Agenda – 545

Um instante
Do casal Regina Antonia (Aboarrage) – Teodóros Anastassiadis, o “Grego”, ela professora de Ciências Sociais na rede estadual de ensino dessa cidade e ele, ex-diretor do Clube Venâncio Ayres.

 

Revelações
Acionado por alguns itapetininganos o “site” nacional “Diário do Centro do Mundo – Essencial, o DCM”, colocava na semana passada a questão (grave!) da mídia brasileira em relação aos colunistas políticos de jornais, revistas e das redes televisivas. Eles (colunistas políticos) – insistem em pintar um retrato muito sombrio do país. Parecem que são obrigados a escreverem palavras desejadas pelas corporações que os empregam”. E mais: – “a mídia brasileira, em sua maioria, insiste em semear pânico na mente da população sobre a crise econômica. Este aparente pânico, aí sim, teria potencial de preocupação real. Tornou-se muito cômoda para ela (mídia) ameaçar um Governo Federal que foi eleito por eleições democráticas. O autor do texto, Pablo Villaça pergunta: que crise é esta? – se a poderosa China aplica sessenta bilhões de reais no mercado brasileiro; a safra agrícola rendendo lucros; aeroportos lotados e cidades turísticas nacionais idem; o Rock in Rio (TV Globo) licenciou 643 produtos, recordes históricos; supermercados (mesmo na crise) rendendo bem; a Toyota cresceu em três por cento; a Riachuelo espalhando quarenta lojas, em todo o Brasil; etc e etc.

Folclore
No programa especial “Inesita – quanta saudade você me traz” que a TV Cultura de São Paulo apresentou no penúltimo domingo dois (agosto), o cantor e compositor Rafael Altério (que reside numa chácara em Alambari) cantou juntamente com seu amigo, o também cantor e compositor Ivan Lins, uma canção composta por ambos em homenagem a cantora de música brasileira Inesita Barroso, já falecida e que apresentava o dominical matutino “Viola, minha viola”, um dos carros chefes da mesma TV Cultura paulista. O programa que foi realizado no Theatro São Pedro, na Barra Funda, em São Paulo, apresentou cantores que, em diversos anos, apresentaram-se no programa de Inesita. Entre outras atrações, o Coralusp (Coral da Universidade de São Paulo) interpretou a belíssima toada “Viola Quebrada”, de Mário de Andrade e “Lampião de Gás”, de Zica Bergami. Esposa de Rafael, certamente, a itapetiningana Rita Albuquerque Altério estava na plateia aplaudindo o marido.

Lusa
A itapetiningana Ana Camargo Mello, aposentada do Banespa, daqui e que esteve no ultimo março em Portugal, comentando: – “Estive na cidade de Coimbra e logicamente fui ali até a famosa Universidade. Lá conversei com os estudantes que usam a tradicional capa preta e entrei na biblioteca Juanina (em homenagem ao então rei de Portugal, D. João III) toda de ouro (e possivelmente ouro do Brasil, então Colônia”. Tudo muito lindo, lindo. Em Lisboa, uma casa de fados não poderia deixar de ser visitada”.

Encenação
“Promoter” do itapetiningano grupo “Vamos ao Teatro”, a dinâmica Leomira Camargo Nunes já recebeu a notícia da produtora de espetáculos Célia, que é sua amiga. Em fevereiro do próximo ano voltará em cartaz, a peça “Um Bonde chamado “Desejo”, drama do autor Tenessee Williams, norte americano e um dos grandes dramaturgos do mundo ocidental. E volta no mesmo teatro em que a peça foi apresentada no Tucarena, quase anexo ao Teatro da Universidade Católica, o Tuca, ligado à Pontifícia Universidade Católica, nas Perdizes, em São Paulo. No elenco: Maria Luiza Mendonça (vivendo o papel de Blanche DuBois, personagem clássica do teatro moderno e Eduardo Moscóvis, o Du Moscóvis. A “promoter” Leomira quer levar dezenas de itapetiningans para assistirem à peça. Segundo ela e a critica paulistana, “é teatro, dos bons”.

Fraldas
A sempre elegante Rosemary Bárbara de Castro Lyrio e Duarte contente da vida pelo nascimento do seu bisneto Benjamin. Para o bebê todos os mimos. Mas Rose Lyrio não deixa nunca de paparicar também sua bisneta Diana, de três anos de idade.

Paraiso
Advogado trabalhista e professor da Faculdade de Administração da Associação de Ensino daqui, o ponderado Tales Macia Faria comentando: – “Para fugir da friagem deste último julho, o ideal seria dar uma chegada na marítima Porto Seguro, no litoral da Bahia. Lugar animado, alegre, onde se toma água de côco e come-se acarajé. Ainda não pude ir mas em breve irei sim. Preciso conhecer melhor o Nordeste”.

Olímpico
José Amaury Martins Filho (ou Amaury Filho, ex-colunista da imprensa itapetiningana na década de noventa, principalmente), foi um fos coordenadores do Jori, ou Jogos Regionais dos Idosos, que aconteceu entre seis a nove deste mês no Ginásio Ayrton Senna da Silva, em Vila Barth, principalmente, com 1500 atletas acima de sessenta anos, de quarenta e cinco municípios paulistas. Na abertura oficial, na penúltima quinta-feira, seis, aconteceu a apresentação da Coreografia dos Municípios. O coordenador Amaury entusiasmado comentando: – “Uma era mais bonita que a outra”.

Broadway I
A “promoter” Vera Lúcia Abdala (ex-secretÁria da Educação do Governo Municipal Roberto Ramalho em sua primeira gestão) leva trinta itapetininganos para assistirem, ainda nesse mês de agosto à comédia musical norte-americano adaptada “Antes tarde do que nunca” (Nice work if you can get’it), tradução e adaptação do “global” Miguel Falabella e direção de José Possi Neto. Isso no teatro Cetip em São Paulo. No elenco, dois atores de Votorantim: Daniel Caldini e Renato Bellini.

Broadway II
No próximo vinte e nove, sábado, no Clube Venâncio Ayres, às dez horas da noite, apresentação do musical “Abba – The History” – Musical Mama Mia”, na sede social do Clube. Uma produção da Vinil Eventos e no elenco: Márcio Moraes, Patrícia Andrade, Diego Sena e Jheff Saints como “covers” do famoso grupo sueco.

Últimas

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Nesta quarta-feira, dia 16, durante patrulhamento da Operação Itapê + Segura, equipes da Guarda Civil Municipal de Itapetininga prenderam um suspeito nas proximidades de uma escola municipal na Vila Mazzei....

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga