Não fale mal das autoridades, ore por elas

Os reformados têm o costume de orar. Oram por tudo e por todos, pois sabem que Deus é soberano e, como teístas que são, sabem que tudo é dirigido por Ele e sem Ele o homem é pó e nada mais.

Oram para que os doentes sejam curados, obedecendo a ordem de Tiago, irmão de Jesus: “Está alguém doente? Chame os presbíteros e estes façam oração sobre ele…”  (Tiago 5:15) Oram pelos médicos, enfermeiros e para que os remédios receitados sejam eficazes.

Oram, quando não chove por muito tempo, seguindo o exemplo de Elias, o profeta, destacado por Tiago: “Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos, e orou, com insistência, para que não chovesse sobre a terra, e, por três anos e seis meses não choveu. E orou, de novo, e o céu deu chuva, e a terra fez germinar seus frutos.” (Tiago 5:17,18) O homem só conhece a fórmula da água, porém não consegue fazer em abundância.

Oram uns pelos outros, como exortou o irmão de Cristo: “Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros. “(Tiago 5:16)

Oram, sem usar vãs repetições, como fazem os gentios. Sabem que Deus tem conhecimento de seus problemas e necessidades, mas oram porque sentem prazer em conversar com Deus e cumprir as exortações de Jesus. Tudo é motivo para orar.

Oram no templo, quando o pastor pede para que se faça uma oração de agradecimento ou de confissão de pecados. Oram pelo pastor e para sua família.

Oram em casa, na parte da manhã, hora do café, junto com os filhos e pelos filhos, ensinando-os que o ser humano é dependente de Deus. Oram na hora do almoço, agradecendo a alimentação. Oram na hora do jantar, agradecendo a alimentação, o dia vivido e a noite para descansar.

Oram todos os dias e em todas as horas, uma vez que sabem que o socorro vem de Deus e sem Ele, que é Onipotente, não se pode viver neste mundo. Oram sempre, visto que Jesus disse: “Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis, batei e abri-se-vos-á, pois aquele que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bater, abri-se-lhe-á.”  (Palavras de Jesus.) (Mat. 7:7)

Oram pelas autoridades constituídas, observando o conselho pastoral que Paulo, o apóstolo, deu a Timóteo, seu filho na fé: “Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis, ( presidentes) de todos os que se acham investidos  de autoridade,( governador, prefeito, deputados, senadores, vereadores, ministros) para que vivamos uma vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso salvador.

Os reformados oram de joelhos, em pé, sentados, deitados, como fez o rei Ezequias, pois Deus não olha para a posição do corpo, mas para o coração contrito e quebrantado, portanto antes de falar mal, ore.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga