Costume Presbiteriano

Antigamente era costume, no mundo presbiteriano, passar o ano velho para o novo de joelhos, em oração. Depois, com o barulho dos fogos, embora passassem na igreja, todos unidos recebiam o novo ano cantando hinos de louvores a Deus. Hoje, com a modernidade, há um culto às vinte horas do dia trinta e um de dezembro e, depois, há uma ceia, onde a fartura é notória. Tudo passa, tudo muda e tudo se transforma.
Cumpri com a meta que eu propus no início do ano. Fiz o regime da lua minguante e emagreci alguns quilos. Alguns amigos e irmãos disseram que eu fiquei mais jovem. Alguns disseram que eu parecia um jovem de 37 anos. Eu acreditei e acredito no que me disseram, pois “é mais fácil um boi voar, do que um irmão mentir”, como disse o Doutor Angélico.
Eu me olho no espelho e vejo o meu rosto, pois tenho, ainda, bons olhos e me sinto rejuvenescido. Como é bom ter bons olhos. Jesus disse: “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas.” (Mat. 6:22)
É verdade que Jesus usou o órgão ver no sentido espiritual. O juízo prático corresponde, na alma, ao olho. É através do juízo que o homem percebe as coisas em suas verdadeiras relações, bem como as diferenças quanto ao seu valor.
As coisas materiais são passageiras, mas as espirituais são eternas. A nossa alma vale muito mais do que o nosso corpo, que é passageiro. A beleza é fugaz, porém a da alma é eterna. Foi por isso que Jesus exortou: “Ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam, porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará, também, o vosso coração.” ( Mateus 6: 20)
Aquele que ama e serve a Deus, fazendo bem ao próximo, será feliz neste mundo e mais feliz, ainda, no mundo eterno. São João afirma que “aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” I João 4:8) Diz ainda o apóstolo: “E nós conhecemos e cremos no amor que Deus nos tem dado. Deus é amor; e quem esta em amor, está em Deus e Deus nele”.
Alguém já disse e é verdade que “aquele que tem bom juízo mandará, antecipadamente, para o país onde vai morar os seus tesouros para que no final de sua viagem terrestre possa gozá-los por toda a eternidade”.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga