A Eternidade da Palavra de Deus

De todos os profetas que surgiram, no meio do povo de Israel, não houve um como Moisés. Nasceu no Egito e foi escondido pelos seus pais durante três meses, uma vez que a lei de Faraó, em vigor, mandava matar todos os meninos hebreus. Esconderam-no, porque era formoso e não temeram o mandamento do rei.

Pela fé, já grande, Moisés recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, que era o seu povo, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado, como afirma o escritor sacro. Fez aos olhos humanos uma escolha má, porém aos olhos de Deus uma boa escolha, uma vez que considerou o opróbio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porque contemplava o galardão celestial. (Hebreus 11:26) Tirou o seu povo do Egito com mão forte, pois a mão era divina. Atravessou o mar vermelho como por terra seca. Combateu os inimigos do povo de Deus e de vitória em vitória foi conquistando a terra da promessa. Recebeu do Eterno as tábuas da lei e teve o prazer de conversar face a face com Deus. Foi formoso, foi grande, foi um líder, no entanto tudo passou. Só a Palavra do Senhor não passou e nem passará.
Houve homens que tiveram muitas glórias. Moisés teve a glória de conversar com Deus face a face. Sansão, o juiz, teve a glória de ser o homem mais forte da terra. Maria, a virgem, teve a glória de ser a mãe do Redentor dos escolhidos de Deus. Pedro teve a glória de receber de Cristo as chaves do Reino dos Céus e abrir com elas as portas do Evangelho para os judeus e gentios. Salomão, o terceiro rei de Israel, filho de Davi, teve a glória de ser o homem mais sábio da terra.

Passou Moisés, o maior profeta do Senhor. Passou Sansão com a sua força descomunal. Passou Maria, vivendo apenas na memória dos vivos. Passou Pedro com a sua intrepidez. Passou Salomão com a sua sabedoria. Só não passou a Palavra de Deus, porque é viva e eficaz.

Tudo passa e estamos passando. A Palavra de Deus é a única que não passa, porque se cumpre na vida dos que passam. É composta de promessas que se concretizam dia após dia. É uma palavra poderosa para salvar. É através dela que recebemos a fé. São Paulo disse que a fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus. É uma palavra eterna, porque concede aos que leem sabedoria para a salvação e toda ela foi inspirada por Deus para ser proveitosa para ensinar, redarguir, corrigir, instruir em justiça para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.

Tudo passa. Passaram os grandes homens da fé. Passaram os heróis do cristianismo. Passaram os doutores da igreja e continuam passando todos os homens. Passaram as glórias humanas e os seus expositores…

Se os homens passam, se a glória humana está passando, necessário se faz que nos firmemos na Palavra de Deus que não passa e que não há de passar, mas é eterna, porque é viva, eficaz e penetrante, como uma espada de dois gumes.

Últimas

Correio Politico – Edição 1010

Experiência e Renovação A Federação Brasil Esperança (PV, PT e Pc do B) está com uma chapa forte de pré-candidatos a vereador. Unindo experiência e renovação, a chapa de pré-candidatos...

Câmara aprova projeto de substituição de sacos plásticos convencionais por ecológicos

Prefeitura e Câmara suspendem publicações em sites

Devido à lei eleitoral, a Prefeitura e a Câmara de Itapetininga suspenderam, temporariamente, a exibição de notícias no site e no semanário oficial que impliquem em publicidade institucional. A medida...

Confira as principais notícias de 2022

Jeferson Brun lança pré-candidatura

O atual prefeito de Itapetininga, Jeferson Brun, atualmente filiado ao Republicanos, lançou oficialmente sua pré-candidatura a prefeito de Itapetininga. Caso se confirme o apoio oficial, Brun terá a companhia de...

Novos nomes surgem para  vice-prefeito

Novos nomes surgem para vice-prefeito

Na edição passada, o Jornal Correio publicou seis nomes que estão na disputa para entrar de vice-prefeito em Itapetininga. Mais duas pessoas estão ainda no jogo como ex-secretário municipal de...

Clima desfavorável afeta produção de figo na cidade

Clima desfavorável afeta produção de figo na cidade

No município de Itapetininga, o clima desfavorável marcou a temporada de colheita de figos neste ano, conforme relata Daniel Nache, produtor local. “Este ano foi desafiador desde o início, com...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.