“Não Pode”

Na semana retrasada um suposto grupo de torcedores do Sport Club Corinthians Paulista invadiu um motel na capital paulista, onde acontecia uma festa com a presença de Luan, atacante do time paulista. Este jogador foi agredido pelos supostos torcedores o que o levou a uma denúncia num posto policial mais próximo. Um dos agressores levava consigo um revólver para o que desse e viesse.
Quando o fato virou notícia, todas as mídias (a impressa, a falada, a visualizada, e principalmente entre as redes esportivas), condenando o episódio em altíssimos brados, queriam um comunicado oficial do Clube esportivo do agredido, dos colegas de trabalho, do sindicato dos jogadores, dos torcedores não fanatizados, enfim, da coletividade em geral.
O atacante Luan não andava bem em seu exercício futebolístico. Foi adquirido do gaúcho Grêmio por uma vultuosa quantia, mas desde o início não correspondeu as expectativas, o que levou a comentaristas futebolísticos das rádios e televisões a uma série de (amargas) críticas negativas. A conclusão foi que como o Corinthians não andava bem em resultados no Campeonato Brasileiro de Futebol, o “Brasileirão”, e Luan foi escolhido como vítima.
Isto não pode e não deve acontecer. A mídia neste caso foi unânime. A insatisfação de torcidas contra um jogador ou clube deve acontecer nos próprios estádios através de faixas, cartazes, gritos (até vaias), mas nunca com agressões físicas ou estádios depredados.
O futebol no Brasil é uma manifestação livre, prazerosa (mesmo que o time perca!) com cantos da torcida que carregam bandeiras e usam as camisas dos seus clubes. O futebol (assim como o Carnaval) é uma grande manifestação da alma brasileira. Com as câmeras nos estádios e a transmissão televisiva mostrando os torcedores (sempre com mulheres e crianças), as brigas entre torcedores diminuíram, mas continuaram fora deles (mas isto é uma outra história).
Um comentarista da ESPN – canal especializado em esportes – comentou que tudo isso só irá parar quando fanáticos de torcidas assassinarem um craque. No caso de Luan, o próprio alarido inicial da mídia foi diminuindo consideravelmente e não sabemos bem se os agressores (todos eles) foram identificados ou pegaram prisão preventiva (até serem julgados).
O futebol, de um modo geral, movimenta milhões em cada partida e oferece emprego à muita gente. Se estas agressões continuarem, voltaremos a ver as partidas como no infeliz tempo do Coronavírus, com portões fechados. Sem nenhuma graça.

Se fato é foto…

O Itapetiningano José Alves Neto, técnico da Seleção Brasileira de basquete feminino conquistou no último domingo (9) o Campeonato Americano de Basquete Feminino ao vencer a seleção dos EUA por 69X58. Foto – Arquivo Pessoal.

Últimas

Correio Político 1003

Correio Político 1003

Pai da Criança Já começou o “vale tudo” na política de Itapetininga. Osmar Thibes, pré-candidato a prefeito pelo PSDB, começou mal a sua campanha. Declarou a um portal de notícias...

Justiça proíbe eventos com maus tratos aos animais

Justiça proíbe eventos com maus tratos aos animais

Uma Ação Civil Pública feita pela advogada Maria Leticia Benassi Filpi na 2ª Vara Cível do Foro de Itapetininga, foi julgada parcialmente procedente pelo Juiz Aparecido César Machado No ano...

Recusas ao bafômetro crescem em Itapetininga

Recusas ao bafômetro crescem em Itapetininga

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) realizou quatro operações de Direção Segura Integrada no município de Itapetininga entre 2022 e 2024. Durante essas ações, foram abordados 2.367...

Professores criticam o Programa Escola Cívico-Militar

Professores criticam o Programa Escola Cívico-Militar

Em uma sessão marcada pelo confronto de estudantes com policiais militares, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou o projeto enviado pelo governador Tarcísio de Freitas sobre o Programa...

Prefeitura entrega 164 lotes do Programa Lote Social

Prefeitura entrega 164 lotes do Programa Lote Social

A data 17 de maio consolida, definitivamente, o maior programa de habitação popular já realizado pela Prefeitura de Itapetininga com a entrega oficial dos 164 terrenos do Programa Lote Social,...

Lei antifumo completa 15 anos no estado

Lei antifumo completa 15 anos no estado

A Lei Estadual nº 13.541 de 7 de maio de 2009, também conhecida como lei antifumo, completa 15 anos neste mês de maio. Ela foi proposta e aprovada para preservar...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.