Habemus juiz

Igual a muita gente, aplaudi a manchete do Correio na última edição: “Juiz suspende reajuste de 87% nos salários dos secretários municipais”! E ainda pensei: “bem feito!” Nada tenho pessoalmente contra nenhum dos ilustres assessores, mas a impressão que pairava no ar é que houve bondade em demasia e que alguém exagerou no chantilly do vistoso bolo salarial! Saltar de seis mil reais para onze parece muita generosidade, né, não? O pior é que quem realmente paga a conta é o povo que trabalha, sua a camisa e esfola a botina!
Quando a notícia do magnânimo aumento veio a público, cidade inteira ficou de queixo caído… Nossa! Foi a interjeição que mais se ouvia nas quebradas mal iluminadas da Voçoroca do Sul! Ouvi dizer por aí que nosso bravo alcaide selecionaria uma plêiade de filhos amantíssimos da terra, homens sábios, idealistas preocupados com o destino desta pujante urbe fundada pela Mula-madrinha… Alguns defenderam a tese de que para trabalhar com denodo, há que se ter guaiaca bem fornida e marmita recheada!
Mas… Alguns secretários nem sequer nasceram no “berço esplêndido” desta veneranda freguesia; portanto, a tese do amor a terra não procede. E os meses se passaram, se passaram… Após mais de um ano do gorduchoso reajuste, a cidade ainda não viu nenhuma obra de destaque. E o histórico prédio do Centro Cultural, ao que tudo indica, continua povoado de cupins e assombrações!
Há ônibus novos circulando, mas isso é resultado da gestão anterior. Asfaltamento no centro? Ótimo! Mas isso também é consequência do governo passado. Não que a administração pretérita mereça alguma medalha… O Hospital Regional continua sendo fonte de reclamação… Nas secretarias de Obras, Trânsito, Saúde, Cultura, nada de novo aconteceu… E o “Lixão” permanece chamariz de urubus… Ou seja, tudo continua a “lesma lerda” de sempre! E, por incrível que pareça, ainda não se tem notícia de nenhum projeto para a escultura de uma mula em tamanho natural, em homenagem à heroica desbravadora que inaugurou essa querência! Sorocaba já tem a sua… Salta à vista que, apesar do substancioso aditivo salarial, nada se acrescentou, pelo menos que seja notícia ou que alguém comente… E agora, aumentaram o cocho, mas a boiada continua magricela?
Portanto, os vigilantes edis que protocolaram a Ação Popular têm toda razão e o nobre magistrado que deferiu a Liminar cassando o reajuste, merece aplauso!
Sorte da cidade: Habemus juiz!

Últimas

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

Um ofício da OAB de Itapetininga enviado para autoridades indica provável operação irregular das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) alimentadas pelas represas no curso do rio Turvo em Pilar do Sul....

Cidade registra 300 casos de Covid na semana

Casos de Covid desaceleram, mas UTI segue 70% ocupada

Itapetininga está há duas semanas sem registrar mortes em decorrência da Covid-19. O registro de novos casos também desacelerou, em uma semana foram confirmados 69 novos casos, uma média aproximada...

Escola Peixoto Gomide comemora 127 anos

Projeto “Falar é Bom” realiza palestras para jovens

O Projeto “Falar é Bom”, ação da Prefeitura de Itapetininga coordenada pela Secretaria Municipal de Promoção Social, retoma suas atividades presenciais, seguindo todas as medidas sanitárias, com foco no “Setembro...

Logística é aliada essencial do e-commerce

Logística é aliada essencial do e-commerce

O e-commerce é um setor que vem crescendo no Brasil e no mundo, principalmente em razão da pandemia de Covid-19, que impossibilitou a compra de produtos de forma presencial. Para...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga