Baita diagramador

Diagramador é figura essencial em toda casa publicadora, não pode faltar, de jeito nenhum… Às vezes, eu me sinto desenxavido porque preciso de uma cópia do meu texto e sei que o valente está azafamado com a tessitura do jornal, mas, o amigo dá um jeitinho, tecla daqui, tecla dali e, pronto: eu saio saltitante da sala com uma cópia de minha coluna da semana…
Valorosos diagramadores sentaram praça nesse jornal e deixaram uma lembrança… Um deles, tagarela que só vendo, aparecia lá de longe e quando chovia, era obrigado a vir de botinas para se proteger dos sapos que tinham moradia no seu bairro. Mas que botinas mais vistosas, tinha aquele diagramador! Eram tão brilhantes, mas tão brilhantes, que fosforesciam na Sala de Diagramação! Há quem diga que o moço gostava tanto do pisante, que dormia com elas ao lado do travesseiro! Se é verdade não sei, mas o jornal inteiro comentava…
Nos últimos tempos, o Correio de Itapetininga navega de vento em popa graças à presença de um baita diagramador! E o moço é baita mesmo, não apenas de competência funcional, mas de simpatia, capricho, compleição corpórea e… rapidez!
Para entrar no jornal, o heroi é obrigado a virar-se de lado, de tão grandalhão, espadaúdo e sacudido é o tal! Lembra Pantagruel! Mas, que artista é o valente- ô meu compadre!
Além de competente, caprichoso e pontual, o moço é de uma rapidez extrema! Dia desses, eu caí da cama às quatro horas, entrei na internet e o meu texto já estava lá, compartilhado no facebook! O jornal já estava pronto de há muito e agora só faltava o pessoal da distribuição fazer a sua parte.
Esse diagramador parece um corisco! É tão veloz, mas tão veloz que já tem gente chamando o destemido de Flash, outros o chamam de relâmpago, de trem-bala, meteoro… Eu prefiro chamá-lo de relâmpago, diabo-da-tasmânia, homem elétrico, Cisco Kid…
Do jeito que a coisa vai, daqui a pouco, o Correio passará a barreira do espaço-tempo e Itapetininga terá notícias do ano 3.001! Dá até pra imaginar as manchetes: “Cidadãos de Marte vêm visitar Vila Santana” ou “Empresários de Andrômeda estudam envidraçar a Rua Campos Salles” ou ainda “dançarinas da Constelação de Sirius almoçam no restaurante Parati…”!
Segura esse diagramador, minha gente!

Últimas

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Nesta quarta-feira, dia 16, durante patrulhamento da Operação Itapê + Segura, equipes da Guarda Civil Municipal de Itapetininga prenderam um suspeito nas proximidades de uma escola municipal na Vila Mazzei....

Mangá: ícone pop da cultura japonesa

Mangá: ícone pop da cultura japonesa

Por: Milton Cardoso Havia um enorme abismo cultural entre os imigrantes europeus e japoneses, mas a educação dos filhos era um ponto comum entre eles. Uma das prioridades era a...

Céu das Artes abre inscrições para cursos e oficinas

Céu das Artes abre inscrições para cursos e oficinas

O Centro de Artes e Esportes Unificados em Itapetininga, mais conhecido como Céu das Artes, abriu desde segunda-feira, dia 14, inscrições para diversos cursos e oficinas, todos de graça, voltados...

A chegada dos imigrantes japoneses em Itapetininga

A chegada dos imigrantes japoneses em Itapetininga

Milton Cardoso Especial para o Correio Há exatos 113 anos no porto de Santos desembarcaram do navio Kasato Maru 781 imigrantes japoneses, todos agricultores. Na bagagem traziam muitos sonhos: o...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga