Ih!

Pensando bem, o substantivo Itapetininga é muito longo! Ao chegar ao fim da palavra, o falante já está com a língua de fora! E isso se não desfalecer de cansaço no meio da pronúncia… Vejam bem: I-ta-pe-ti-nin-ga! Palavra polissílaba! Barbaridade! É muita coisa, minha gente!É sílaba demais para uma cidade só! Afinal, essa hospitaleira freguesia fundada pela Mula-madrinha não é tão grande assim que faça jus a um baita nome!
Itapetim já seria melhor, ficaria até mais sonoro… Mas nossos bravos vereadores teriam que baixar um decreto proibindo nossos inspirados bardos de rimar o vocábulo com chinfrim… E quem violasse a Lei estaria sujeito a pesada multa e, na reincidência poderia ir parar atrás das grades.
Itapeti ficaria melhor ainda e as moças poderiam fazer charmoso biquinho ao pronunciar essa iguaria vernácula… Daria até um charme francês…
Itapê já está na moda, não há novidade alguma… É Itapê pra cá, Itapê pra lá! Não cansa os neurônios, nem a língua e economiza ponta de lápis!
Pelo “tamanhico” da cidade, poderia até mesmo ser tão somente Ita! Por que não? Pra que gastar vocábulo, né mesmo?
Mas, em plena era da informática, quando tudo se abrevia e se reduz, penso eu que o ideal mesmo, seria tão somente Ih… Isso mesmo: Ih.
Já pensaram que chique: basta colocar uma exclamação no final, que o nome dessa pujante freguesia seria uma interjeição de espanto!
Alguém pergunta: você mora onde?
Você se levanta e de pronto e: Ih!
Chique, né mesmo!
Ih!

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga