Zummm…

De repente, um zumbido estranho invade meus ouvidos… Mas não era um zumbidinho, não! Era um ruído forte, metálico, apocalíptico! Soava de todos os lados… Vinha do céu, como se mil trombetas de Jericó troassem ao mesmo tempo anunciando o fim do mundo! Brotava do ladrilho parecendo que, repentinamente, o azulejo tivesse boca e gritasse sem piedade dos tímpanos alheios… Emanava das paredes do quarto como se os tijolos tivessem alma e uivassem em coro sua raiva tijolina… Despencava do teto, como se a laje fosse animada por uma alma boquiaberta e, naquele momento, estivesse com ódio do planeta inteiro…A lâmpada parecia zurrar, as janelas crocitavam, o armário zunia, o guarda-roupa tremia, tremia e roncava como um vendaval nunca visto na querência da Terra!
Em pânico, debatendo feito náufrago, abro os olhos e grito pedindo socorro:
-Carolina!
Minha filha desliga o secador…
Silêncio!

Últimas

Cidade tem 25 mortes em sete dias e UTIs estão 100% lotadas

Cidade registra 24 mortes em apenas dez dias

Os primeiros dez dias do mês de junho registram uma marca preocupante, a cidade confirmou 24 mortes em decorrência da Covid-19 e 579 novos casos. Nesta quinta-feira, dia 10, o...

Modelo denuncia racismo em oferta de trabalho

Modelo denuncia racismo em oferta de trabalho

A modelo e estudante de fisioterapia Bruna Campos denunciou uma situação de racismo que sofreu durante uma oferta de trabalho. Ela combinava, pelo whatsapp, detalhes de um trabalho freelancer que...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga