IPTU

Apocalíptico suspense flutua sobre a Voçoroca do Sul! Como uma nuvem cinzenta e pesada, uma pergunta paira no ar: “pra quanto irá o valor do IPTU”? A fofoca corre à solta e o povaréu dá asas à imaginação… Há quem já pensa em vender seu “cafofo” construído a duras penas, botar a grana na poupança e se escafeder lá pras bandas de Iguape… “Pelo que ouço por aí, não vou mais poder pagar minha marmita”, brada um aposentado preparando o inventário! “E a escolinha da minha neta?”, choraminga uma vovó contando moedinhas. A apreensão é tanta que, talvez, quando chegar dezembro, ninguém monte árvore de Natal e nem prepare o tão esperado peru… Os voçoroquenses terão que se contentar com um frango assado e sem recheio, comprado à prestação no boteco da esquina… Champanhe? Ché, isso é coisa de gente finória, a solução é contentar-se com uma Tubaína, um Ki-Suco e olha lá!
Presente de Papai-Noel? Isso é coisa superada! O suspense criado pela prefeitura acabou com o sonho natalino de muita gente… Há quem diga que a imagem de Noel, com aquela pança enorme e sacola na cacunda será substituída pela figura de um cangaceiro vesgo, botinudo e armado de facão! Credo em cruz!
Festa de fim de ano também é coisa do passado… O povo anda tão apreensivo com o malvado do IPTU que nem quer saber de brincadeira. O negócio agora é economizar… Rojão, panetone, taças cheias… Babau! O jeito agora é aguardar a chegada do cafifento carnê que vem lá da prefeitura. Não se sabe ainda de quanto será a “facada”, mas que ela vem, ah, se vem!
A coisa tá, feia- minha gente- mas, tão feia, que já tem voçoroquense tomando apenas meia xícara de café pela manhã, metade de uma fatia de pão e, manteiga, nem em sonhos! Até papel higiênico passou a ser racionado: para se fazer “aquilo”, usa-se jornal velho! E o grande culpado de tudo é o saltitante IPTU que vem aí!
Porém, o mais grave ainda está por acontecer: corre um boato na querência que ninguém mais poderá pagar a conta de luz, da água, do telefone, da Net, da funerária… Sequer o dízimo escapará! Toda grana deste povo sofredor irá cair direto no “cofrão” da prefeitura!
Do jeito que a coisa vai, arrumarei as minhas malas e… “Vou me embora pra Pasárgada. Lá sou amigo do rei!”

Últimas

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Operação detém suspeito com droga na Vila Mazzei

Nesta quarta-feira, dia 16, durante patrulhamento da Operação Itapê + Segura, equipes da Guarda Civil Municipal de Itapetininga prenderam um suspeito nas proximidades de uma escola municipal na Vila Mazzei....

Mangá: ícone pop da cultura japonesa

Mangá: ícone pop da cultura japonesa

Por: Milton Cardoso Havia um enorme abismo cultural entre os imigrantes europeus e japoneses, mas a educação dos filhos era um ponto comum entre eles. Uma das prioridades era a...

Céu das Artes abre inscrições para cursos e oficinas

Céu das Artes abre inscrições para cursos e oficinas

O Centro de Artes e Esportes Unificados em Itapetininga, mais conhecido como Céu das Artes, abriu desde segunda-feira, dia 14, inscrições para diversos cursos e oficinas, todos de graça, voltados...

A chegada dos imigrantes japoneses em Itapetininga

A chegada dos imigrantes japoneses em Itapetininga

Milton Cardoso Especial para o Correio Há exatos 113 anos no porto de Santos desembarcaram do navio Kasato Maru 781 imigrantes japoneses, todos agricultores. Na bagagem traziam muitos sonhos: o...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga