Depois e agora

Depois que Jesus nasceu naquela estrebaria de Belém, foi visitado por pastores que guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. Disseram aqueles homens rudes o que os anjos afirmaram a respeito do menino. Maria e José admiraram-se de todas as coisas referidas por aqueles homens. Maria, no entanto, guardava todas estas palavras, meditando-as no coração.
Posteriormente, quase dois anos depois, os magos visitaram, em Belém, numa casa, Maria, José e o menino Jesus. Adoraram o recém-nascido e ofertaram-lhe ouro, incenso e mirra. Reconheceram os seus misteres de rei, sacerdote e profeta.
Depois, quando o menino Jesus já tinha quase doze anos, os pais perderam-no nas dependências do templo de Jerusalém. Encontraram-no, três dias depois, no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os. Os conhecedores da lei mosaica admiravam-se do seu conhecimento e de sua inteligência. Ele voltou com os seus pais para Nazaré, porém Maria guardava todas estas coisas no seu coração.
Depois, já na fase adulta, Jesus realizou muitos milagres e prodígios. Deu vista para cegos de nascença, ressuscitou mortos, multiplicou pães e peixes, acalmou o mar da Galileia, andou por cima das águas e demonstrou o seu poder de onisciência. Manifestou-se como o Redentor, o Deus encarnado, mas foram poucos os que o aceitaram.
Depois, por inveja, os homens prenderam-no e crucificaram-no, ladeado por dois ladrões. Um deles, reconhecendo a divindade de Cristo, cheio de remorso e arrependido, clamou a Jesus, nestes termos: “Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. ” Jesus, o Redentor e perdoador, pois só ele pode perdoar, ouviu a sua oração e disse: “Hoje tu estarás comigo no paraíso. ” Os dois encontraram-se em espírito no céu.
Depois de três dias, o Messias ressuscitou e apareceu para várias pessoas, no primeiro dia da semana. Paulo, o apóstolo, afirma que Jesus alimentou-se com os seus discípulos, embora já tivesse com um corpo glorioso e mais de quinhentas pessoas viram-no e tornaram-se testemunhas de sua ressurreição.
Posteriormente, quando estava com os seus discípulos, no monte das Oliveiras, subiu ao céu. Diz o médico Lucas que Jesus foi elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos.
Agora, no entanto, os cristãos aguardam a sua volta. Foi ele quem disse: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu não teria dito; pois vou preparar-vos lugar. E quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver, estejais vós também. ”
Diante do passado, procure trazer à memória o que dá esperança. Jesus partiu e já está voltando. Todos os problemas meteorológicos e físicos provam tal fato.

Últimas

Cidade registra nova morte por Covid após dois meses

Semana registra 810 novos casos de Covid

A confirmação de novos casos de COVID-19 segue alta em Itapetininga. Em um semana, foram registrados 810 novos casos da doença. O número de morte por coronavírus na cidade chegou...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga