Batismo não Salva

Karla estava freqüentando a Igreja Presbiteriana. Estava muito contente, porque o Pastor lia um texto bíblico e explicava palavra por palavra, citando o grego e o hebraico, dando mais vivacidade ao texto. Quando ela estava na igreja, viajava pela Palestina, Nordeste da África, Grécia, Mesopotâmia e até a Itália. Via, com os olhos espirituais, as regiões, onde Jesus havia realizado os seus prodígios. No domingo passado, o pregador lera no evangelho de Marcos, onde se encontra, no texto, o versículo: “Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.” Apresentou um sermão sobre a Ressurreição de Cristo, deixando de comentar o versículo, pois o tema era outro.
Ela, chegando a casa, ficou pensando e indagando para si mesma: Quem não é batizado não será salvo?
Procurou, no dia seguinte, o Ministro do Evangelho e este respondeu da seguinte forma:
“Batismo é o sacramento no qual o lavar com água em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo significa e sela a nossa união com Cristo, a participação das bênçãos do pacto da graça. Mat. 28:19; João 3:5. Gal. 3:27. Depois disse a quem o batismo deve e não deve ser administrado: “Não deve ser administrado àqueles que estão fora da igreja visível, enquanto não professarem sua fé em Cristo e obediência a ele; mas os filhos daqueles que são membros da igreja visível devem ser batizados. Citou Atos 18:8, Gên. 7,14 Atos 2:38, I Cor 7:14. Versículos que foram lidos e explicados.
Quando Jesus disse que aquele que não cresse e fosse batizado seria salvo, apenas quis dizer que a demonstração da fé seria por meio do batismo. Quem salva é Cristo e foi por isso que já na segunda oração diz: “Mas quem não crer será condenado.” Os apóstolos foram comissionados a pregar, portanto deveriam arrolar como membros da igreja, apenas aqueles que cressem e demonstrassem a sua fé pelo batismo. O batismo apenas substituiu a circuncisão, uma vez que Cristo colocou no mesmo pé de igualdade o homem e a mulher como eram no jardim do Éden,
Só Jesus pode salvar o mais vil dos pecadores. É por isso que os presbiterianos cantam no dia do batismo; “Confirma, ó Salvador,/ a decisão feliz/ de quem, por teu amor,/ deixar o mundo quis,/ E agora vem se batizar,/ Submisso e humilde ao teu mandar/.
Karla entendeu, pois disse, no final: – Ah, agora entendi.
Os presbiterianos batizam por aspersão, uma vez que no grego, tanto faz “com” ou “em”. O texto pode ser traduzido com água ou na água. Depende do lugar e da circunstância. Qual é o mais cômodo?

Últimas

CORREIO POLÍTICO 997

CORREIO POLÍTICO 997

Exército Após o final do prazo para a filiação de possíveis candidatos, continua a corrida atrás de partidos políticos. Um número maior de partidos traz mais candidatos a vereador e...

Itapetininga tem quase 300 casos de dengue confirmados

Cidade registra 450 casos de Dengue em uma semana

Itapetininga registrou 450 novos casos de Dengue em uma semana. Ao todo, a cidade confirmou neste ano 1.531 casos positivos da doença. Um único caso de Chikungunya foi identificado em...

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Em Itapetininga, nos primeiros quatro meses do ano, houve um aumento de 30% nos registros de queimadas em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.