Agenda – 524

Presenças
As itapetininganas (esquerda para direita): Maria do Rosário Silveira Porto (professora de Educação da Universidade de São Paulo, aposentada) e Thais de Arruda e Miranda (professora de rede estadual de ensino), participantes ativas das reuniões culturais e sociais desta cidade.

 

Depoimento
Causando o maior interesse, na semana passada, entre os filiados (e simpatizantes!) do Partido dos Trabalhadores daqui de Itapetininga, o texto do renomado jornalista Juca Kfouri (da Folha de São Paulo e ESPN Brasil, canal esportivo) postado em 9/3/2015, ás 12:59 horas, na Internet, de título “O panelaço de barriga cheira e do ódio”, justamente sobre o panelaço acontecido em alguma capitais brasileiras logo após o pronunciamento televisivo da presidenta Dilma Rouseff sobre o “Dia Internacional da Mulher”. Um trecho do texto de Juca Kfouri: – “Nós, brasileiros, somos capazes de sonegar meio trilhão de reais de Imposto de Renda só no ano passado. Como somos capazes de vender e comprar DVDs piratas cuspir no chão, desrespeitar o sinal vermelho, andar pelo acostamento, e ainda por cima, votar no Collor, no Malluf, no Newtão Cardoso, na Roseana, no Marconi Pirillo ou no Palocci. O panelaço nas varandas gourmet de ontem não foi contra a corrupção. Foi contra o incomodo que a elite branca sente ao disputar espaço com está “gente diferenciada” que anda frequentando aeroporto, congestionando o transito e disputando vaga na universidade. Elite e branca que não se assume como tal”.

Solenidade
Foi realizada na penúltima quinta-feira, doze, à noite, na Câmara Municipal de Itapetininga sessão solene de entrega de título de “Cidadão Itapetiningano” para o jornalista Hélio Rubens e para o escritor e professor “Jefferson Biajone (especialista no “Movimento paulista de 1932” e sobre os pracinhas itapetiningano da Segunda Grande Guerra Mundial (1939-1945)). Os autores dos projetos foram os vereadores: Antonio Fernando da Silva Rosa Júnior e Maria Lúcia Lopes da Fonseca Haidar (também presidente da Câmara). Em seu discurso de agradecimento o jornalista Hélio Rubens rememorou muitas pessoas com quem ele relacionou nos primeiros nos de sua vida aqui (vindo de São Paulo) no início da década de oitenta quando abriu uma chocolataria na rua. Monsenhor Soares próxima ao Largo dos Amores. A Banda Lyra sob o comando do maestro Poly abrilhantou a festa. Entre os muitos presentes: Aparecida Antonio Fernando da Silva Rosa (ex-vereador e ex-prefeito desta cidade); Angelina (Cardoso) – Roberto Soares Hungria (ele, presidente do Museu da Imagem e Som); Cláudia Fernandes Dandreta (do Colégio Objetivo), Maria Nívea Guarneri Machado, Eunice Ferreira Domingos Granato (ambas, da Academia Itapetiningana de Letras) padre Mário Donato Sampaio (presidente da Academia Itapetiningana de Letras), Afrânio Franco de Oliveira Mello (membro do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapetininga e que emocionou-se em seu discurso), Waldomiro Benedito de Carvalho, o “Chuca” (também do IHGGI), Maria do Rosário Silveira Porto e Jeferson Brustolin Silveira (ela, professora da Universidade de São Paulo e ele, advogado em Praia Grande, litoral paulista), Ana Elisa Bloes Meirelles Arruda Miranda (esposa de Hélio Rubens, Neuzely e Jaime Simões Rodrigues (médico ortopedista e traumologista daqui).

Sabor
O “Dia Internacional da Mulher”, no penúltimo domingo, oito, foi devidamente comemorado na “Associação do Bem Viver” (Já com vinte e um anos de existência), próxima a Itauto e da avenida José de Almeida Carvalho. E como foi na hora do almoço não poderia faltar o próprio. Este foi composto de saladas de folhas, maionese, macarronada com brucholas, frango assado crocante, arroz, farofa e “mousse” de maracujá como sobremesa. Tudo isto regado a refrigerantes. E como “ninguém é de ferro”, surgiram algumas “caipirinhas”. O coral regido por Olga Pellegrini, com vozes delicadas (de Martha Ozi, Heloisa Peterlinkar, Maria Margarida Mazarino, Zilda Jordão Guimarães e Rachel Ozi. E o marido de Rachel, do dinâmico João Francisco fotografando e filmando toda a festa. Entre os muitos presentes: No programa do coral: “Mulher Brasileira”, de Benito de Paula; “Mulher” de Erasmo Carlos; trecho de “A Viúva Alegre”, de Franz Lehar, com adaptação de letra de Olga Pellegrini e “Feira do Cais Dourado”, música brasileira de domínio público. Entre os muitos presentes: Graciete Pie, os irmãos Marisa, Lélia e Rui Messias de Moraes, Maria Helena Marino, Edite Ruivo, Vera Lúcia Abdala, Maria de Lourdes Silva Rosa, Nery Arantes, Cecília Fogaça, Ana Rosa Rocha Fogaça.

Autor
Filho da professora (Língua Portuguesa) Maria do Carmo Terra Rodrigues e do saudoso comerciante Pedro Rodrigues, o Pedrinho, o professor-doutor em Filosofia, itapetiningano Cassiano Terra Rodrigues, além de suas aulas na Pontifícia Católica, a PUC paulistana (no bairro das Perdizes) e conferências e seminários (no Brasil e Exterior) tem agora mais uma atribuição, ou seja, será co-autor de um livro de Filosofia para o ensino médio. Para isto, Cassiano (que cursou o Anglo aqui) foi contratado pela editora Saraina de São Paulo. O moço Cassiano começou já a escrever os capítulos iniciais da obra e aqui entram Sócrates, Platão e Aristóteles.

Em pleno inverno
Recado de Maria Antonieta Bueno Vieira Camargo, a Nêta, para suas amigas “boazinhas”: – “Não marquem nada para o dia vinte e cinco de julho, que caí num sábado. Iremos comemorar os quinze anos de nossa entidade “Boazinhas” que tantos benefícios tem trazido para a população mais pobre desta cidade. Será uma grande comemoração e conto muito com o apoio de vocês, centenas de bons corações. Como sempre”.

Minha terra
Depois de, só neste ano de 2015, realizar um cruzeiro marítimo pelo Caribe e visitar o deserto de Yatocama, no Chile, a itapetiningana Luzia Helena do Amaral Bergamin, supervisora de ensino aposentada da rede estadual de ensino, agora vai olhar mais para o Brasil. Irá conhecer proximamente o Estado de Tocantins e já marcou presença na caravana para a paradisíaca “Blue There Park”, resort e Balneário em Lins, interior paulista, no próximo maio, capitaneada por Vera Lúcia Abdala.

Portenha
A agitada Odíla Esau segue em breve para Buenos Aires, Argentina, com a turma coordenada por Ana Maria Pires Nalesso.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga