O Espelho

Carlos, que é acadêmico, leu o livro de Apocalipse e afirmou que não entendeu patavina.
– Como posso entender? perguntou ele.
Eu, sem mais delongas, concordei com ele e disse:
– De fato, Carlos, é o livro mais difícil para interpretar. A Sociedade Auxiliadora da Igreja Presbiteriana do Bom Fim me convidou para fazer um estudo sobre o livro e eis o resumo: O verso chave é 1:19 que assim reza: “Escreve as coisas que tens visto, e as que são e as que depois destas hão de acontecer.” A frase chave é: “Revelação de Jesus Cristo.”Aliás, o livro, também, recebe o nome em Inglês de “The Revelation of St. John the Divine.” A mensagem é: “Jesus Glorioso e Triunfante.” Nota-se, portanto, que a personagem principal é Jesus, que é a chave do bom entendimento do livro.
– As irmãs entenderam? Indagou Carlos
– Creio que sim, uma vez que fui respondendo questão por questão, pausadamente. Deus me concedeu a paciência necessária. É verdade que tive que responder, uma mesma pergunta várias vezes.
Disse para as irmãs que o livro de Apocalipse é uma esplêndida conclusão da Bíblia. O Rev. Archibald Brown mostra o equilíbrio ou paradoxo admirável que existe entre o Gênesis e o Apocalipse, como cita Robert Lee no seu livro “A Bíblia em Esboço”. Diz Brown: “No Gênesis vejo a terra criada; no Apocalipse a terra que passa. No Gênesis, o Sol e a Lua aparecem; no Apocalipse leio que não há necessidade deles. No Gênesis há um jardim que é o lar do homem; no Apocalipse há uma cidade que é o lar das nações. No Gênesis há o casamento do primeiro Adão, no Apocalipse há o casamento do segundo Adão. No Gênesis, temos a primeira e horrenda aparição daquele grande inimigo: Satanás; no Apocalipse, sua condenação final. No Gênesis, há o surgimento da tristeza e do sofrimento, ouve-se o primeiro soluço assim como se vê a primeira lágrima; no Apocalipse, não há mais tristeza, nem dor, e toda lágrima é enxugada. No Gênesis ouvimos o murmúrio da maldição que veio por causa do pecado; no Apocalipse, se lê que não haverá mais maldição. No Gênesis, o homem é expulso do jardim e proibido de se achegar a árvore da vida; no Apocalipse o homem é bem-vindo e a árvore da vida está ao seu dispor.”
– Que lindo! exclamou Laurinha que ouvia silenciosamente.
O livro pode ser dividido em três partes. Quando ia comentar, Carlos recebeu a notícia de que a sua irmã havia chegado dos Estados Unidos e o estudo ficou para outra vez.

Últimas

Começou esta semana a vacinação contra a gripe em idosos e profissionais da saúde

Sábado é dia de vacinação contra a Covid e Gripe

Com a grande adesão da população às repescagens da vacinação contra Covid-19 realizadas aos sábados no shopping de Itapetininga, a Secretaria de Saúde do município decidiu incluir no esquema de...

Vitrine – Realismo

Vitrine – Realismo

A coluna Vitrine desta semana apresenta algumas produções dos alunos do Art Studio & Atelier Henrik Ribeiro.Henrik Ribeiro trabalha há dois anos e meio como tatuador. Ele sempre pensou em...

Confira a programação no aniversário de Alambari

Confira a programação no aniversário de Alambari

A prefeitura de Alambari preparou diversas atividades em comemoração ao 30° aniversário de emancipação político-administrativa. A agenda começou no último sábado, dia 14, com concurso da rainha do rodeio e...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga