Até Quando!!!???

Olá queridos leitores, eu ia escrever no artigo desta semana algo relacionado ao dia dos namorados, ou uma dica de filme, livro, música ou séries nos serviços de streaming. Mas particularmente não estava no clima e nem inspirado para fazer uma coluna sobre o mundo do entretenimento num momento tão triste e caótico que estamos vivendo com os números de mortes pela COVID -19, chegando ao assustador numero de 500 mil mortos, até o momento em que digito, já são 477 mil vidas que se foram. Para se ter uma ideia na guerra do Vietnã no final dos anos 60 morreram 58.000 soldados norte-americanos (registrados oficialmente), no ataque de terroristas as torres gêmeas, o World Trade Center em 2001, que foi um impacto para o mundo todo, morreu 3000 pessoas. Fazendo uma comparação é como se 10 guerras do Vietnãs existissem no Brasil, e mais de 100 ataques terroristas derrubassem 2 torres da Avenida Paulista. Mas são números, e números não assustam mais, são apenas números.

Aqui em Itapetinnga até o momento que escrevo (quarta-feira 9/06) são 455 mortes registradas oficialmente, equivalente a 10 acidentes de ônibus. Tudo muito triste, desolador. Perdi muitos conhecidos nesta pandemia, pessoas queridas como o professor Gledson Proença, a professora Maria de Lourdes Santos (mãe da jornalista Ana Laura que trabalhou aqui no Correio de Itapetininga e do Luizinho, professor e apresentador do Garagem na Tvi), o professor José Antônio Soares irmão da querida psicóloga Regina Soares, o advogado Robertinho Marques, o Carlos Goreia irmão do meu amigo de infância Luciano mais conhecido por “Luciano Tintas”, o João José Vieira de Moraes, que chamávamos de Joãozinho, entre outros… Nossa! Foram tantos! Que ainda poderiam estar aqui com a gente na labuta do dia a dia.

E claro, fico imensamente feliz a todos que se recuperam, que conseguiram sobreviver a esta terrível doença. Aqui em Itapetininga foram até o momento 11.112 pessoas recuperada, graças a Deus e logicamente aos bravos lutadores e abnegados de todo sistema de saúde ao SUS, UNIMED entre outros.

Fui pego de surpresa quando abri o meu Facebook na noite fria desta última terça-feira 8/06 e fiquei sabendo da triste notícia de mais um querido que se foi, Oswaldo Benthien, o conhecido Mano. Mais uma vítima do Coronavírus. Mano era uma pessoa especial, sempre com um sorriso aberto e franco, gente finíssima, um apaixonado pelo futebol, São Paulino fanático, tinha vários projetos sociais relacionados ao esporte aqui de Itapê, foi um dos responsáveis por não deixar as atividades do DERAC Esporte Clube não morrerem com os veteranos e com a escolinha de futebol. O Mano junto com o Fabricio, ainda adolescentes foram os primeiros repórteres cinematográficos aqui na nossa cidade, na SP SUL TV nos idos de 1991.

O que mais me revolta é que éramos para estarmos praticamente todos vacinados como se encontra dos EUA. Se não fosse por ele, claro! Jair Messias Bolsonaro, nosso presidente. A gestão de Bolsonaro inicialmente recusou em 2020 ofertas de vacinas da Pfizer, do Instituto Butantan e do consórcio Covax Facility. Segundo o executivo, Carlos Murilo, que era presidente da Pfizer no Brasil em 2020, a primeira oferta de 70 milhões de doses, em 14 agosto, tinha prazo para resposta de 15 dias. O governo ignorou o prazo e a oferta expirou. A segunda e terceira ofertas de 70 milhões de doses foram feitas em 18 e 26 de agosto, e também não foram aceitas pelo governo, Carlos Murillo confirmou que todas as ofertas tinham cronograma de início da entrega em 2020. A terceira oferta, em 26 de agosto, previa a entrega de 1,5 milhão de doses ainda em dezembro do ano passado e mais 3 milhões no primeiro trimestre de 2021 — o resto seria entregue ao longo do ano.

Estamos a mercê de um governo completamente negacionista, despreocupado com a imensa quantidade de mortos, pois para eles são números. E o que mais me impressiona é com a quantidade absurda de seguidores e apoiadores que ele ainda tem. Pessoas esclarecidas incluindo médicos, advogados, empresários, juristas e muitos outros. É de um surrealismo absurdo, que nem Gabriel Garcia Marquês (prêmio Nobel em 1982 de literatura por 100 Anos de Solidão) com toda sua genialidade conseguiria descrever,
Aí que eu e muitos se perguntam: “Até Quando!!!”

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga