Dilma sem boia

Sábado, vendo as manchetes dos jornais pela internet, uma notícia me chama a atenção: “Governo Temer corta comida no Alvorada”! Gente do céu, que maldade! Onde já se viu cortar a boia de uma veneranda senhora que ainda é presidente da República? Isso não se faz!
Quer dizer que nhá Dilma ficou sem o cafezinho feito na hora, sem manteiga, sem aquele queijo que ela gosta tanto, sem o leite pasteurizado? Ora, minha gente, isso é muita maldade, crime hediondo, malvadeza pura, só pode ser!
E no almoço? Como Dilminha resolveu o seu problema? Será que pediu ajuda para algum vizinho? Telefonou pra algum petista pedindo socorro? Mandou um sinal de fumaça pro Lula?
E se vovó Dilma resolve fazer um quentão, convidar suas amiguinhas de Brasília pra uma festança junina e aí, na hora H descobre que sua casa não tem açúcar!A notícia irá parar nos jornais e nosso governo passará a ser chamado de carrasco de velhinhas!
Nossa, gente! Dilminha tem mais de sessenta… Manter uma velhinha à míngua é crime contra a humanidade e o Brasil poderá cair na boca do mundo como o primeiro país do Planeta a manter uma presidente presa a pão e água, aliás, a água e água! Talvez o caso vá parar no Tribunal de Haia! Que coisa feia!
Por sorte, parece que a desgraceira durou pouco tempo e o temeroso Temer voltou atrás! A verba para a dispensa da senhora Dilma já está disponibilizada, mas, que papelão, idoso merece respeito, não é mesmo?
Manter uma velhinha à míngua? É muita malvadeza!

Últimas

CORREIO POLÍTICO 997

CORREIO POLÍTICO 997

Exército Após o final do prazo para a filiação de possíveis candidatos, continua a corrida atrás de partidos políticos. Um número maior de partidos traz mais candidatos a vereador e...

Itapetininga tem quase 300 casos de dengue confirmados

Cidade registra 450 casos de Dengue em uma semana

Itapetininga registrou 450 novos casos de Dengue em uma semana. Ao todo, a cidade confirmou neste ano 1.531 casos positivos da doença. Um único caso de Chikungunya foi identificado em...

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Em Itapetininga, nos primeiros quatro meses do ano, houve um aumento de 30% nos registros de queimadas em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.