Agenda – Ivan Barsanti -12/12/2019

Palco
No penúltimo domingo, primeiro dia de dezembro, a “promoter” Vera Lucia Abdala levou dezenas de itapetininganos para assistirem a comédia de Juca de Oliveira “Mãos Limpas” e no elenco o próprio autor Fúlvio Stefanini, Taumaturgo Ferreira, Bruna Miglioranza, Nilton Bicudo e Claudia Mello. A direção é de Léo Stefanini. Isso no teatro Renaissance, interior do “chic” Hotel Renaissance, na Alameda Santos, Jardim Paulista, São Paulo. Antes da peça, o grupo itapetiningano foi almoçar no shopping Iguatemi na avenida Faria Lima e o pessoal aproveitou para algumas compras nas requintadas lojas de lá e apreciar a tradicional decoração de natal, considerada a mais bonita dos shoppings paulistanos. Também viram e ouviram corais interpretando canções a maioria, natalinas. O Iguatemi foi o primeiro shopping surgido em São Paulo, em 1966. Na caravana de Vera Abdala, entre outros: Andréia Martins, Lucia Eleonora Rockenback, Leda Regatti Sampaio, Vera Lucia Souza, Regina Lobo, Júlia Lobo, Lourdinha Santos Holtz, Luiz Gustavo Holtz, Maria Cecília (Fontes) – Theotônio Affonso Pereira Junior, Alice Horie, Eliana Maria Monteiro de Moraes, Jeanne Silvério, Maria Aparecida Pinto Monteiro, a “Bijú”, Rosana Iglesias, Márcia Ozi, Eliana Fontes Caldeira, Márcia (Marcinha) Silva, Valdinéia Vieira, Joana – Carlos Telles, Valderes Sacco, Viviane Sacco, Márcia (Ayres) – Guido de Almeida Filho, Maria Estela Izzo, Luiza Paixão, Maria Luiza de Almeida, Lourdinha Fernandes, Maria Aparecida Rosa Morenghe, Luzia Helena do Amaral Bergamin.

Meio século mais dez anos
Como já era esperado foi emocionante o encontro dos formandos do então Curso Normal (Formação de Professores Primários, hoje, Fundamental I), depois Curso de Magistério e atualmente (infelizmente) extinto do também então Instituto de Educação “Peixoto Gomide”, turma de 1959. Isso, no penúltimo sábado, trinta, último dia de novembro. Os formandos estavam completando sessenta anos de obtenção do diploma de professor. Inicialmente, o esperado encontro aconteceu no auditório nobre da centenária escola, com a presença também da Banda Municipal coordenada pelo maestro Gerson Ramos, no período da tarde. Em seguida, às sete horas da noite, missa na Igreja Nossa Senhora do Rosário rezada pelo padre Mario Donato Sampaio. Em seguida, jantar de gala no Vila Rosa Ristorante, o “Cássio”, na Quintino Bocaiuva, com som ao vivo composto de músicas da época (final de década de cinquenta), reunindo em torno de sessenta pessoas, formandos, familiares e amigos. Uma noite para ser bem lembrada. Afinal foram sessenta anos: Presenças de (os nomes como estavam no convite da época): Benedicto Moreira, Ivan Barsanti Silveira, José Francisco Rudge Bastos, José Rosa Rolim de Moura, Ana de Lourdes Ribeiro, Arminda Ramos, Áurea Arruda Moura, Celita Côrrea, Dina Straub, Dorothéa de Camargo, Jacy Gomes, Léia Rage Zaher, Maria Cecília Ribas, Maria Lúcia Tórcia Soares, Maria Salete Placo, Marianice Silveira Straub, Marilene Lara Cardoso, Regina Maura Lima, Terezinha Matarazzo, Vilma Monteiro Carneiro, Amauri Elias Xavier, Lauriana Marta Ribeiro.

Encontro com a imprensa
Como vem ocorrendo há seis anos, a Unimed de Itapetininga, agora denominada de “Unimed Sul Paulista” por atender regiões vizinhas daqui, promoveu na penúltima segunda-feira, dois, no restaurante Magnólia, na Fortunato Mazzei, Vila Rosa, uma reunião com a “mídia” escrita, televisada, ouvida, daqui sob a coordenação do jornalista Fábio Miranda, assessor de imprensa da Unimed local. O evento contou com a participação de Marcos de Almeida Cunha, médico ginecologista e obstreta, presidente da Unimed daqui e Claúdio Barsanti Wey, médico dermatologista, diretor tesoureiro da citada entidade, anfitriões do evento, co-anfitrionados pelas esposas respectivamente Thayná Cunha e Marina Rodrigues Wey, também a médica Giselle Dominguez, diretora superintendente da entidade. Na palestra, o diretor-presidente Marcos Cunha mostrou “slides” sobre os avanços da Unimed no corrente de 2019 e o que se pretende no ano que vem. Marcos comentou também sobre os patrocínios culturais que a unidade médica mantém procurando sempre privilegiar as crianças. Entre os presentes no jantar da entidade proporcionado pelo Magnólia (deliciosos risotos de carne e camarão): os decanos da imprensa itapetiningana Alberto Isaac e Carlos José de Oliveira, que receberam cada um deles, troféu (da Unimed), Fuad Abrão Isaac, Silas Ghering Cardoso, Hélio Rubens de Arruda Miranda, “Tuty” Abrão, Jacqueline Audrey Carvalho Venâncio, Ana Elisa Broes Meirelles de Arruda Miranda, Carla Flávia Monteiro e Laura Oliveira (ambas do “Correio de Itapetininga”), Lucio Mota (executivo de negócios – TV TEM daqui). Muita descontração e um dos bons momentos da imprensa de Itapetininga. Que venham outros.

Espaço
Filhos dos saudosos Iolanda (Seabra) e Luriano Matelli, ela, professora e ele, técnico agrícola, o moço José Alexandre Matelli (quarenta e sete anos de idade), itapetiningano, professor livre docente em Mecânica na Faculdade de Engenharia Estadual de Guaratinguetá, da Universidade do Estado de São Paulo, a UNESP realizou uma palestra na penúltima quarta-feira, quatro, no “Bamberg Bier”, na Quintino Bocaiuva, em frente ao “Express” do largo do Rosário. A fala de Alexandre Matelli foi, principalmente sobre seus estudos durante um ano e meio, por aí, na NASA, agência espacial, e como você sabe, localizada em Palo Alto, Vale do Silício, Califórnia, Estados Unidos. O itapetiningano José Alexandre trabalhou no projeto “Dar suporte a vida em Marte”. Alexandre fez seu pós-doutorado lá entre 2017 e 2018. O doutorado foi feito na Universidade Federal da Santa Catarina. Segundo ele, o próprio mostrou-se interessado em estudar lá e em 2015 mandou um e-mail para a NASA e depois de um tempo foi aceito. A agência citada pretende enviar em 2030, tripulantes para Marte (quatro anos para ir e quatro anos para voltar). A coordenação ficou por conta de Cassiano Terra Rodrigues, professor do ITA em São José dos Campos, interior paulista e a apresentação foi de Fabiana Zillocki, do Instituto Federal daqui. Um bom momento para a Ciência em Itapetininga. Também as presenças das irmãs do palestrante: Silvana Matelli e Luciana Matelli. Para este pessoal a Terra não é plana.

Itália minha
Segmentos da comunidade italiana desta cidade, com a coordenação de Milton Cardoso (do Núcleo de Artes Cênicas do Sesi) promoveram na penúltima quinta-feira, vinte e oito (novembro) no teatro do Sesi, em Vila Rio Branco uma noite especial com a presença de Donatella Di Vírgilio, cordinatore servizi consolari do Consolato Generale d’Italia a San Paulo (Brasil). Donatella discorreu (de maneira breve) sobre o cinema italiano, principalmente no pós-guerra mundial (a Segunda) quando o cinema neo-realista (histórias sobre o cotidiano real) enfrentou os filmes de fantasia de Hollywood, United States. Foi exibido o filme (italiano) “Come um Gatto in Tangenziale” um musical dramático sobre máfias italianas. Entre os presentes: Angelina (Pereira Cardoso) – Roberto Soares Hungria, Claúdia Regina Fernades Dandreta, Maria Nívea Guareni Machado, Maria Cecília (Fontes) – Theotônio Affonso Pereira Junior, Máximo Ferrari, Ana Elisa (Blois Meirelles) – Hélio Rubens de Arruda Miranda, Walquíria – Jorge Paunovic e Lucas Lui, analista de atividades culturais do Sesi. Para continuar o clima, muitos ao final da sessão, dirigiram-se aos restaurantes da cidade para uma bela pizza.

Birthdays
Mudam de idade os seguintes itapetininganos: amanhã, sábado, quatorze, Roberto Guimarães, funcionário público estadual; domingo, quinze, Pedro Marques Neto, ex-gerente do Banco do Estado de São Paulo, o Banespa, daqui; terça-feira, dezessete, Carla Flávia Pires Monteiro, editora deste “Correio de Itapetininga”; quinta-feira, dezenove, Maria Lúcia Fernandes Haidar, médica pediatra e ex-presidente da Câmara de vereadores de Itapetininga e na mesma data Flávio Augusto Vasconcellos Ferrari Filho, engenheiro, Sabesp daqui.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga