Agenda – 566

Novo lugar
O casal itapetiningano Maria Aparecida (Placo) – Roberto Quass, ela, de tradicional família daqui e ele, professor de Criminologia na Academia de Polícia de São Paulo na cidade Universitária da USP e delegado de polícia já aposentado se mudaram, recentemente, para Aldeia da Serra, próximo a Alphaville, Barueri, Grande São Paulo.


Tempo, tempo
Respondendo a uma pergunta aqui, na redação deste “Correio”, o diretor de publicidade e marketing deste jornal, sobre os destinos da música popular brasileira, Odilon Rosa Rezende não hesitou:- “Compositores ao mesmo nível de Chico Buarque, Milton Nascimento, Caetano Veloso e Gilberto Gil só aparecerão aqui no Brasil daqui a cem anos. E olhem lá!”

 

Penso, logo…
O itapetiningano Cassiano Terra Rodrigues, professor de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a PUC, no bairro das Perdizes em São Paulo, com mestrado e doutorado na área e preparando (juntamente com outras duas autoras) um livro de Filosofia para o ensino médio a ser editado pela Saraiva. O moço Cassiano (como vocês sabem) filho de Maria do Carmo (Galvão Terra) e do saudoso Pedro Rodrigues, pretende, neste ano de 2016 participar (e também como conferencista) de um concorrido Seminário sobre “Aristóteles, filósofo grego, 2.500 anos de existência” que será realizado na Grécia, numa cidade da região de Thessália próxima a Athenas. Cassiano que já esteve em terras gregas ficou deslumbrado com o Parthenon (famosas colunas) em Athenas. Mas sabendo que alguns mármores originais foram levados para Londres, Inglaterra, não sossegou. E foi vê-las, em 2015 (setembro) no museu de antiguidades gregas na capital londrina. E se deslumbrou novamente.

 

Outra vez
A agitada Márcia de Camargo Melo, que foi auditora do Departamento de Estradas de Rodagem, o DER daqui, jurou que não sairia de casa (no Athenas do Sul) na noite do último vinte e três, numa quarta-feira, ante-véspera de Natal. É que nesse dia, a TV Globo, como sempre faz, apresentaria um de seus famosos “perus de Natal”, o show musical de Roberto Carlos (para muita gente, considerado o “Rei”). Márcia Mello espera o ano inteiro por este dia. E o cantor das românticas baladas realizou o que já era esperado, interpretando alguns dos seus maiores sucessos. Só que desta vez RC deu (bastante) “canja” aos seus ótimos músicos que tiveram oportunidade de solos. E logicamente já fã Márcia foi às lágrimas, com algumas canções.

 

América do Sul
As irmãs itapetininganas Érica, Bárbara e Victória, todas Rodrigues Giriboni e também estudantes de Medicina passaram o Natal no Peru (em Lima, capital e arredores com esticadas em trechos dos Andes). Mas voltaram para cá no “réveillon”. Érica e Victória (Rodrigues Giriboni) estudam na Faculdade de Medicina de Taubaté interior paulista. Bárbara (Rodrigues Giriboni) na Faculdade de Medicina de São Caetano do Sul, no ABC Paulista. Adoraram a viagem.

 

“Designer”
Nesta cidade para as festividades do Natal e Ano Novo o artista plástico Marcelo Rabelo Orsi, que reside próximo a Milão, na Itália. Hospedado na casa do pai Mário Celso Rabelo Orsi, ex-bancário, no Jardim Itália, o moço Marcelo aproveitou a estadia para visitas a parentes e amigos. Como fazia algum tempo que não vinha para cá, Marcelo Orsi estava com saudades do seu pessoal e os abraços (e beijos!) na sua querida tia Mirian (Rabelo Orsi) foi bastante caloroso.


Musical brasileiro
Fundador e diretor do grupo teatral itapetiningano “Atrás do Pano”, o também encenador e ator Paulo Carriel, o Paulinho, entre outras atividades artísticas, pretende, este ano, montar o espetáculo dramático (e também cômico) “Ópera do Malandro”, texto e canções de Chico Buarque de Holanda. Encenada pela primeira vez na década de 1980 (e também filmada por Ruy Guerra, com Edson Celulari, Marieta Severo e Elba Ramalho), a ação passa-se no bairro da Lapa, boêmio, do Rio de Janeiro, durante a Segunda Grande Guerra Mundial, (ano de 1942). A peça exige atrizes e atores que saibam também cantar e dançar. Mas, Paulinho Carriel e seu esforçadíssimo grupo de atores estão prontos para enfrentarem o desafio. Estão sim.

 

Na ponta dos pés
Formada professora primária (hoje: primário = séries iniciais do ensino fundamental, do primeiro ao quinto ano), em 1959, no então Instituto de Educação “Peixoto Gomide”, Diva Straub Leite, desde então começou a lecionar não numa escola convencional mas sim numa (escola) de dança. E nunca mais parou de exercer tal profissão, formando centenas de bailarinas, algumas seguindo a carreira profissional. Diva Straub coordena hoje o “Espaço Dançarte”, aqui em Itapetininga, próximo a Estação Rodoviária, onde, neste Espaço, desenvolve: ballet clássico, danças folclóricas nacionais e estrangeiras, dança cigana, sapateado norte-americano, alongamento e dança para adultos, aulas de teoria prática também para professores de dança clássica (ballet). E é Diva Straub Leite quem comenta:- “As aulas para crianças começam a partir dos quatro anos de idade, separando-as por níveis de adiantamento e faixas etárias.

 

Autêntica
Um entusiasmado Ivan Lins, o conhecido cantor e compositor numa entrevista dada a apresentadora Adriana Couto no televisivo “Metrópolis”, no último vinte e um, numa segunda-feira, a penúltima de dezembro, programa de entretenimento artístico da TV Cultura de São Paulo, comentava:- “Este ano realizo um antigo desejo, o de gravar um CD somente com músicas caipiras, onde interpreto clássicos da música de raiz e composições do meu parceiro Victor Martino e de outro muito bom compositor, Rafael Altério (de Alambari). Aliás, no CD formarei dupla vocal com Rafael. Nós (Rafael Altério e eu) já atuamos em forma de dupla em alguns programas da TV Cultura, como no “Viola, minha viola”, da saudosa Inesita Barroso. Aguardem, portanto, uma nova dupla sertaneja, só que de raiz – Rafael Altério e Ivan Lins”.


Últimas

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Nesta quarta-feira, dia 16, durante patrulhamento da Operação Itapê + Segura, equipes da Guarda Civil Municipal de Itapetininga prenderam um suspeito nas proximidades de uma escola municipal na Vila Mazzei....

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga