Cuidadores: uma profissão em alta

Com o aumento contínuo da expectativa de vida dos cidadãos brasileiros, uma profissão que existe há muito tempo tem sua demanda cada dia maior, um número expressivo de pessoas necessita desses serviços. O nosso país conta hoje com mais de 35 milhões de idosos. Muitas famílias se encontram em busca de pessoas capazes de cuidar e dar assistência aos idosos ou familiares que não autossuficientes. São os Cuidadores.
Em cursos técnicos ou universitários, eles hoje são, sem dúvida alguma, milhares de jovens e adultos que se especializam nesta área. Em quase todas as cidades do Brasil exercem com todo amor, essa nobre e cristã profissão. A importância de uma boa formação é fundamental.
A profissão consta da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) do Ministério do Trabalho, mas o projeto de regulamentação foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro em 2019, e o Congresso manteve o veto.
Contratados por particulares, planos de saúde ou pelo estado e prefeituras, cumprem seu trabalho e constituem um auxílio excepcional aos enfermos necessitados.
Além da formação profissional, essa profissão requer muitos outros atributos importantes. Educação, paciência, respeito, tolerância, resignação. Saber ter palavras de carinho e afeto com os idosos.
De acordo com a Biblioteca Virtual da Saúde do Ministério da Saúde, o cuidador de idosos é responsável por “auxiliar o idoso em suas atividades diárias, atender suas necessidades e estimulá-lo a desenvolver autonomia, mesmo que em pequenas tarefas”.
“O cuidador de idosos deve fazer pela pessoa assistida o que ela própria faria por si, em termos do autocuidado, não fossem as limitações inerentes à sua condição”.
E um sacerdócio, pois trabalhar e cuidar de pessoas em situação vulnerável, seja pela saúde, condições de vida ou com demência senil, não é nada fácil.
Ajudar a andar, a tomar banho, trocar de roupa. Em certas ocasiões até receber insultos… Não ter hora para atender seus pacientes, de manhã ou na madrugada.
“Você ser um acompanhante é uma coisa. Ser o cuidador de um cadeirante, você precisa ter técnicas para poder fazer as transferências. Você precisa ter as técnicas para cada patologia, para cada doença, para poder melhorar a situação da pessoa cuidada e das pessoas que cuidam”, ressalta Ana Paula, cuidadora.
Mas talvez, o que mais apaixona os que procuram essa profissão é aprender grandes lições de vida. Conhecer e se encantar por um mundo que não existe mais. Absorver para si a experiência e a sabedoria dos que já viveram muita coisa, viram o tempo passar, a sociedade e os costumes se transformarem.

Últimas

Correio Político 1002

Correio Político 1002

Tabata Amaral Um importante projeto para criar um protótipo de uma cadeira de rodas movida apenas pelos movimentos da cabeça, está sendo desenvolvido no Campus de Itapetininga do Instituto Federal...

Rita de Cássia Moraes Leonel

Itapetininga perde Alceu Nanini

Esta semana faleceu o empresário Alceu Nanini. Católico fervoroso, teve uma vida exemplar dedicada a ajudar o próximo. Pessoa muito querida na cidade, Alceu foi vice-prefeito e vereador. Uma grande...

Rita de Cássia Moraes Leonel

O Pint of Science Itapetininga foi um sucesso

A avaliação de Cassiano Terra Rodrigues , organizador do evento , é que o Pint of Science Itapetininga 2024 foi um sucesso, com  participação intensa , diversificada e altamente gratificante....

Rita de Cássia Moraes Leonel

O impacto das chuvas do RS no agronegócio brasileiro

Por Maria Clara Ferrari - graduada em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista em 1980, Latu Sensu em Gestão Agroindustrial pela Universidade Federal de Lavras. Experiência...

Rita de Cássia Moraes Leonel

Rogério Sardela retorna aos palcos

Depois de quatorze anos, um experiente ator da cena teatral itapetiningana retornou aos tablados, Rogério Sardela, com a peça “Agora Eu Tô Solteiro” de sua autoria. A comédia é dirigida...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.