As olímpiadas nesta nossa Athenas

Itapetininga num passado não tanto distante, promovia com entusiasmo desabrido da população a tão decantadas olimpíadas estudantis.

Essas olimpíadas, provenientes da Grécia realizavam-se de quatro a quatro anos em muitas dezenas de países.

Nessas arrebatadoras competições destacaram-se atletas como o brasileiro João do Pulo, Oscar, Zatopek, Carlos Leng, Marcelo, Negrão, Giovani, Fabio e outros.

Pois essas competições tornaram-se novidades e suas realizações eram apreciadas em toda a esfera mundial, principalmente para os países participantes. Numa dessas competições grandiosas estiveram presentes os saudosos itapetininganos, os professores de educação física Jonas Alves de Araújo e Basile, no México.

A atmosfera olímpica havia se espalhado em todo o Brasil, e promoviam jogos esportivos com grande interesse das populações, despertando também interesse dos jovens de toda a classe social.

Foi então que a partir dos anos 1940 que Itapetininga, através de suas escolas, com entusiasmo arrebatador promovia as olimpíadas estudantis nessa terra denominada Athenas do Sul.

Os responsáveis por essa iniciativa foram os então diretores do grêmio estudantil Fernando Prestes. Dirigido na época então pelos estudantes Tercis de Melo Almada, Carlos Ribas, Leonardo Milani, Nelson Guanieri e outros.  E, o certame era realizado anualmente. Participavam então do evento o ginásio, a escola de comercio, a Peixoto Gomide com os cursos complementares, magistério, o clássico, e escola agrícola. As arquibancadas, sempre com a presença de entusiasmados torcedores, presenciavam então as escutas de futebol, de campo e salão, pedestrianismo, atletismo em todas as modalidades, inclusive natação além da prova intelectual.

Todos os jogos eram realizados no campo Quinto Batalhão de Caçadores (BC), hoje DR e também na Associação Atlética. O grêmio funcionou primeiramente na rua Monsenhor Soares, depois no salão anexo ao antigo Cine São José, na Venâncio Ayres e posteriormente na rua Campos Salles, hoje Biblioteca Municipal promovia solenidades e festas, contando também com uma biblioteca. Teve suas portas encerradas definitivamente, durante o golpe militar em 1964. A denominação de Athenas do Sul para Itapetininga foi colocada pelo professor Francisco Fabiano Alves em razão do grande número de escolas.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga