A 7ª Arte de Steven

No artigo “Amor Sublime Amor da semana passada escrevi sobre a refilmagem do clássico filme/ musical “West Side Story” (Amor Sublime Amor) 1961 e que inclusive já está sendo rodado pela óptica apurada e diferenciada do aclamado diretor Steven Spielberg.

Na mesma coluna eu ia descrever um pouco sobre a extensa biografia brilhante do genial Spielberg mas como o fantástico filme “Amor Sublime Amor”, já é tema para livro, de Steven então é para uma enciclopédia e não coube naquele artigo e deixei para este, queridos leitores. Então vou contar um pouco sobre o cineasta sobre a minha visão apaixonada que tenho por suas obras.

Sem sombras de dúvidas o cineasta Steven Spielberg foi o grande ícone, a maior referência e o maior símbolo da direção cinematográfica do cinema, considerada a 7ª arte, na minha geração 80/90.

Quem não se encantou, vibrou, não chorou e não se emocionou com o filme ET de 1982. Me lembro nitidamente, até do cheiro me vem à mente neste momento que escrevo do cine Itapetininga ou cine Olana que era em frente ao clube Recreativo na rua Monsenhor Soares que infelizmente foi demolido em 2004 e que hoje é um feio triste e inacabado estacionamento (me “corta” o coração todas as vezes passo por lá).

Voltando ao filme ET, me lembro daquelas lindas imagens, da trilha, da história e quando os garotos sobrevoam e contornam a sombra da lua cheia com suas bikes, íamos ao delírio.  Aliás esta cena é uma das mais marcantes do cinema de todos os tempos, virou um símbolo.

Steven tem este dom, de nós levar ao delírio, ao fascínio, a transcendência,

Alguns anos antes da estreia de ET, fui assistir com meu pai outro excelente filme dirigido por Spielberg: “Contatos Imediatos do 3º Grau, com mesma temática, também sobre extraterrestres, só que este mais profundo psicologicamente.

Me lembro de me assustar com o “Tubarão” 1 e 2 (1975/1978) estes já na telinha da Rede Globo, ambos também espetaculares. E o tal do “Poltergeist O Fenômeno” (1982)! Meu Deus!! Daqueles de terror de se não dormir depois de visto.Kkk  Também vi pela TV num sábado no Supercine  da Globo.

E foram tantos e tantos excelentes filmes. A trilogia do “Indiana Jones em parceria com o também gênio George Lucas (que vale também um artigo aqui) eram espetaculares, adrenalina pura em nossas veias e mentes do início ao fim. As histórias eram um misto de histórias em quadrinhos com filmes de matinês dos anos 40 e 50 e que mexem com o imaginário de todos. Harrison Ford com seu chapéu que nunca caia de sua cabeça e seu chicote inseparável, se tornou o nosso principal heróis.

Spielberg é um diretor tão completo que “navegou e navega” por todos os gêneros d 7ª arte desde desenhos animados, temáticas infantis e adolescente a películas dramáticas e históricas com o caso da obra prima “A Lista de Schindler” de 1993 ganhador de 6 Oscar, incluindo melhor filme e direção) que relata as barbáries da 2ª Guerra Mundial e o genocídio nazista. Outros filmes emocionantes dramáticos do diretor são: “Cor Purpura” de 1985 estrelado pela então pela novata Whoopi Goldberg com abordagem sobre o racismo durante a escravidão norte-americana no século 19 e o excelente “Império do Sol” (este é para assistir com os lenços já umedecidos ao lado) e aborda também a temática da 2ª Guerra relatado por um adolescente.

São tantos! Aqui vão mais algumas, senão o diagramador aqui do Correio de Itapetininga puxa minha orelha ou melhor cola meus dedos com super bonder…rs

Jurrasic Park (1993) , O Resgate do Soldado Ryan (1998).  Prenda-me se For Capaz (2002) , Muique,  A.I. – Inteligência Artificial (2005), O Terminal (2004).

Spielberg também obteve sucesso como produtor. A lista é extensa, mas alguns dos filmes mais conhecidos), Gremlins (1984), Os Goonies (1985), a trilogia De Volta Para o Futuro e MIB – Homens de Preto (1997).

Vindo de uma família judaica de classe média, Steven Spielberg ganhou sua primeira câmera com apenas 12 anos de idade. Aos 19, iniciou o curso de Cinema na Universidade da Califórnia, sendo que aos 22 anos filmou “Amblin, curta que possibilitou sua entrada na Universal Studios, onde passou a realizar vários filmes para a TV americana. O mais importante deles foi “Encurralado (1971), que se tornou um grande sucesso de crítica.

Steven Spielberg está com 74 anos de idade e como o vinho cada vez melhor e seus filmes cada vez mais saborosos para degusta-los.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga