Dia da Bíblia

Thomas Cranmer foi um dos líderes da Reforma Inglesa e Arcebispo da Cantuária durante os reinados de Henrique VIII, Eduardo VI e brevemente de Maria I. A História afirma que quando Eduardo VI assumiu o trono, conseguiu Cranmer promover na Igreja da Inglaterra grandes reformas. Foi ele o autor dos dois primeiros volumes do livro de Oração Comum. Estabeleceu, assim, a estrutura básica da liturgia Anglicana por séculos e influenciou a língua inglesa como fez Camões quanto à língua portuguesa. Foi um dos primeiros mártires anglicanos; queimado em 1556 a mando da rainha Maria I, em nome da Igreja Estatal. Foi coisa do passado, embora os Protestantes tenham perdoado, mas não se esquecem, uma vez que faz parte da História.
Foi Thomas Cranmer quem criou em 1549, no segundo domingo de dezembro, o Dia da Bíblia, na Grã-Bretanha. O Dia da Bíblia é um dia especial e foi criado para que a população inglesa intercedesse a favor da leitura da Palavra de Deus.
Cranmer, a respeito da Bíblia, afirmou: “As escrituras devem estar com frequência em nossas mãos, diante dos nossos olhos, em nossos ouvidos, nas nossas bocas, mas sobretudo nos nossos corações. ” Asseverou, tomando como base as palavras de Jesus, que “A ignorância da Palavra de Deus é a causa de todos os erros” Disse ainda: “Como as pessoas evitarão o erro, se continuam sendo ignorantes? E como sairão da ignorância, se não leem ou ouvem aquilo que pode guia-las ao conhecimento? ”
Deixo, agora, Thomas Cranmeer, e cito alguns ditos de homens famosos que amaram a Bíblia. Rui Barbosa, o monossílabo da República, disse: “Se eu coloco abaixo de todos os livros, ela é a que mantém todos eles, se eu a coloco no meio dos outros, livros, ela é o coração desses livros e se eu a coloco em cima dos outros livros, ela é a cabeça e autoridade de todos os livros em minha biblioteca. ”
D. Pedro II, imperador do Brasil, disse: “ Leio-a todos os dias e, quanto mais leio, mais a amo. Há alguns que não gostam da Bíblia. Não entendo essas pessoas, não as compreendo. Quanto a mim, amo a sua simplicidade e suas repetições e reiterações da verdade. Como disse, eu leio a Bíblia todos os dias e gosto dela cada vez mais. ”
O salmista afirmou: “Tocha resplandecente é a tua palavra e luz para os meus caminhos. “
Muito mais se diria da Palavra de Deus, caso o cansaço da vista não desse sono.

Últimas

Cidade registra nova morte por Covid após dois meses

Semana registra 810 novos casos de Covid

A confirmação de novos casos de COVID-19 segue alta em Itapetininga. Em um semana, foram registrados 810 novos casos da doença. O número de morte por coronavírus na cidade chegou...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga