Agenda – 563

Cinquenta anos
Professorandos do então Instituto de Educação “Peixoto Gomide”, turma de 1965, reuniram-se para confraternização no ante-penúltimo sábado, vinte e oito, no mezanino da Padaria São João, no centro desta cidade. Os nomes estão abaixo.

 

Normalista I
Essa fotografia que vocês vêem acima aconteceu no penúltimo sábado, vinte e oito (novembro) no mezanino da Padaria São João, centro, onde foi realizada a festa de cinquenta anos da formatura dos formandos (professorandos) do então Instituto de “Educação Peixoto Gomide”, turma de 1965, graduação de professores primários. Hoje seria o curso de Magistério (infelizmente abolido pelo Governo Estadual), professores para as séries iniciais do agora Ensino Fundamental (primeiras às quintas séries). A noite foi de grande emoção no reencontro de colegas, onde, muitos não se viam há muitos anos e nas conversas predominavam as lembranças daquela época. O evento foi organizado principalmente por Maria do Carmo Terra Rodrigues e Leni Santiago Pontes Orsi (com muita ajuda de sua filha Fabiana). Quem falou pelo grupo foi Zenildes Ribeiro Borges.

Normalistas II
Nem todos participaram (muitos residem fora), mas os presentes na noite de sábado, vinte e oito de novembro, eram, na foto que vocês vêem, acima, a maioria com o nome em que aparece no convite de formatura: (sentadas) Eloisa Maria Barsanti Silveira, Zélia Rosa de Queiroz, Maria Luiza Mastrandea, Maria Leonci Araújo Nogueira, Márcia Ayres Rodrigues, Regina Pilar Galêgo, Jacyra Klein, Eliana Maria Monteiro, Maria Tereza Gomes,Zenilda Ribeiro Borges, Inês Mendes Gonçalves. (Em pé) Nadima Apolinário, Vera Lucia Massoni, Maroze dos Santos Junior, Maria Aparecida Duarte Tavares, Maria Gimenez, Maria Silvia Deleuse, Ana Maria de Salles, Ignes Aparecida Hungria, Sonia Albertin Scaperlli, Maria Aparecida Lisboa, Neide Aparecida Camargo, Vitalina Guida Moraes, Leni Santiago Pontes, Maria do Carmo Galvão Terra e Edy Piazza.

Verdes
Os namorados itapetininganos Maína Freitas e Thiago Piedade, ela, psicóloga, trabalhando em Guareí e ele, no Fórum de Tatuí foram assistir no enorme Allianz Park (no antigo Parque Antártica), em Pompeia, São Paulo, a final da Copa do Brasil – 2015 e torceram pelo Palmeiras que disputava o título com o Santos. Isto na penúltima quarta-feira, dois, à noite. Deu Palmeiras, após um jogo futebolístico pra lá de emocionante. Maína e Thiago (Junto de milhares de torcedores) ficaram roucos de tanto gritar: – “É campeão!”. E na mesma noite e estádio, outro itapetiningano, o repórter cinematográfico Fabrício Campos Vieira (que trabalha na Câmara Municipal de Sorocaba) cobria integralmente o jogo pela Sportv(televisão paga pela Sky, Net, Vivo, entre outros). E, aqui nesta cidade, o diretor da rede estadual de ensino, Wancley Sacco, palmeirense dos bons, quase roeu todas as unhas dos dedos de tanta emoção. Torcedor é isso.

A estrela l
A “promoter” e coordenadora do itapetiningano grupo “Vamos ao Teatro”, Leomira Camargo Nunes, ficou tristíssima, no penúltimo sábado, cinco, ao saber do falecimento da atriz, cantora, diretora e produtora de espetáculos teatrais (e de televisão) Marília Pêra. A partir de 1987 quando Leomira e seu saudoso marido José Nunes começaram a levar o pessoal daqui para assistir teatro em São Paulo quase todas as peças encenadas e interpretadas por Marília foram vistas pelo grupo de Leomira. E é ela quem conta : – “Ao convidar as pessoas bastava dizer que o espetáculo era com a Marilia Pêra que a adesão era imediata. Nem precisava mencionar se a peça era dramática , comédia ou musical. A presença de Marília já valia a pena”. E Leomira continua : – “Depois, com aquele sorriso, Marília Pêra nos recebia nos bastidores”.

A estrela ll
Em 1987, numa excursão de Itapetininga ao Rio de Janeiro, o casal Eza (Abrão) – Alberto Isaac, ele jornalista, aproveitaram e deram uma esticada ao Teatro João Caetano, na famosa Praça Tiradentes, para assistir o musical brasileiro “Estrela Dalva”, com Marília Pêra interpretando uma das maiores cantoras do Brasil, Dalva de Oliveira e sua vida um tanto trágica, à frente de um grande elenco onde também participavam: Renato Borghi (vivendo o compositor Herivelto Martins, então marido de Dalva) e o diretor e ator da TV Globo Jorge Fernando (interpretando um amigo confidente de Dalva). E Eza e Alberto ficaram emocionados em ver e ouvir Marília Pêra contando os grandes sucesso de Dalva de Oliveira, como: “Errei sim”, “Que será”, “Tudo acabado”, “Calunia”, “Kalu”, entre tantas outras. Segundo Alberto, um espetáculo inesquecível.

Outros tempos
No inicio da década de 1990, o atual prefeito de Itapetinininga Hiram Ayres Monteiro Júnior e Osmar Thibes Junior da secretaria de governo municipal compunham a equipe do sarau cultural juntamente com o jornalista Sillas Gehring Cardoso e do colunista e fotográfo Zézinho Trindade Xavier, entre outros. O Sarau Cultural, um evento artístico (música, poesia, dança, oradores, teatro) patrocinado pela Ajori (Associação dos Jornalistas de Itapetininga), realizado mensalmente num espaço desta cidade chegou a levar (durante três anos ou mais de existência) quatrocentas a quinhentas pessoas por apresentação. Era uma outra época e uma outra cidade , quando as pessoas eram mais descontraídas e não se recolhiam tanto. E as reuniões pré-sarau eram realizadas numa residência da rua Venâncio Ayres.

Birthdays
Aniversariou no último treze, domingo, Antonio Fernando Silva Rosa (vereador muitas vezes e ex-prefeito desta cidade, gestão 1977 a 1980). No sábado, dezenove, Maria Lúcia Haidar (Presidente da Câmara Municipal e segundo dizem pré-candidata à prefeitura desta cidade; no domingo, vinte, José Roberto Mariano, residente em São Paulo; na próxima terça-feira, vinte e dois, o advogado trabalhista Fábio Regino Sacco; na quarta-feira, o empresário (óculos) Laércio Pegoretti e na quinta-feira, dia de Natal, Luiz Antonio Lisboa, grande carnavalesco daqui em outras décadas.

Últimas

Pessoas de 57 anos ou mais serão vacinadas hoje

Prefeitura divulga novo cronograma de vacinação

TERÇA-FEIRA – 03 DE AGOSTO 1ª DOSE 24 ANOS OU MAIS – Pessoas sem comorbidades (Drive-thru e a pé nos dois pontos de vacinação) Atende Fácil da Prefeitura e Ginásio...

Isabelly vibra com sucesso das “minas” no skate

Isabelly vibra com sucesso das “minas” no skate

A skatista itapetiningana Isabelly Ávila, de apenas 16 anos, por pouco não se classificou para as Olímpiadas de Tóquio, mas mesmo de longe, segue torcendo pelos atletas estreantes da modalidade...

HLOB está com 100% de ocupação nos leitos para Covid

Hospital de Campanha e UTI do HLOB estão100% ocupadas

A UTI Respiratória do Hospital Léo Orsi Bernardes (HLOB) e o Hospital de Campanha Interno estão 100% ocupados. Preparada para receber pacientes infectados com a Covid-19, a UTI recebe pacientes...

Bolsa Família injeta R$ 5,37 milhões na economia

Bolsa Família injeta R$ 5,37 milhões na economia

Itapetininga recebeu no primeiro semestre, por meio de repasse do Programa Bolsa Família cerca de R$ 5,37 milhões. A informação é do portal de transparência do Governo Federal. Este valor...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga