Agenda – Ivan Barsanti – 16/01/2020

London, London
No novembro do ano passado (primeira semana) o casal itapetiningano Erzi (Paes Barsanti) – Alfredo Pinto de Paula Neto, ela, professora (rede estadual paulista) e ele bancário (Banco do Brasil, daqui). Ambos já aposentados, na enorme roda gigante, atração turística de Londres, Inglaterra.

Sob o céu de Itapetininga I
Se o presidente do Museu da Imagem e Som daqui, o dentista Roberto Soares Hungria assistiu o capítulo da novela da TV Globo “Éramos seis” da penúltima segunda-feira, seis (e Roberto deve ter assistido) deve ter ficado bastante emocionado quando a personagem “Adelaide” (a charmosa atriz Joana de Verona) com trajes de aviadora e pilotando um aeroplano (da década de 1930, época em que se passa a história) aterrissando em plena Itapetininga (na novela!) citou várias vezes as façanhas aéreas da itapetiningana Anésia Pinheiro Machado, uma das primeiras aviadoras brasileiras. E Adelaide (Joana de Verona) acentuou que Anésia tinha nascido aqui, nesta urbe. A aviadora Adelaide acrescentou ainda: – “Parece que os itapetininganos gostam de voar”. Roberto Hungria, juntamente com outros, esforçou-se bastante para a construção da estátua em homenagem a aviadora Anésia Pinheiro Machado que está localizada próxima ao Banco Bradesco no Largo dos Amores, aqui.

Sob o céu de Itapetininga II
Antonio César Piedade, o “Toninho”, diácono há quarenta e um anos da Diocese da Igreja da Matriz (também) assistiu o capítulo da penúltima segunda-feira, seis, no qual a personagem Adelaide (atriz Joana de Verona) pilotando um aeroplano homenageia a aviadora itapetiningana (e uma das primeiras do Brasil) Anésia Pinheiro Machado. Toninho Piedade comentando: – “O capítulo foi muito bonito e toda a ação se passa aqui em Itapetininga (na novela!). Conheço muito a história de Anésia pois somos parentes.”

Theresinha…
Professor de Matemática da rede estadual de ensino daqui e também professor de Informática Guy de Oliveira aderiu as atrações da Globo Play e já assistiu os quatro capítulos da micro série “Chacrinha, o velho guerreiro” sobre um dos mais conhecidos animadores do rádio e televisão brasileira, Abelardo (Chacrinha) Barbosa na interpretação do ator Stepan Nercessian. E o agitado Guy gostou muito, tanto do roteiro, dos cenários de época (décadas de 1930 até 1980) das interpretações (Stepan Nercessian é o próprio Chacrinha!) das alegrias e tragédias pelas quais o animador pernambucano passou e os problemas com a censura na época da ditadura civil-militar brasileira (1964-1985). Como também na pressão das emissoras e gravadoras de discos em escalar artistas, muitos, não muito a gosto de Chacrinha. A TV Globo passa o último capítulo, hoje, sexta-feira, dezessete, da micro série.

Velinhas
Sempre é tempo de registrar os aniversários de cidadãs e cidadãos itapetininganos que mudaram de idade neste início de janeiro como na penúltima sexta-feira, três, Roberto Soares Hungria Neto, secretário de Cultura e Turismo desta municipalidade; na penúltima segunda-feira, seis, Antonio Fernando Silva Rosa Junior, ex-vereador e trabalhando atualmente na CEJUSC e na penúltima terça-feira, sete, Maria Margarida Mazarino, fundadora e membro ativo da entidade itapetiningana para a terceira idade “Associação do Bem Viver”, também diretora da escola da rede estadual de ensino, já aposentada e formada em Ciências Sociais, em 1964 pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, então na rua Maria Antônia, Vila Buarque, em São Paulo.

Presença
O saudoso itapetiningano José Cassio Soares Hungria (falecido em outubro do ano passado), advogado, oitenta e seis anos de idade, promotor estadual um dos fundadores do Centro Universitário de Osasco, formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, a tradicional “Arcadas” do Largo de São Francisco, em São Paulo, cidade onde passou a residir, quando vinha para cá, gostava de frequentar o bar do “Zé Arrepiado”, na avenida Domingos José Vieira, próximo a Menk Plens. José Cassio apreciava (bastante!) o cardápio de carnes servidas lá (as costelas, almôndegas e outras) e indicava o local para parentes e amigos. Após o seu falecimento o Bar homenageou-o com uma placa sobre ele na parede. Para sempre.

Réveillon 2020 I
O casal itapetiningano Maria do Carmo (Favalli) – Élvio Pavin, ambos professores da rede estadual de ensino daqui, já aposentados (Maria do Carmo trabalha ainda em escola particular) passaram a mudança de ano a bordo do luxuoso transatlântico “Costa”, ancorado no Rio de Janeiro, especialmente, para o espocar dos fogos de artifícios em plena praia de Copacabana. Maria do Carmo e Élvio visitaram também Salvador (Bahia) entre outras.

Réveillon 2020 II
José Paulo Vaz, o conhecido “Zé Louco”, professor de Educação Física da Prefeitura daqui, já aposentado e regente de baterias e fanfarras desta cidade foi, juntamente com a esposa Mariane, o filho Junior e a nora, para o paradisíaco Morro de São Paulo, na Bahia ver a passagem de 2019 para 2020. Para chegar lá José Paulo Vaz e família navegaram por duas horas num “ferry-boat”. Lá, o céu é reluzente, o mar e o sol também. Gostaram muito. O roteiro foi feita pela agência “Nosso Verde” daqui.

Ação
Além da criação da Casa de Apoio ao Cidadão Itapetiningano com Câncer “Francisco Soares Terra Neto”, nome de um garoto daqui, em Barretos, interior de São Paulo, já em funcionamento desde março do ano passado, a prefeita Simone Marquetto não para. Tanto que a secretaria municipal da Saúde já está autorizada a procurar uma casa em Jaú, também interior paulista para atender pacientes daqui em tratamento contra o câncer. E é para este ano, se possível.

Birthdays
Mudaram e mudam de idade os seguintes cidadãos itapetininganos: ontem, quinta-feira, dezesseis, Leda (Iared) Vieira de Camargo Martins professora de Língua Portuguesa; hoje, dezessete, Eloisa Maria Barsanti Silveira Campos professora do fundamental I, já aposentada (rede estadual); na mesma data, Paulo Cesar Martins Manck, da secretaria estadual da Agricultura daqui; amanhã, dezoito, sábado, Lauro Telles; dia vinte e dois, próxima quarta-feira, Clovis Soares, diretor de escola da rede estadual, aposentado.; vinte e três, quinta-feira, Antonio Marmo de Barros, comerciante.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga