A Verdade e Martinho Lutero

Carlos, filho do Sr. Clementino e D. Glória está fazendo Teologia. Chegou à conclusão, depois de tentar passar em vários concursos públicos e não ser aprovado. Não é vocacionado, mas acha que com o tempo se adaptará a nova função, caso conclua o curso livre de Teologia. – Fulano deu-se bem, eu que sou mais esperto me darei, dizia ele consigo mesmo, não dando nome aos bois.
Tem muitas dúvidas quanto à Cristologia. Ele me procurou e fez as seguintes perguntas, tomando como base a declaração de Cristo:- “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito…” (S. João 3:16)
Indagou Carlos: – Se Jesus é Deus e Deus é eterno, como Jesus é Filho Unigênito? Jesus teve um princípio? Jesus é um deus menor?Fez várias perguntas, caro leitor, porém a resposta é uma só. Tem que fazer exegese do texto e Cristo é a exegese, isto é, a explicação de toda Bíblia.
– Há teólogos hereges, Carlos, disse eu, respondendo, que ensinam que a filiação unigênita refere-se à criação de Cristo, por isso, dizem eles, que Jesus seria um deus menor. A palavra grega é “monogene” e, analisada à luz do idioma original, quer dizer da mesma espécie, isto é, do mesmo “gene” da mesma natureza. Jesus, em outras palavras, é singular, único, com a mesma natureza de Deus. Jesus é tão divino como o Pai.
– A expressão paulina em Colossenses 1:15 “ primogênito da criação”, tem o mesmo sentido teológico, disse eu. A palavra “protokokos” usada por Paulo e aplicada a Cristo não tem, como afirmam os teólogos ortodoxos, a ideia temporal, do tempo de nascimento, mas é, antes de tudo, um título de honra. O texto ensina que Jesus é antes de todas as coisas. Jesus é o Criador de tudo, portanto, Jesus é Deus.
Depois, Carlos falou que o seu professor de Teologia afirmou que na próxima aula vai falar dos ofícios de Cristo. Ele, rindo, com ar de superioridade, disse: – Eu sei que Jesus foi carpinteiro, como José.
– Não, Carlos, o seu professor quis dizer que Cristo exerce, como nosso Redentor, três ofícios, isto é, funções, tais como: profeta, sacerdote e rei.Como profeta ele nos revela a vontade de Deus para a nossa salvação; como sacerdote ele se ofereceu a si mesmo em sacrifício para satisfazer a justiça divina e nos reconciliar com Deus e, como rei, ele nos sujeita a si mesmo, governando-nos e protegendo-nos, contendo e subjugando todos os seus e os nossos inimigos. Leia o Catecismo de Westminster, pois facilitará o seu entendimento, disse eu para o Carlos. Por fim, ele disse: O senhor falou grandes verdades para mim, embora, disse ele, Lutero, afirmou que a verdade causa rumor em toda parte. O Sr.é corajoso!

Últimas

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

Um ofício da OAB de Itapetininga enviado para autoridades indica provável operação irregular das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) alimentadas pelas represas no curso do rio Turvo em Pilar do Sul....

Cidade registra 300 casos de Covid na semana

Casos de Covid desaceleram, mas UTI segue 70% ocupada

Itapetininga está há duas semanas sem registrar mortes em decorrência da Covid-19. O registro de novos casos também desacelerou, em uma semana foram confirmados 69 novos casos, uma média aproximada...

Escola Peixoto Gomide comemora 127 anos

Projeto “Falar é Bom” realiza palestras para jovens

O Projeto “Falar é Bom”, ação da Prefeitura de Itapetininga coordenada pela Secretaria Municipal de Promoção Social, retoma suas atividades presenciais, seguindo todas as medidas sanitárias, com foco no “Setembro...

Logística é aliada essencial do e-commerce

Logística é aliada essencial do e-commerce

O e-commerce é um setor que vem crescendo no Brasil e no mundo, principalmente em razão da pandemia de Covid-19, que impossibilitou a compra de produtos de forma presencial. Para...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga