BELEZA HUMANA

Pode parecer preconceituosa, mas não é irreal a idéia de que pessoas ricas tendem a parecer mais bonitas.
A beleza natural, decorrente de traços originais, é sempre mantida, mas sofre os percalços do tempo, da má conservação e até da falta de ornamentos artificiais. A beleza é parâmetro subjetivo, critério que, embora pessoal, possui tipos mais popularizados.
Pessoas ricas, quando insatisfeitas com a embalagem natural, podem apelar para procedimentos os mais diversos, corrigindo o nariz, levantando seios, salientando bundas e postergando rugas. A natureza, contudo, tem a sapiência de preservar aos descendentes as características artificialmente modificadas.
A busca da beleza, quando extremada e quase doentia, gera distorções que escravizam e tornam até ridículas as repetidas plásticas e enchimentos. São infelizes as pessoas insatisfeitas com os traços e tendências originais.
A maioria das pessoas tenta postergar os sinais da idade, e dizem as más línguas que as mulheres raramente são vistas em filas de idosos, pois elas costumam chegar aos 90 sem passar pelos 60. Homens são especialistas no tingimento, a princípio disfarçado, de cabelos.
A calvície, para as mulheres um verdadeiro e arrazoado martírio, não costuma ser aceito pacificamente, pelos homens. Fazem verdadeiras acrobacias para fazer um fiozinho da nuca percorrer toda a cabeça, aparentando um numeroso grupo.
Mesmo com pai, avôs e bisavôs carecas, o adolescente nutre as esperanças de que genética acabe abolida, em sua vez. A visão dos fios que aderiram ao travesseiro é trágica aos inconformados.
Refletindo as distorções humanas, pessoas ricas costumam ter mais opções, quando da escolha de parceiras ou parceiros, e podem sucumbir à busca de protótipos de beleza. Soa lógico que os descendentes terão mitigadas as chamadas feiuras hereditárias.
Há sinais externos de beleza que constituem verdadeiros estelionatos, e ensina, a sabedoria popular, que convém conhecer a família inteira da pretendida, antes de uma decisão. Para alguns, uma cópia da declaração de renda e bens dos ascendentes facilita a aceitação. Malandros e golpistas enxergam, em herdeiras feias, a solução definitiva para um futuro mais confortável.
Mulheres lindas e esculturais costumam ter maior sucesso na busca por empregos, e não raro são alvos de cortesias e facilidades por onde passam. Decorre daí que mulheres feias são, em geral e até por necessidade, mais informadas, competentes e simpáticas.
A maioria dos casamentos desfeitos envolve pessoas credenciadas pelo parâmetro da beleza externa. O dia a dia dos casais torna as características visuais pouco e até nada relevantes. Machistas adoram desfilar com mulheres maravilhosas e carrões, pouco notando que rumam a um futuro de eterna vigilância.
Há pessoas, a maioria, que acabam lindas pela simples convivência, e outras que, lindas, demonstram-se horríveis, no trato pessoal. Na verdade, a beleza pouco importa.
Em conturbados tempos, como o atual, escrever a respeito da realidade humana é estressante. Resta, aos articulistas, temas pouco dominados, como a beleza humana. Desculpem!

Últimas

Correio Político 1002

Correio Político 1002

Tabata Amaral Um importante projeto para criar um protótipo de uma cadeira de rodas movida apenas pelos movimentos da cabeça, está sendo desenvolvido no Campus de Itapetininga do Instituto Federal...

Rita de Cássia Moraes Leonel

Itapetininga perde Alceu Nanini

Esta semana faleceu o empresário Alceu Nanini. Católico fervoroso, teve uma vida exemplar dedicada a ajudar o próximo. Pessoa muito querida na cidade, Alceu foi vice-prefeito e vereador. Uma grande...

Rita de Cássia Moraes Leonel

O Pint of Science Itapetininga foi um sucesso

A avaliação de Cassiano Terra Rodrigues , organizador do evento , é que o Pint of Science Itapetininga 2024 foi um sucesso, com  participação intensa , diversificada e altamente gratificante....

Rita de Cássia Moraes Leonel

O impacto das chuvas do RS no agronegócio brasileiro

Por Maria Clara Ferrari - graduada em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista em 1980, Latu Sensu em Gestão Agroindustrial pela Universidade Federal de Lavras. Experiência...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.