Algumas notícias do Planalto

Em Brasília, mesmo no inverno, o ambiente é sempre quente. Muitas vezes ferve. Foi o que aconteceu na semana passada quando o “hacker” ou programador, Walter Delgatti Neto, assegurou que a campanha eleitoral do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) planejou forjar a invasão de uma eletrônica para demonstrar que a fragilidade da mesma (ou mesmas) como resultado para apontar o eleito em 2022. Como resultado satisfatório, ele, “hacker”, receberia uma vultuosa quantia econômica por parte de assessores da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP).
Mais que isso, o “hacker” Delgatti afirmou que recebeu R$ 40 mil reais para invadir qualquer sistema do Poder Judiciário. E mais que isso, ainda Walter Delgatti Neto (sempre ao lado do seu advogado Ariovaldo Moreira) falou para toda a mídia presente no seu depoimento, que antes da eleição presidencial foi recebido por Jair Messias Bolsonaro, em dez de agosto do ano passado no próprio Palácio do Alvorada para melhor explicar sobre seus planos.
Em sua fala para a mídia, Walter Delgatti o fez com tanta convicção que desnorteou até alguns deputados da agora oposição (bolsonaristas). Delgatti discorreu na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre os atos impatrióticos do último 8 de janeiro, e teve um sério entrave com o senador Sérgio Moro. O advogado de Carla Zambelli, deputada federal (PT-SP), declarou que Delgatti “usa e abusa de fantasias” em suas palavras.
A fogueira cresceu e se espalhou quando no mesmo dia da exposição do “hacker” Delgatti, o advogado Cezar Roberto Bitencourt, do tenente coronel Mauro Cid, declarou no dia à revista “Veja”, que seu cliente iria contar tudo sobre as joias recebidas pelo atual ex-presidente e primeira dama na Arábia Saudita, que ele Mauro Cid foi obrigado a negociar as joias nos Estados Unidos (Miami, Florida, mais precisamente) a mando do seu ex-mandatório. Para quem não se lembro, o tenente coronel do Exército Brasileiro foi designado ajudante de ordem do ex-presidente da república. Mauro está preso, desde maio, no Batalhão do Exército, em Brasília.
Mas, no dia seguinte, entrevistado por Andréia Sadi e Natuza Nery no “Estúdio I”, voltou um pouco atrás e disse que foi mal interpretado nas entrevistas anteriores. Não se tratava de jóias, mas só de um relógio de pulso Rolex. Em outras palavras, o advogado de Mauro Cid disse (em outra versão), que ele tinha uma certa autonomia e poderia vender o Rolex para quem quisesse. Será que o advogado Cezar Roberto Bitencourt veio para confundir e não para explicar?
Na sexta-feira, última dezoito, a fogueira se estendeu de vez no Distrito Federal quando a cúpula (toda ela) de Brasília foi presa pela Polícia Federal sob a acusação de total omissão nos ataques golpistas de 8/01. Cinco militares, todos comprometidos com o governo perdedor e que tiveram seus nomes e rostos em todas as mídias. A cúpula militar (guardiã dos palácios, inclusive) foi totalmente omissa e inflava as Forças Armadas à tomada do Poder. Deverão permanecer presos, pelo menos até o julgamento, pois constituem um perigo à democracia, segundo a mídia. Algo é certo, o oito de janeiro deste ano ainda não acabou. Os golpes de 1964 e 1968 também não.

 

Se fato é foto…

O Itapetiningano Raoni Carneiro (diretor geral de eventos especiais da Rede Globo) com sua esposa Fernanda Rodrigues (atriz atuando na nova novela da 19h da Globo, Fuzuê). Foto – Reprodução/Arquivo Pessoal

Últimas

O Espaço Cultural Travessa 81 recebe Cris Bloes e banda dia 8/6

O Espaço Cultural Travessa 81 recebe Cris Bloes e banda dia 8/6

Formado por Cris Bloes (piano), Celso Veagnoli  (saxofone),  Sérgio Frigerio (baixo) e Rodrigo Marinonio  (bateria), o quarteto Cris Bloes  e Banda reúne  músicos com  carreiras individuais consolidadas. Todos  são professores...

Correio Político 1003

Correio Político 1003

Pai da Criança Já começou o “vale tudo” na política de Itapetininga. Osmar Thibes, pré-candidato a prefeito pelo PSDB, começou mal a sua campanha. Declarou a um portal de notícias...

Justiça proíbe eventos com maus tratos aos animais

Justiça proíbe eventos com maus tratos aos animais

Uma Ação Civil Pública feita pela advogada Maria Leticia Benassi Filpi na 2ª Vara Cível do Foro de Itapetininga, foi julgada parcialmente procedente pelo Juiz Aparecido César Machado No ano...

Recusas ao bafômetro crescem em Itapetininga

Recusas ao bafômetro crescem em Itapetininga

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) realizou quatro operações de Direção Segura Integrada no município de Itapetininga entre 2022 e 2024. Durante essas ações, foram abordados 2.367...

Professores criticam o Programa Escola Cívico-Militar

Professores criticam o Programa Escola Cívico-Militar

Em uma sessão marcada pelo confronto de estudantes com policiais militares, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou o projeto enviado pelo governador Tarcísio de Freitas sobre o Programa...

Prefeitura entrega 164 lotes do Programa Lote Social

Prefeitura entrega 164 lotes do Programa Lote Social

A data 17 de maio consolida, definitivamente, o maior programa de habitação popular já realizado pela Prefeitura de Itapetininga com a entrega oficial dos 164 terrenos do Programa Lote Social,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.