Aula de Brasil

Quem assistiu pela TV Globo neste último carnaval o desfile das escolas de samba do Grupo Especial tanto no Rio de Janeiro, como de São Paulo, pode notar que a grande maioria dos enredos refletiam sobre o Brasil e especificamente as raízes dele, tendo o Nordeste como ponto central e a África como influenciadora dos costumes, cultura e modo de vida desta nação brasileira.

Quase todas, de ambas as cidades, saudaram ou referenciaram a Mamãe África de um jeito ou de outro. Inclusive os sambas-enredos que colocaram muitos termos africanos em suas letras. Notamos que a maioria dos carnavalescos (as pessoas que elaboram os enredos) possuem entre 35 a 45 anos, geralmente formados em faculdades e que devem possuir um certo número de auxiliares para contar uma história. E vão fundo nelas. Devem haver muitas e muitas pesquisas sobre os temas. Não é fácil dividir 2,500 a 3,500 foliões em alas, e cada uma delas deve contar um trecho do enredo.

Fantasias diferenciadas, carros alegóricos enormes, harmonia (uma parte importantíssima do desfile). E tudo mais. Quando você estiver lendo esta coluna, as escolas de samba já estão preparando-se para os festejos para 2024. É trabalho para um ano inteiro. E tem que estar tudo para a passarela do Sambódromo carioca e paulistano.

Já existem professores de História do Brasil ou Geral que ilustram suas aulas com passagens de uma escola de samba quando os temas e os estudos se complementam. Genial. Bem diferente de 50 anos atrás, por exemplo, quando as únicas ilustrações que haviam eram os livros de Joaquim Silva e outros autores menos conhecidos. Lembro que minha professora de História, dona Gina, deu graças a Deus quando um cinema daqui anunciou o filme “Quo Vadis”, uma luxuosa produção da norte-americana empresa Metro Goldwyn Mayer (aquela em que um leão anuncia o filme). Ela estava entrando num capítulo sobre “Roma Antiga” e o filme (de fundo cristão) aborda este tempo. Mas isso era uma vez ou outra (não havia transmissão de televisão nesta época).

Interessante é que neste ano, as duas escolas de samba vencedoras, em São Paulo e Rio, abordaram quase o mesmo tema – “Lampião, o rei do Cangaço” e alguns trechos da música eram baião e xaxado. E aí surge a seca, a pobreza, a fome, a cultura do Nordeste. E logicamente, a música de Luiz Gonzaga é réu. A paulistana Mocidade Alegre e a carioca Imperatriz Leopoldinense contaram, logicamente, em ritmo de carnaval, o porque que as tropas federais queriam matá-lo no início do século 21. E conseguiram, calando assim o denunciante de injustiças sociais.

 

Se fato é foto

O casal itapetiningano Fabiana Mori e Leonas Duarte Mello Júnior, curtiram o Desfile das Escolas de Samba de São Paulo (Sambódromo do Anhembi) no camarote da Brahma. Não perderam um lance e sambaram muito! Foto – Arquivo Pessoal

 

Últimas

Semana registra 44 novos casos de Covid-19

HLOB tem queda nas cirurgias eletivas em 2024

O Hospital Doutor Léo Orsi Bernardes (HLOB) registrou uma queda no número de cirurgias eletivas realizadas em 2024, comparado ao ano anterior. Segundo a assessoria de imprensa do HLOB, no...

Vendas do Dia das Mães aquece comércio

Vendas do Dia das Mães aquece comércio

Neste domingo, dia 12 de maio, é celebrado o Dia das Mães, em vários países e é uma ocasião para homenagear as mães e outros cuidadores que desempenham um papel...

Correio Político 1001

Correio Político 1001

Novo Presidente do Clube Venâncio Numa eleição muito disputada, com a presença de 625 sócios votando, Décio Araújo venceu por 19 votos Mário Genaro, atual presidente e candidato a reeleição....

Jardim Bela Vista recebe mutirão contra dengue neste final de semana

Cidade registra 272 casos de Dengue em uma semana

Itapetininga enfrenta um aumento de casos de Dengue, registrando 272 novas infecções em apenas uma semana. No total, já foram confirmados 2.688 casos na cidade, além de dois casos de...

Saúde Mental é tema de debate na Câmara Municipal

Saúde Mental é tema de debate na Câmara Municipal

Nesta segunda-feira (06/05) esteve na Tribuna Livre da Câmara Municipal de Itapetininga a psicóloga Cássia Matarazzo, especialista em Recursos Humanos, pesquisadora sobre saúde mental e suicidologia. A psicóloga levantou a...

Itapetininga abre inscrições para Cursos de Costura

Itapetininga abre inscrições para Cursos de Costura

Qualificação é o caminho mais rápido para obter trabalho e melhor rendimento mensal. Assim, o Fundo Social de Solidariedade de Itapetininga está com inscrições abertas até o dia 10 de...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.