Breve relato de um homem bom

Existiu a revolução dos Tenentes Paulistas; Hitler passou o ano na cadeia; os times cariocas deixam a liga de Futebol do estado (Fluminense, Flamengo, América, Botafogo, Bangú, Helênico e São Cristóvão); “Rhapsody in Blue” estreia em Nova Yorque; Lenin morre em Moscou; é publicado o “Manifesto de Manaus”, de Oswald de Andrade, nasce Lauren Bacall e Marcelo Mastroiani
Tudo isso e muito mais aconteceu no distante 1924, época que também veio ao mundo, ou mais precisamente em Itapetininga, Tercis de Mello Almada, o quinto dos dez irmãos, filho do casal Fraterno de Mello Almada e Dona Francisca. Por sinal, seu nome originou-se das sílabas Ter (de Fraterno) e cis (de Francisca). Procedente de família de tradição religiosa presbiteriana, onde ele é praticante assíduo, como testemunha Francisco Alves Vei.
Embora diplomado, com distinção, em Direito, na Universidade de São Paulo, decidiu auxiliar seu pai no Cartório de Registro de Imóveis e Protestos desta cidade, onde aposentou-se em 1999, após quatro décadas de trabalho. Trabalho que era executado com competência, discrição e honestidade, primando no serviço que realizava, tudo dentro de seu perfil, calmo, humilde e “pronto a dissipar possíveis dúvidas que viessem a pairar sobre os assuntos correlatos”.
Leitor constante, não só de jornais, como de livros de categorizados autores, praticou o atletismo durante quarenta e cinco anos no estádio do Casi, integrando o Grupo “Águias de Itapê”, tendo como companheiros, entre outros, os saudosos João Elias de Almeida e Jacob Bazarian e, também, Carlos “da Menk Plens” , além de nosso amigo, José Pires Germano. Esse grupo, quase diariamente, às 6 horas da manhã, fazia suas caminhadas.
Sempre bem humorado, costuma levar a vida com tranquilidade, proporcionando viagens à família, onde desponta a esposa Sra. Leda Pinerolli , as duas filhas diletas, Thelma e Thaís, os genros Décio Lobo e Léo Orsi Bernandes ,os netos Cristiano, Marina, Beatriz, Daniel e Leozito e três bisnetos, Yan , Kin e Valentina. Uma de suas grandes alegrias foi ter participado da formatura de seus cinco netos, inclusive dois dos mais novos, que se formaram nos Estados Unidos. Um homem , mercê de suas qualidades e bondade pura, chegou nesta terça-feira, 18 de novembro, aos 90 anos de existência , com a mesma serenidade , muita saúde e delicadeza.

Últimas

Peça “Os malandros” estreia nesta segunda-feira

Espetáculos teatrais retornam com sucesso

Nesse final de semana, dois grupos teatrais da cidade estarão em cartaz. No Jardim Marabá, o auditório Municipal apresenta “Os Malandros”, produzido pela cia Tapanaraca Mutatis Mutandis. O musical será...

Professores dão dicas para segundo dia de provas

Professores dão dicas para segundo dia de provas

No próximo domingo (28), os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 farão as provas de matemática e ciências da natureza. Para se sair bem, professores entrevistados recomendam...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga