Aperte o Play! No Final Rebobine…

Neste artigo encerro a trilogia sobre produtos nostálgicos, artigos do entretenimento que já não se produzem mais ou que estão prestes a acabarem. Virarão peças, ou já viraram peças de museu.

Na primeira da série nostálgica falei sobre os discos de vinil, na 2ª escrevi sobre as revistas e jornais de circulação nacional que aos poucos estão extinguindo.

Nesta vou falar sobre o vídeo cassete e suas fitas, chamadas de VHS (abreviatura da língua inglesa “ Vídeo Home System”) o que é aqui no Brasil mais ou menos traduzindo seria “ Sistema de Vídeo em Casa”.

Surgido no início dos anos 80 o vídeo cassete veio para revolucionar o comportamento de todos principalmente para os cinéfilos inveterados. A partir daí poderia assistir filmes em casa, a qualquer hora do dia, alugando as fitas nas vídeos locadoras, que se espalharam por todo país. Além de alugar os filmes, podia-se gravar programas, novelas, shows, futebol entre outros das emissoras de tv, para assisti-los e arquiva-los.

Mas a sua popularidade e adesão em massa, foi somente no final dos 80. Com preço ainda muitos “salgados” muitos iam até o Paraguai para comprar o famoso Panasonic G9, com preço bem mais acessível. Parece piada mas não é! Até consórcios existia na época para adquiri-lo. No Brasil eram fabricados as marcas Sharp, CCE e Toshiba.

Ter o tal do vídeo cassete era artigo de luxo, e quem tinha esnobava até no bom sentido, ou não! Kkk As pessoas se reuniam nas salas para dar o play na fita e claro rebobinar quando acabasse o filme, senão pagava multa.

Ir a locadora, principalmente ás sextas feiras, pois finalmente chegava o fim de semana, era um passeio, que por sinal era muito prazeroso, era uma delícia.

Tivemos locadoras excelentes aqui na cidade. A primeira que eu me lembro foi a “ Itapevideo” que tinha várias salas com um grande “arsenal” de filmes ficava na Silva Jardim em frente onde é hoje a boutique “Novita”, depois surgiu a locadora Avenida em frente à praça do Cofesa, do saudoso Clarindo Lamourier, que durante muitos anos foi chefe do Corpo de Bombeiros Voluntários aqui de Itapetininga e um amante da arte de se fazer vídeo, foi responsável por inúmeros registros através da sua Câmera VHS , que poucos tinham, na mesma época surgiu também a Star Vídeo do Carlos Sonoda, na Rua Expedicionários, próximo ao Ginásio Mário Carlos Martins e que durante muitos anos por lá permaneceu.

Com o tempo surgiram inúmeras locadoras por diversos cantos da cidade, e como tudo com o tempo se acaba, elas foram se acabando. Hoje temos apenas 2 locadoras que alugam DVD’s na cidade, onde teve mais de dez. A Locadora Quintino na rua Quintino Bocaiuva e a Agapito Locadora, do Fabrício Agapito, outro amante da sétima arte e que há mais de 20 anos tem a sua excelente locadora. Dois proprietários guerreiros que “ tiro o meu chapéu” pois muitos ainda não sabem baixar filmes na internet ou não possuem os Netflix da Vida.

Na época achavam que elas iriam “exterminar” com os cinemas e eles iriam se acabar. Pelo contrario, só aumentaram e cada vez mais com tecnologias moderníssimas e salas cada vez mais confortáveis e aconchegantes.

Nada como ver um filme na “telona” com um bom som e uma boa companhia, e claro uma daquelas pipocas que cheiram “ a filme”.
Os tempos são outros, as tecnologias se inovam muito rapidamente, mas o cinema sempre será a mesma obra de sempre, como dizem a 7º Arte, que para muito pode se dizer que é a Primeiríssima Arte!
Até a próxima.

Últimas

Cidade registra 66 furtos de veículos no ano

Cidade registra 66 furtos de veículos no ano

Os itapetininganos têm convivido com uma realidade preocupante, o aumento dos casos de furto de veículos e as ocorrências de roubo de veículos. Dados estatísticos da Secretaria de Segurança Pública...

Comércio começa atender com horário estendido

Comércio começa atender com horário estendido

Se preparando para a melhor data para o comércio do ano, as lojas de Itapetininga começaram a atender em horário especial a partir desta semana. De segunda-feira a sexta-feira, as...

Junta Militar de Itapetininga realiza o EXAR

Junta Militar de Itapetininga realiza o EXAR

O Exercício de Apresentação da Reserva (EXAR) é realizado anualmente no período de 09 a 16 de dezembro, e tem como principais finalidades: praticar o mecanismo de convocação, atualizar dados,...

Mutirão retira 147 toneladas de resíduos

Mutirão retira 147 toneladas de resíduos

A Prefeitura de Itapetininga realizou mais um “Mutirão contra a Dengue” que retirou 147 toneladas de resíduos nas vilas Arruda e Paulo Ayres, neste final de semana. Junto com as...

Cidade recebe Campanha Natal Literário

Cidade recebe Campanha Natal Literário

A Biblioteca Municipal “Dr. Júlio Prestes de Albuquerque” lançou mais uma campanha para que os usuários com livros em atraso possam resolver suas pendências.É a Campanha Natal Literário que acontece...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga