Abraão e os Sodomitas

Abraão, filho de Terá, irmão de Naor e Harã, é o pai dos ismaelitas, isto é, dos árabes e dos judeus. Moisés, o amanuense do Espírito Santo, descreve a vida de Abraão e de Ló, seu sobrinho. Afirma que os dois se tornaram ricos e poderosos e por isso tiveram que se afastar para que não houvesse brigas entre os pastores de ovelhas. Ló foi para o Oriente e Abraão habitou na terra de Canaã. Ló estendeu as suas tendas até Sodoma.

Moisés afirma que os habitantes de Sodoma e Gomorra eram maus e grandes pecadores contra o Senhor. (Gênesis 13:14) (Caro leitor, caso não saiba, leia o que é sodomita no Aurélio.) Resolveu Adonai, o Criador, destruir as cidades de Sodoma e Gomorra. Um dia, quando Abraão estava sentado à porta de sua tenda, por volta do meio dia, apareceram três homens. Os teólogos asseveram que a passagem bíblica demonstra a possibilidade da manifestação trina de Deus em uma unidade composta, ou seja, a teofania. O versículo vinte, no hebraico, aparece a palavra YHWH, traduzida por Adonai, que é um dos nomes de Deus, bem como no versículo dezessete, quando afirma: “Disse o Senhor: Ocultarei a Abraão o que estou para fazer…? ”

Tanto em Sodoma como em Gomorra havia todas as formas de amar.
Os gregos possuíam três verbos para exprimir o amor: “agapao”, “fileo” e “eros”. “Agapao”é o verdadeiro amor. Hoje em dia se fala muito em ágape. “Fileo” que é o amor amizade, ter afeição por alguém e, por último, o amor “erótikos” ou erótico, isto é´, sexual.

Quando Abraão ficou sabendo que as cidades seriam destruídas, intercedeu por elas. Abraão era amigo de Deus, profeta e sacerdote. A sua oração intercessora assim começava: “ Destruirás o justo com o ímpio? Se houver porventura cinquenta justos na cidade, destruirás ainda assim e não pouparás o lugar por amor dos cinquenta justos que nela se encontram? ” Deus respondeu que se encontrasse cinquenta justos, pouparia a cidade. Abraão foi abaixando de cinquenta para quarenta e cinco, quarenta, trinta, vinte e por fim dez. Depois Abraão encerrou a sua oração intercessora e o Criador destruiu as duas cidades, pois não havia nelas dez pessoas que o glorificasse como Deus.
Não podemos exigir que os homens vivam com Deus, para Deus e por Deus neste mundo e observem os mandamentos divinos. Temos que pregar, exortar e admoestar, sempre respeitando as ideias alheias. Podemos, por outro lado, orar, interceder, como fez Abraão, o pai da fé.

Oremos, portanto, respeitando os que querem amar de todas as formas e que Deus tenha piedade de nós. Não sou profeta, como os antigos, mas que o mundo será destruído pelo fogo, isto vai, está na Bíblia e o aquecimento global está aí. Leia Segunda Pedro 3, se você acredita em são Pedro. Eu respeito você que não acredita que o mundo será destruído pelo fogo, portanto, respeite as minhas ideias.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga