Propinar

Antigamente, a Petrobrás pairava no imaginário popular pelas suas belas torres, funcionários com sorrisos de orelha a orelha, promessa de independência dos derivados do ouro negro… Era orgulho do rincão tupiniquim! Era…
Hoje, infelizmente, essa empresa é destaque nas manchetes dos jornais e palavra cabeluda na boca do povaréu por um motivo vergonhoso: propina! Esse substantivo parece flutuar sobre a casa, mais cafifento do que praga de sogra vingativa!
Todo santo dia a imprensa dá notícia de que empresário fulano de tal recebeu um “agradinho” para fazer isso ou aquilo… Tem-se a impressão de que suborno faz parte da cultura nacional e parece impossível erradicá-lo. O verbo propinar está sendo conjugado de Norte ao Sul, num frenesi nunca visto nestas plagas: eu propino, tu propinas, eles propinam… Do jeito que a coisa vai, daqui a pouco, o país não mais será representado pelo carnaval, pelo Bumba Meu Boi ou mulatas sensuais, mas por essa palavrinha asquerosa: pro-pi-na!
É lamentável ver senhores empresários gorduchos, bochechudos, de terno, gravata e barrigas despencando serem acusados de pagar um “por fora” ou receber… Que coisa feia! No tempo de dantes, essa desgraceira era restrita a funcionários do último escalão, os chamados Zé ninguém… Agora não, ela faz parte da elite empresarial e circula nos gabinetes, com festanças regadas a whiskys e discursos nos rincões deste brasilzão mal-assombrado e “propinado”!
Seria o homo sapiens “lusitano-brasilíndio” uma espécie diferente, mais chegada no ato de “molhar as mãos”? O furdúncio “propinológico” que incendeia a Petrobrás levanta sérias questões… Por exemplo, será mesmo que a Terra de Santa Cruz foi descoberta por Pedro Alvares Cabral ou o rei de Portugal, D. Manuel I, pagou alguns baús cheios de diamantes para assim constar nos livros escolares?
Pelo andar da carruagem, chega-se à conclusão de que se Adão fosse empresário brasileiro, a história seria outra… Ele assinaria um cheque milionário, daria à serpente em pagamento da maçã e o casal de peladões jamais seria expulso do Éden! A saga da humanidade tomaria outros rumos… Pelo menos cá pras bandas do Ocidente!
Por certo, no inferno não deve ter nenhum ricaço nascido no “berço esplêndido” auriverde do Brasil… Assim que o valente, trincando de pecados chega às portas do diabo, já escancara uma mochila bufando de cruzeiros recém-saídos da Casa da Moeda!
Há quem diga que o chifrudo faz qualquer coisa por dinheiro!

Últimas

Cidade tem 25 mortes em sete dias e UTIs estão 100% lotadas

Cidade registra 24 mortes em apenas dez dias

Os primeiros dez dias do mês de junho registram uma marca preocupante, a cidade confirmou 24 mortes em decorrência da Covid-19 e 579 novos casos. Nesta quinta-feira, dia 10, o...

Modelo denuncia racismo em oferta de trabalho

Modelo denuncia racismo em oferta de trabalho

A modelo e estudante de fisioterapia Bruna Campos denunciou uma situação de racismo que sofreu durante uma oferta de trabalho. Ela combinava, pelo whatsapp, detalhes de um trabalho freelancer que...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga