Agenda – Ivan Barsanti – 30/01/2020

Presenças
As itapetininganas (esquerda para direita) Rosemary Bárbara de Castro Lyrio e Duarte (Rose) e Maria Antonieta Bueno Vieira Camargo (Nêta) na festa de aniversário de Rose, no último dia de outubro do ano passado, numa quinta-feira no buffet “Lécomkré”, na avenida Cinco de Novembro.

Daqui não saio
Quem assistiu o capítulo da penúltima segunda-feira, vinte, da novela “Éramos seis”, às seis e meia da tarde pela TV Globo notou que o personagem “Zeca da Farmácia” ou José Carlos Bueno interpretado por Eduardo Sterblitch, na história, gosta muito de Itapetininga, cidade onde reside no enredo “global”. Quando perguntado pela esposa “Orga” (vivida pela atriz Maria Eduarda Carvalho), se ele não queria tentar a vida em São Paulo, já que estava sem emprego na urbe em que morava (nem na farmácia onde trabalhou conseguiu) respondeu: – “De maneira nenhuma. Gosto desta cidade, sou cidadão daqui. Onde vou comer meu bolinho de frango se não for aqui? Fico e vou dar um jeito na minha vida. Nada de São Paulo. Sou feliz aqui.” À propósito: neste mesmo capítulo (penúltima segunda-feira, vinte, em cenas de ruas aqui em Itapetininga (na novela!) Zeca (Eduardo Sterblitch) passa com seu filho, um garoto, em frente de um casarão parecido, muito parecido com o Solar dos Rezende na Quintino Bocaiuva, construído pela equipe cenográfica da TV Globo. Seria coincidência? Para o secretário municipal de Cultura e Turismo Roberto Soares Hungria Neto, nem tanto. Explica-se: quando no último junho, o ator Eduardo Sterblitch esteve em Itapetininga coletando amostras da cultura itapetiningana para a equipe maior da novela (“Éramos seis”) da Globo, levou várias fotos da cidade e entre estas o Solar dos Rezende (próxima a Caixa Econômica Federal). Reparem, na novela, o Solar fica próximo à casa do Zeca.

Absurdo
Segmentos de professores itapetininganos de História da rede estadual de ensino nesta cidade consideram um disparate a resposta do atual ministro da Educação Abraham Weintraub de não ter colocado nenhum teste sobre a época da ditadura civil-militar brasileira (1964 – 1985). Para os professores itapetininganos a não colocação do quesito ditadura na prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) criou um vácuo na história do Brasil. Daí também a não menção do termo “democratização” (para haver democratização, antes houve uma ruptura que seria a ditadura). Para o ministro o objetivo dos testes do Enem é não polemizar? Mas, segundo tais professores, os textos educacionais são sempre problemáticos. Senão, não é educação. Pela primeira vez em dez anos, o tema ditadura brasileira não foi abordado na prova.

Solar I
Retornando de uma excursão em Camboriú, Santa Catarina, entre os últimos quinze a vinte deste mês, Sandra Proença proprietária da Sandra Turismo com agência em Vila Aparecida levou em torno de quarenta e quatro itapetininganos para lá. Foram dias muito bem aproveitados. Agora, a incansável Sandra leva itapetininganos para Curitiba e arredores no Paraná, no próximo carnaval. Em março, João Pessoa na Paraíba e em abril Caldas Novas (com suas piscinas aquecidas), Goiás entre vinte e oito, numa terça-feira até quatro de maio, numa segunda-feira, com saídas para o Santuário Pai Eterno, em Trindade e também passeio na Pousada do Rio Quente, Hot Park. Aproveitem.

Muito neon
O agente itapetiningano Marcelo Tomio Adati proprietário da “Adati Turismo” pensando seriamente em levar conterrâneos e pessoal de cidades vizinhas para a trepidante Las Vegas, Nevada, Estados Unidos, no próximo abril. É lá em Las Vegas, “a cidade que nunca dorme” que tudo acontece: campeonatos de lutas de boxe, fisiculturismo, beleza feminina, grandes shows nos cassinos no interior dos enormes hotéis. Há muito que ver…lá.

Atração
Para Benê Luís, do Centro Cultural e Histórico no Largo dos Amores, aqui a TV Globo poderia ou deveria transmitir a minissérie “O Auto da Compadecida” todos os anos que ele assistiria sempre. Benê Luís não cansa nunca de ver um elenco tão afinado, com excelente direção e uma história tão saborosa. E tão Nordeste, tão Brasil.

Solar II
O casal itapetiningano Eloisa Maria (Barsanti Silveira) – Edson Zaglobinsky de Campos, ela, professora estadual (Fundamental I) e ele, do departamento de recursos humanos do Derac daqui, ambos aposentados, integraram o grupo da agência (itapetiningana) Sandra Turismo para Camboriú. É Edson Zaglobinsky quem comenta: – “Camboriú, em Santa Catarina é uma cidade quase perfeita. As praias são lotadas, principalmente de argentinos (onde está a propalada crise deles tão comentadas em nossos jornais televisivos?) muitos restaurantes (com boa alimentação) muitos passeios, clima bom, shoppings atraentes, enfim tem de tudo para agradar turistas. Vale muito (e muito!) passar alguns dias de Verão lá. Vale sim!”

Travada
Segmentos do funcionalismo público estadual daqui de Itapetininga, principalmente a classe dos professores atenta ao que está acontecendo na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, na região do Ibirapuera, capital paulista, em termos do projeto (estadual) da Reforma da Previdência. Tal Reforma foi mais uma vez barrada naquele espaço político. Mais uma vez suspensa pela Justiça paulista. Desta vez (e segundo a seção “Trabalho” do paulistano Jornal Agora de 23/01/2020, numa quinta-feira, página A11, reportagem de Laísa Dall”agnol), desta vez, portanto, a Reforma foi suspensa devido a liminar dada pela desembargador Antônio Carlos Malheiros, no último dia nove, para atender um mandado de segurança impetrado pela Apeoesp (Sindicato dos professores de São Paulo) contra a proposta da emenda a Constituição, a PEC da Reforma. Tudo isso porque o texto da Reforma como está, só prejudica a classe dos professores, como: aumenta a idade mínima da aposentadoria, cria regras mais duras para a pensão por morte, aumenta também de 11% para a 14% a alíquota (imposto) previdenciária de servidores estaduais mensalmente (com exceção de policiais militares) entre outros prejuízos. O texto como está e que foi temporariamente suspenso é do Governo João Doria (PSDB)

Birthdays
Mudaram e mudam de idade os seguintes cidadãos itapetininganos: no último dezoito, num sábado, Elza de Lara, professora de Filosofia, já aposentada e que lecionou por muito tempo no então Instituto e depois Escola Estadual “Peixoto Gomide”; hoje, trinta e um, sexta-feira, Gerson Ramos, músico e atualmente maestro da Banda Municipal “Edil Lisboa”, além de saxofonista; domingo, dois, Alceu Cardoso Neto, médico oftalmologista e na mesma data Paulo Ozi Junior, comerciante; segunda-feira, três, Maria Aparecida Cardoso Serafim, professora da rede estadual de ensino (Fundamental I) já aposentada; terça-feira, quatro, Ana Rosa Françani Rocha Fogaça, supervisora estadual de ensino, já aposentada; quarta-feira, cinco, Maria Thereza da Silveira Ofri Vieira.

No outono
A “promoter” Vera Lucia Abdala pretende levar dezenas de itapetininganos para o enorme e luxuoso, além de histórico, Grande Hotel Tauá, em Araxá (estação de águas), Minas Gerais, no próximo maio, entre os dias quinze (sexta-feira) e dezessete (domingo), inclusive com alimentação inclusa (café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar). Entre as atrações do Grande Hotel: os enormes salões com os célebres lustres e as piscinas aquecidas, além da tradicional culinária e hospitalidade mineira.

Últimas

Cidade registra 66 furtos de veículos no ano

Cidade registra 66 furtos de veículos no ano

Os itapetininganos têm convivido com uma realidade preocupante, o aumento dos casos de furto de veículos e as ocorrências de roubo de veículos. Dados estatísticos da Secretaria de Segurança Pública...

Comércio começa atender com horário estendido

Comércio começa atender com horário estendido

Se preparando para a melhor data para o comércio do ano, as lojas de Itapetininga começaram a atender em horário especial a partir desta semana. De segunda-feira a sexta-feira, as...

Junta Militar de Itapetininga realiza o EXAR

Junta Militar de Itapetininga realiza o EXAR

O Exercício de Apresentação da Reserva (EXAR) é realizado anualmente no período de 09 a 16 de dezembro, e tem como principais finalidades: praticar o mecanismo de convocação, atualizar dados,...

Mutirão retira 147 toneladas de resíduos

Mutirão retira 147 toneladas de resíduos

A Prefeitura de Itapetininga realizou mais um “Mutirão contra a Dengue” que retirou 147 toneladas de resíduos nas vilas Arruda e Paulo Ayres, neste final de semana. Junto com as...

Cidade recebe Campanha Natal Literário

Cidade recebe Campanha Natal Literário

A Biblioteca Municipal “Dr. Júlio Prestes de Albuquerque” lançou mais uma campanha para que os usuários com livros em atraso possam resolver suas pendências.É a Campanha Natal Literário que acontece...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga