E a Copa está aí

Em junho de 2003, a Confederação Sul Americana de Futebol anunciou que Argentina, Brasil e Colômbia se candidataram à sede do evento da Copa. Não me lembro de nenhuma manifestação de rua com cartazes de protestos, vitrinas quebradas, gás lacrimogêneo… Houve um silêncio sepulcral no país do faz-de-conta!
Em 2006, as confederações votaram por unanimidade, pela adoção do Brasil como único candidato ao evento esportivo. Outra vez, silêncio… Já no ano de 2007, essa figura asquerosa, o Blatter, disse que o país não tinha nenhum estádio em condições de sediar essa “coisa”… Mas, em outubro de 2007, a FIFA ratifica o Brasil como o país-sede da Copa do Mundo em 2014.
Também não me recordo de nenhuma manifestação em praça pública em 2007, a não ser a ladainha habitual de comentaristas esportivos, que vivem disso: falar de futebol… Será que os torcedores tupiniquins estavam todos roncando em “berço esplêndido”?
Os anos foram se passando, se passando… Lula se escafedeu de mala e cuia e deixou o pepino azedo para a Dilma e, ela tem que cumprir acordos internacionais firmados no governo anterior… E todo mundo sabe disso… Até quem não lê nenhum jornal, já sabe… E os estádios foram sendo construídos; um aqui, um ali, outro acolá, até onde Judas perdeu as botas, ergueram um! E ninguém pensou em parar o país para protestar contra a construção dos baitas…
Mas, agora que o circo está armado, a plateia resolve fazer gracinha e estragar a festa? Agora é tarde- minha gente- muito tarde! Agora, o negócio é fazer pose de moço bom, encher a arquibancada segurando bandeirinhas, aplaudir um bando de marmanjos de calção e aplaudir, aplaudir até fazer calo nas mãos e gritar gol até explodir as cordas vocais! Fazer o quê?
Alguém briga com a patroa e lava roupa suja em casa quando chega uma visita? Claro que não! Então, o jeito é torcer para que a Copa seja uma beleza e que vença o melhor. Porque senão, já pensaram o que os estrangeiros irão falar do país, lá fora: “Brasil: uma tribo que ainda vive na Idade da Pedra e tem medo de relâmpago, deixaram construir o circo e, agora, querem derrubar o picadeiro… Judiação!”
Mas, resta um consolo: a Copa do Mundo dura só um mês, depois, todo mundo poderá arregaçar as mangas, falar mal da mãe de quem quiser e partir pro pau, mas, na frente da visita, será muita baixaria, né?

Últimas

Começou esta semana a vacinação contra a gripe em idosos e profissionais da saúde

Sábado é dia de vacinação contra a Covid e Gripe

Com a grande adesão da população às repescagens da vacinação contra Covid-19 realizadas aos sábados no shopping de Itapetininga, a Secretaria de Saúde do município decidiu incluir no esquema de...

Vitrine – Realismo

Vitrine – Realismo

A coluna Vitrine desta semana apresenta algumas produções dos alunos do Art Studio & Atelier Henrik Ribeiro.Henrik Ribeiro trabalha há dois anos e meio como tatuador. Ele sempre pensou em...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga