Agenda – 515

Diploma
Na movimentada solenidade de formatura das Faculdades da AEI – Organização Superior de Ensino (Ciências Contábeis, Administração, Letras, Matemática e Pedagogia), no último dezesseis de dezembro no Clube Venâncio Ayres, as professoras (esquerda para direita): Matilde de Oliveira e Silva Fogaça de Almeida (Inglês) e Marly Larizzatti Bueno (Linguística).

 

O próprio
Alvo da atenção da “mídia” nacional na penúltima terça-feira, seis, o transatlântico “Empress” da operadora espanhola Pullmantur foi o mesmo que conduziu em setembro de 2012 um grupo de itapetininganos para “tour” por países bálticos (Estônia, Rússia, Finlândia, Alemanha, Suécia e Dinamarca). Vamos aos detalhes: como vocês acompanharam pelos noticiários (televisão, jornais, redes sociais e outros) o transatlântico “Empress” tornou-se refém, no último seis, de barcos pesqueiros de Itajaí e Navegantes (portos) em Santa Catarina em sinal de protesto dos pescadores catarinenses contra uma decisão do Ministério do Meio Ambiente de proibir a pesca de centenas de espécie de peixes ameaçados de extinção. O navio foi impedido de sair (por trinta horas) do porto de Itajaí. Após a soltura o transatlântico seguiu para o seu destino: Buenos Aires (Argentina) e Montevideo (Uruguai). O mesmo transatlântico, com capacidade para 1.877 passageiros e 645 tripulantes, levou itapetininganos em setembro de 2012 para países bálticos (Europa) sob coordenação da “promoter” Ana Maria Pires Nalesso, durante 12 dias. Quem estava nesta excursão de 2012: Terezinha (Furtado) – Antonio Edson Camargo; Marly (Larizzatti) – José Antonio Bueno; as irmãs Lígia e Lídia Ravacci; Cláudia Fernandes Dandreta, Cássia (Cardoso) – Fernando Pires; Maria Eugênia Terra Barth Pires, Ana Lúcia Camargo e Ivan Barsanti Silveira. Nesta viagem, nada de anormal aconteceu.

Good year
Filho de Therezinha (Campos) – Valdemar Vieira, ela, professora primária da rede estadual de ensino já aposentada e ele, comerciante, o itapetiningano e engenheiro – agrônomo Felipe Campos Vieira, vindo do Canadá, passou o Ano Novo em pleno Times Square, Manhattan, em New York, USA. Felipe foi ver a famosa “bola de fogo” que desce ao chão exatamente a meia noite de trinta e um para primeiro de janeiro deste corrente ano. O ato envolve milhares de pessoas que vão até lá na avenida considerada a mais conhecida do mundo, próximo a Broadway. Para o itapetiningano Felipe Campos, tudo muito bonito e colorido, apesar do frio, muito e muito intenso, muitos graus abaixo de zero. Quase insuportável.

Boas festas
Repórter cinematográfico da TV TEM local, em férias, Fábio Silveira Campos com Silmara Piedade, professora de Necessidades Especiais passaram o Ano Novo no Rio de Janeiro, mais precisamente na praia de Copacabana para assistir aos shows (entre estes, da cantora Maria Rita), ao ar livre e logicamente também a queima de fogos. Gostaram de tudo: do eterno bom humor dos cariocas, da ordeira multidão presente, do calor reinante, tanto físico como de espírito e da beleza do próprio Rio. Em relação aos preços, ao contrário do noticiado, não estavam abusivos. Eram normais. E a alegria dos milhares de estrangeiros presentes chamou atenção dos itapetininganos.

Memória
Padre Mário Donato Sampaio na Igreja das Estrelas rezando na penúltima quarta-feira, sete, por Maria Prestes de Albuquerque, itapetiningana, professora, bióloga e pintora, falecida no primeiro dia de janeiro deste novo ano, com a idade de oitenta e sete anos. Viúva de Hylton Benedito Ferreira e mãe de João Fernando (in memoriam) e Renato. Maria Prestes era membro de uma tradicionalíssima família daqui, neta de Fernando Prestes de Albuquerque e sobrinha de Júlio Prestes de Albuquerque (eleito presidente da república brasileira em 1930 mas que não chegou a tomar posse diante de um levante liderado por Getúlio Vargas). E destacou-se na área das artes plásticas pintando cenas da vida desta cidade. Maria, também foi uma das mulheres mais bonitas, fisicamente, em sua época, aqui.

Luto
Faleceu aqui, no último vinte e oito, num domingo, aos cinquenta e cinco anos de idade, Zenaide Aparecida Alves Caldas, de tradicional família itapetiningana. Zenaide era filha de Marília Antunes Alves (historiadora), sobrinha de Murilo Antunes Alves (advogado e comentarista político da Rádio e TV Record (desde a criação desta emissora televisa em 1953, em São Paulo) e neta pelo lado materno de Floriza Antunes Alves, diretora do Curso Primário Anexo da Escola “Peixoto Gomide” nas décadas de quarenta e cinquenta e de Antonio Antunes Alves, um dos fundadores da Associação de Ensino de Itapetininga e professor de Português e História, participante ativo da então nova Igreja da Matriz, na década de 50.

Birthdays
Notáveis itapetininganos comemoraram mudança de idade neste período, como: na penúltima quarta-feira, sete, o dentista José Wladmir Pires, na última sexta-feira, nove, Amauri Elias Xavier, presidente do Sindicato Rural daqui, também no dia nove, a professora de Canto Coral Olga Maria Camargo Pellegrini, no último domingo, onze, o advogado Luís Gonzaga Lisboa Rolim, o Zaga e Waldomiro Benedito de Carvalho, o “Chuca”, do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico daqui e da Academia Itapetiningana de Letras, na última segunda-feira, doze, Lineu Ferreira Cerqueira, aposentado do Banco do Brasil, nesta última terça, treze, o engenheiro agrônomo Felipe de Campos Vieira e na quinta, ontem, quinze, o professor de História Celso Bodo de Carvalho.

Momo
Já está tudo certo, Beto Nery coordenador maior do bloco carnavalesco “Motumbo” associando-se ao também bloco itapetiningano “Avestruz” liderado por Márcio Duarte de Melo, animarão por duas noites o carnaval do Clube dos Bancários daqui, e a folia será à beira da piscina. Os dois blocos juntos reúnem dezenas e dezenas de participantes.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga