

Moisés afirma que os habitantes de Sodoma e Gomorra eram maus e grandes pecadores contra o Senhor. (Gênesis 13:14) (Caro leitor, caso não saiba, leia o que é sodomita no Aurélio.) Resolveu Adonai, o Criador, destruir as cidades de Sodoma e Gomorra. Um dia, quando Abraão estava sentado à porta de sua tenda, por volta do meio dia, apareceram três homens. Os teólogos asseveram que a passagem bíblica demonstra a possibilidade da manifestação trina de Deus em uma unidade composta, ou seja, a teofania. O versículo vinte, no hebraico, aparece a palavra YHWH, traduzida por Adonai, que é um dos nomes de Deus, bem como no versículo dezessete, quando afirma: “Disse o Senhor: Ocultarei a Abraão o que estou para fazer…? ”

Tanto em Sodoma como em Gomorra havia todas as formas de amar.
Os gregos possuíam três verbos para exprimir o amor: “agapao”, “fileo” e “eros”. “Agapao”é o verdadeiro amor. Hoje em dia se fala muito em ágape. “Fileo” que é o amor amizade, ter afeição por alguém e, por último, o amor “erótikos” ou erótico, isto é´, sexual.

Quando Abraão ficou sabendo que as cidades seriam destruídas, intercedeu por elas. Abraão era amigo de Deus, profeta e sacerdote. A sua oração intercessora assim começava: “ Destruirás o justo com o ímpio? Se houver porventura cinquenta justos na cidade, destruirás ainda assim e não pouparás o lugar por amor dos cinquenta justos que nela se encontram? ” Deus respondeu que se encontrasse cinquenta justos, pouparia a cidade. Abraão foi abaixando de cinquenta para quarenta e cinco, quarenta, trinta, vinte e por fim dez. Depois Abraão encerrou a sua oração intercessora e o Criador destruiu as duas cidades, pois não havia nelas dez pessoas que o glorificasse como Deus.
Não podemos exigir que os homens vivam com Deus, para Deus e por Deus neste mundo e observem os mandamentos divinos. Temos que pregar, exortar e admoestar, sempre respeitando as ideias alheias. Podemos, por outro lado, orar, interceder, como fez Abraão, o pai da fé.

Oremos, portanto, respeitando os que querem amar de todas as formas e que Deus tenha piedade de nós. Não sou profeta, como os antigos, mas que o mundo será destruído pelo fogo, isto vai, está na Bíblia e o aquecimento global está aí. Leia Segunda Pedro 3, se você acredita em são Pedro. Eu respeito você que não acredita que o mundo será destruído pelo fogo, portanto, respeite as minhas ideias.

Últimas

Começou esta semana a vacinação contra a gripe em idosos e profissionais da saúde

Sábado é dia de vacinação contra a Covid e Gripe

Com a grande adesão da população às repescagens da vacinação contra Covid-19 realizadas aos sábados no shopping de Itapetininga, a Secretaria de Saúde do município decidiu incluir no esquema de...

Vitrine – Realismo

Vitrine – Realismo

A coluna Vitrine desta semana apresenta algumas produções dos alunos do Art Studio & Atelier Henrik Ribeiro.Henrik Ribeiro trabalha há dois anos e meio como tatuador. Ele sempre pensou em...

Confira a programação no aniversário de Alambari

Confira a programação no aniversário de Alambari

A prefeitura de Alambari preparou diversas atividades em comemoração ao 30° aniversário de emancipação político-administrativa. A agenda começou no último sábado, dia 14, com concurso da rainha do rodeio e...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga