Agenda – 575

Casal
Aline (Nogueira) – Renê Marcelo Soubhia Nunes, ele capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo, aqui, no jantar comemorativo de aniversário de casamento dos pais de Renê (Enir- Renê Nunes), na casa do Jardim Itália, no último janeiro.

 

Histórico, por que não? I
O ex-bancário Mário Celso Rabelo Orsi, pai, comentando sobre o casarão atualmente quase em ruinas, no final da rua Coronel Pedro Dias Batista, esquina com a Rodolfo Miranda Leonel: – “Esta construção(que muitos chamam de “barracão”) não foi um simples casarão, mas durante muito tempo foi uma fábrica de confecções de tecidos, a Magister, cujo produto final sempre foi muito apreciado em lojas do interior do Estado de São Paulo e muitos pontos comerciais do Brasil. E mesmo antes disso, o “barracão” (como andam chamando) foi construído para ser o Cine Aparecida, inaugurado em 1955, com a tela em forma de Cinemascope (planos maiores com muitos detalhes) diferentes de telas comuns e com um som de maior potência (muito mais) que os normais. O filme de estreia foi (salvo engano) “O Manto Sagrado”, numa história que aparentemente Jesus Cristo usou-o antes da crucificação. No elenco, Richard Burton, (fazendo o papel de uma legionário romano incubido de crucificar Cristo) e Jean Simmons (sua mulher). “O Manto Sagrado” ficou em cartaz ininterruptamente por quinze dias nesta cidade que na época tinha quarenta mil habitantes (por ai) lotando o então Cine Itapetininga todas as noites e recebendo caravanas das cidades próximas, como Angatuba, São Miguel Arcanjo, Capão Bonito, Guarei, entre outras, para ver o filme e a nova técnica de imagem e som.

Histórico, por que não? II
Complementando o comentário acima de Mário Celso Rabelo Orsi, pai, e agora segundo esta própria Coluna, o Cine Aparecida (atual “barracão” situado no final da rua Coronel Pedro Dias Batista – esquina com a Rodolfo Miranda Leonel, região central desta cidade, além de ser cinema com o processo (então revolucionário) de Cinemascope possuía um amplo palco para peças teatrais e “shows” artísticos. Foi lá que em setembro de 1956 a cantora Angela Maria (na época a artista de maior prestigio neste pais e recordista de vendagens de discos) realizou um grande recital cantando os seus maiores sucessos (da época) como: “Vida de Bailarina”, “Orgulho”, “Fósforo Queimado”, “Lábios de Mel”, “Nem Eu”, entre outros. Neste dia, Angela Maria surgiu pela porta de entrada da plateia, de braços dados com o itapetiningano Almir Ribeiro (que meses depois seria considerado a maior revelação como cantor de São Paulo e Brasil). Em 1958, junho, Angela Maria voltou a cantar no Cine Aparecida, num show da gravadora Copacabana, espetáculo em memória de Almir Ribeiro, falecido neste mesmo ano em Punta del Este, Uruguai. O Cine Aparecida, em 1955, recebeu a caravana da Rádio Record, com a dupla Cascatinha Inhana (ela, uma das vozes mais bonitas do Brasil) famosíssimos cantores sertanejos paulistas. Tudo isso e muito mais demonstra que aquela construção não é um simples “barracão”.

Protesto
O jornal Apase ( do sindicato dos superiores de ensino da rede estadual) de fevereiro deste ano que circula nas casas de segmentos de trabalhadores profissionais de educação desta cidade, mostra no quesito “Politica Sindical”, “página 3”, um artigo do professor Luis Antonio Nunes, diretor da Organização Sindical, sobre a possibilidade do pessoal do magistério estadual não ter (mais uma vez!) aumento salarial este ano no governo Geraldo Alckmin (PSDB). Escreve o autor: – “Para este ano de 2016, não poderemos aceitar essa política salarial de perpetuação do arrocho (salarial), de usurpação de direitos dos professores”.

Continente
Chegando de uma viagem pelo Chile (Santiago, Valparaiso, Viña del Mar, vinícolas e outras regiões), o casal itapetiningano Sueli (Cyrineu) – Décio Araújo , ela dentista, e ele homem forte do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, em Sorocaba e Stela Cyrineu e o marido Marcelo, dentista, residentes em Itararé. Os dois casais foram para o país andino num possante “jipão” através de Mendonza, cidade argentina. O casal Suely – Décio voltou a tempo de assistir a formatura da filha Paula da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, a USP, campus (Butantan). A jovem Paula Cyrineu formou-se com mérito em Engenharia Naval.

Feito numa nota só …
No penúltimo sábado, vinte e sete, no restaurante “Árabe”, na rua Fernando Prestes, Neusa Aboarrage Melges de Andrade, Giselda Tomitão de Mello Almada e Elisabete Abrão aplaudindo o “show” solo de Claudinho Bossa-Nova e seu violão, de Sorocaba. O músico e cantor Claudinho, nessa noite, solou e cantou clássicos da moderna música popular brasileira, principalmente as canções de bossa-nova, como “Chega de Saudade” (vai minha tristeza e diz a ela …) e Samba do Avião (minha alma canta …) também “Desafinado” ( … porque o peito do desafinado bate calado), entre tantas outras.

Ai Mouraria
Professora de Biologia da rede estadual de ensino nesta cidade Denise Cerqueira Lopes Vieira não deixa por menos. Ainda no segundo semestre deste ano (possivelmente em outubro) pretende viajar para Portugal e passear por Lisboa tanto na “Cidade Alta” como a “Baixa”, ir a uma (ou mais) casas de fado, andar nos famosos bondes lusitanos e conhecer outras cidades também, como Évora, Porto, Braga, Cascais. Ainda em Lisboa, Denise Cerqueira quer conhece o Museu das Carruagens e o Palácio de Queluz (que fica um pouco afastado da capital).

Corcovado
Entre os itapetininganos e sarapuienses que acompanharam Aldo Bassoli na caravana para o Rio de Janeiro, principalmente para assistir o desfile da Apoteose (ou desfile das escolas de samba, as melhoras classificadas do Grupo Especial) no Sambódromo carioca, no último treze, num sábado, as presenças das Itapetininganas: Elisa Yagui, (cabelereira), Maria Celi Oliveira (funcionária do colégio Objetivo, daqui) e Genezia Momberg (professora de Matemática) e as sarapuienses: professoras Gisele Holtz e Eza Alves.

Birthdays
Mudaram de idade no inicio de março: dia dois numa quarta-feira, Luciana Rosa Rezende, nutricionista da prefeitura de Itapetininga, a “cheia de vida” Graciele Pie, no penúltimo domingo, seis, professora que trabalhou durante muito tempo em São Paulo e nesta última terça-feira, oito, a sempre elegante Gilda Helena Barth Calux (ex-primeira dama do Clube Venâncio Ayres).

Últimas

Pessoas de 57 anos ou mais serão vacinadas hoje

Prefeitura divulga novo cronograma de vacinação

TERÇA-FEIRA – 03 DE AGOSTO 1ª DOSE 24 ANOS OU MAIS – Pessoas sem comorbidades (Drive-thru e a pé nos dois pontos de vacinação) Atende Fácil da Prefeitura e Ginásio...

Isabelly vibra com sucesso das “minas” no skate

Isabelly vibra com sucesso das “minas” no skate

A skatista itapetiningana Isabelly Ávila, de apenas 16 anos, por pouco não se classificou para as Olímpiadas de Tóquio, mas mesmo de longe, segue torcendo pelos atletas estreantes da modalidade...

HLOB está com 100% de ocupação nos leitos para Covid

Hospital de Campanha e UTI do HLOB estão100% ocupadas

A UTI Respiratória do Hospital Léo Orsi Bernardes (HLOB) e o Hospital de Campanha Interno estão 100% ocupados. Preparada para receber pacientes infectados com a Covid-19, a UTI recebe pacientes...

Bolsa Família injeta R$ 5,37 milhões na economia

Bolsa Família injeta R$ 5,37 milhões na economia

Itapetininga recebeu no primeiro semestre, por meio de repasse do Programa Bolsa Família cerca de R$ 5,37 milhões. A informação é do portal de transparência do Governo Federal. Este valor...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga