Agenda – Ivan Barsanti – 20/02/2020

Coluna – Eterno Verão
Em agosto do ano passado, o casal itapetiningano Solange (Sydow Kirilov) – Eduardo Braga, ele, bancário (Itaú) em Bonaire, Caribe, América Central, na excursão promovida pela (itapetiningana) Adati Turismo.

Ofensa
Segmentos do funcionalismo público federal daqui de Itapetininga consideraram abominável o termo utilizado pelo ministro da Economia Paulo Guedes, em evento organizado pela Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro, na penúltima sexta-feira, oito. O termo foi “parasita” utilizado para designar a maioria dos servidores públicos, principalmente os federais. Nada ver com o filme sul-coreano vencedor de quatro importantíssimos prêmios do Oscar 2020 (melhor roteiro original, melhor filme estrangeiro, melhor direção e melhor filme) de mesmo nome. E tudo a ver com a comparação que Guedes fez com os servidores. Além disso, o citado ministro jogou o funcionalismo contra o povo como se esta categoria fosse a causa de todos os males do Brasil. Para o ministro do Governo Jair Bolsonaro, a categoria criticada por ele possui uma série de privilégios que outros não tem. Só que para as entidades do setor, tais regalias foram conquistadas através de muito “suor e lágrimas” como: muito estudo, muito trabalho, honestidade nos compromissos, concursos púbicos difíceis e outros requisitos. Segundo parte da “mídia” brasileira: – “Para variar, Paulo Guedes desmentiu o fato, dizendo que a frase foi retirada do contexto, perdendo o seu significado”. Mas segmentos do funcionalismo federal itapetiningano não aceitam isto.

O Oscar vai para…
Segundo determinadas redes sociais, se o grande prêmio do “movie” americano fosse brasileiro iria para a atriz “global” Glória Pires, a itapetiningana Lola da novela das seis e meia da tarde “Éramos seis” pela sua atuação na novela (como um todo) e principalmente nos capítulos dos últimos dias sete e oito, respectivamente sexta e sábado, nas cenas da morte do filho (querido) Carlos (ator Danilo Mesquita) no hospital, ferido que foi na última passeata pró-Constituição Brasileira, no dia 23/05/1932 (que antecedeu o Nove de Julho). A itapetiningana Lola ou Glória Pires emocionou milhões de telespectadores na despedida do filho no leito de morte. Glória deu o tom exato no que seria o sofrimento de uma mãe. Interpretação “enxuta”, emocional, sem cair “no dramalhão”, levando muitos a assistir tais capítulos novamente no Globo Play, muitas vezes. Para algumas redes sociais, Glória Pires (a itapetiningana Lola) já é a melhor atriz de novelas de 2020.

A escolhida
Atendendo ao convite da Academia Real Sueca sediada em Estocolmo, Suécia, no sentido de indicação de um literato para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2020, a Academia Itapetiningana de Letras, recentemente, reuniu-se e escolheu a escritora paulistana (contista e romancista) Ligia Fagundes Telles para tal missão. O escolhido teria que estar vivo e possuir uma significativa obra que propusesse valores humanitários universais. E, para a maioria dos representantes da Academia Itapetiningana, Ligia Fagundes Telles mostra isso em seus escritos (como no romance “As Meninas”). A acadêmica Maria Cecília Fontes foi quem relatou a decisão dos itapetininganos para a Academia Sueca. E segundo o acadêmico Hélio Rubens de Arruda e Miranda, foram poucas as academias de letras paulistas que receberam, tal convite, pelo menos desta região sudoeste.

Bola
Professor de Matemática da rede estadual de ensino daqui e também professor de Informática o itapetiningano (e agitado) Guy de Oliveira, corinthiano de todas as horas, comentando, no dia seguinte (penúltima quinta-feira, vinte) da derrota do Corinthians Paulista na Taça Pré-Libertadores da América (o time alvinegro venceu o Guarani do Paraguai por dois a um, na Arena, zona leste de São Paulo, mas não conseguiu a vaga): – “A não classificação do time de futebol corinthiano, irá causar (durante todo 2020) enormes prejuízos na economia do clube. Calculem quanto o Corinthias irá perder. Milhões e milhões de reais. Cifras econômicas que não serão ganhas. E que dariam para pelo menos, pagar parte do Estádio. O atacante alvinegro Pedrinho foi querer fazer um gol “de bicicleta”, atingiu um jogador adversário, foi expulso e deu no que deu…jogar com dez é bem mais difícil.”

Night
Filha da itapetiningana Teresa Aboarrage (professora de Geografia de cursos pré-universitários paulistanos) a “designer-grafic” Carolina Aboarrage Tatit que reside em Amsterdam, Holanda, atualmente em férias no Brasil, foi, no penúltimo sábado, oito, juntamente com a mãe Teresa e a tia Neusa Aboarrage Melges de Andrade (professora de Filosofia) conferir a noite itapetiningana no lotado restaurante “Árabe”, no Center Park, na Marginal do Chá, de propriedade de seu primo Fuad Abrão Isaac. Carolina passa o carnaval numa ilha próxima a Salvador, Bahia. Entre tantos, no “Árabe” neste sábado, oito, Giselda Tomitão de Mello Almada com seus filhos a advogada Gisele de Mello Almada (que comemorava seu aniversário) Gisleine de Mello Almarada psicóloga e Clineu de Mello Almada Junior, médico geriatra no Hospital Israelita “Albert Einsten”, em São Paulo, com a esposa Angela. Também William Arruda, professor de Matemática, presente.

Vida nova
Atualmente em licença prêmio na rede estadual de ensino, a professora de Biologia Denise Cerqueira Lopes (da estadual “Sebastião Villaça” em Vila Rio Branco) pretende ligar tal licença com a aposentadoria já pedida. Daí, sim, Denise pretende viajar mais com a mãe Ligia e familiares. Apesar de conhecer boa parte da Europa, Oriente Médio e alguns lugares dos Estados Unidos, Denise, agora quer ir em outros locais deste planeta. Quer sim.

Birthdays
Mudam de idade os seguintes cidadãos itapetininganos: amanhã, sábado, vinte e dois José Otávio Vasques Ayres; médico de doenças de ouvido, nariz e garganta, no mesmo dia, Maria Aparecida da Silva Ozi; também na mesma data, Paulo Roberto Mendes de Lara e na próxima quinta-feira, Vera Lúcia Maria Simão.

Trovoada
Será que alguma banda ou conjunto musical, como por exemplo, a Banda Municipal “Maestro Edil Lisboa”, no Festival do Boteco, no Largo dos Amores (animará as seis noites carnavalescas), irá executar a clássica marchinha carnavalesca “Tomara que chova” (três dias sem parar…) de João de Barro gravada por Emilinha Borba (Rádio Nacional do Rio de Janeiro) para o carnaval brasileiro de 1949? Com a palavra da Banda, o itapetiningano (e também saxofonista) Gerson Ramos.

Depois do carnaval
A regente Katia Baroni, Lucas Sacco e Coral contarão músicas sacras durante a encenação de “Paixão de Cristo”, direção de Paulo Carriel na próxima Semana Santa, em espaço itapetiningano ainda não definido.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga