O Espelho

Carlos, que é acadêmico, leu o livro de Apocalipse e afirmou que não entendeu patavina.
– Como posso entender? perguntou ele.
Eu, sem mais delongas, concordei com ele e disse:
– De fato, Carlos, é o livro mais difícil para interpretar. A Sociedade Auxiliadora da Igreja Presbiteriana do Bom Fim me convidou para fazer um estudo sobre o livro e eis o resumo: O verso chave é 1:19 que assim reza: “Escreve as coisas que tens visto, e as que são e as que depois destas hão de acontecer.” A frase chave é: “Revelação de Jesus Cristo.”Aliás, o livro, também, recebe o nome em Inglês de “The Revelation of St. John the Divine.” A mensagem é: “Jesus Glorioso e Triunfante.” Nota-se, portanto, que a personagem principal é Jesus, que é a chave do bom entendimento do livro.
– As irmãs entenderam? Indagou Carlos
– Creio que sim, uma vez que fui respondendo questão por questão, pausadamente. Deus me concedeu a paciência necessária. É verdade que tive que responder, uma mesma pergunta várias vezes.
Disse para as irmãs que o livro de Apocalipse é uma esplêndida conclusão da Bíblia. O Rev. Archibald Brown mostra o equilíbrio ou paradoxo admirável que existe entre o Gênesis e o Apocalipse, como cita Robert Lee no seu livro “A Bíblia em Esboço”. Diz Brown: “No Gênesis vejo a terra criada; no Apocalipse a terra que passa. No Gênesis, o Sol e a Lua aparecem; no Apocalipse leio que não há necessidade deles. No Gênesis há um jardim que é o lar do homem; no Apocalipse há uma cidade que é o lar das nações. No Gênesis há o casamento do primeiro Adão, no Apocalipse há o casamento do segundo Adão. No Gênesis, temos a primeira e horrenda aparição daquele grande inimigo: Satanás; no Apocalipse, sua condenação final. No Gênesis, há o surgimento da tristeza e do sofrimento, ouve-se o primeiro soluço assim como se vê a primeira lágrima; no Apocalipse, não há mais tristeza, nem dor, e toda lágrima é enxugada. No Gênesis ouvimos o murmúrio da maldição que veio por causa do pecado; no Apocalipse, se lê que não haverá mais maldição. No Gênesis, o homem é expulso do jardim e proibido de se achegar a árvore da vida; no Apocalipse o homem é bem-vindo e a árvore da vida está ao seu dispor.”
– Que lindo! exclamou Laurinha que ouvia silenciosamente.
O livro pode ser dividido em três partes. Quando ia comentar, Carlos recebeu a notícia de que a sua irmã havia chegado dos Estados Unidos e o estudo ficou para outra vez.

Últimas

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

Um ofício da OAB de Itapetininga enviado para autoridades indica provável operação irregular das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) alimentadas pelas represas no curso do rio Turvo em Pilar do Sul....

Cidade registra 300 casos de Covid na semana

Casos de Covid desaceleram, mas UTI segue 70% ocupada

Itapetininga está há duas semanas sem registrar mortes em decorrência da Covid-19. O registro de novos casos também desacelerou, em uma semana foram confirmados 69 novos casos, uma média aproximada...

Escola Peixoto Gomide comemora 127 anos

Projeto “Falar é Bom” realiza palestras para jovens

O Projeto “Falar é Bom”, ação da Prefeitura de Itapetininga coordenada pela Secretaria Municipal de Promoção Social, retoma suas atividades presenciais, seguindo todas as medidas sanitárias, com foco no “Setembro...

Logística é aliada essencial do e-commerce

Logística é aliada essencial do e-commerce

O e-commerce é um setor que vem crescendo no Brasil e no mundo, principalmente em razão da pandemia de Covid-19, que impossibilitou a compra de produtos de forma presencial. Para...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga