Não Chorem por Mim

Caminhava Jesus para o Gólgota. Passara duas noites sem dormir e agora se dirigia para o lugar preparado para o suplício. Era dia. O sol brilhava. A multidão seguia-o e algumas mulheres do povo lamentavam o ocorrido e choravam.
Jesus fora preterido. Soltaram Barrabás e exigiam a pena de morte para Cristo. As mulheres não entendiam tão grande ingratidão. Passara o Mestre curando, ressuscitando, expulsando demônios, multiplicando pães, resolvendo problemas insolúveis e, agora, é condenado como se fosse homicida ou ladrão. Carregava Cristo nas costas o instrumento do seu suplicio. Cambaleia para lá e para cá, diante do peso do madeiro. Nota-se a natureza humana de Jesus. O cansaço das noites sem dormir, o longo interrogatório, as decisões da justiça e agora a cruz pesada, tudo somara, aumentando assim a sua fadiga. Jesus é Deus e homem.
As mulheres sofriam com Cristo e choravam. Não podiam salvá-lo, pois ele era o Salvador. Não podiam interceder por ele, pois ele é o único Mediador. Não podiam desfazer o seu cansaço, uma vez que só ele pode conceder o verdadeiro descanso.
Diante das impossibilidades, elas choram…
Jesus, que vê tudo, voltando-se para elas, disse-lhes:- “Filhas de Jerusalém, não choreis por mim, chorai por vós mesmas, e por vossos filhos.”
A advertência feita por Cristo repercutiu nas ruas e vielas da cidade santa: “Não choreis por mim…”
Não choreis por mim, porque sou o Filho Unigênito de Deus. Não choreis por mim, porque sou o Mestre supremo. Não choreis por mim, porque sou o Advogado dos advogados, o Pastor dos pastores, o Médico dos médicos. Chorai pelos vossos filhos que precisam de mim que sou o Filho Unigênito de Deus e me desprezam.
“Chorai pelos vossos filhos…” Chorai por eles, porque precisam de um Mestre e são conduzidos por mestres falsos. Chorai pelos vossos filhos, porque necessitam de um advogado, de um pastor e de um médico, contudo desprezam o Advogado, o Pastor e o Médico.
Não choreis por mim, porque sem mim nada podeis fazer. Chorai pelos vossos filhos que precisam de mim para ter a salvação eterna. Vim para salvá-los, no entanto tiram a minha vida, pensando que podem me matar. Sou eterno e dou-lhes a vida eterna. Mas não querem e vivem como se eu não existisse.
As mulheres de Jerusalém choraram por Cristo e Ele, consolando-as, mas advertindo-as, disse:- “Não chorem por mim, mas chorai por vós mesmas e pelos vossos filhos.” (São Lucas 23:28)

Últimas

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

OAB contesta baixa vazão de água em barragem

Um ofício da OAB de Itapetininga enviado para autoridades indica provável operação irregular das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) alimentadas pelas represas no curso do rio Turvo em Pilar do Sul....

Cidade registra 300 casos de Covid na semana

Casos de Covid desaceleram, mas UTI segue 70% ocupada

Itapetininga está há duas semanas sem registrar mortes em decorrência da Covid-19. O registro de novos casos também desacelerou, em uma semana foram confirmados 69 novos casos, uma média aproximada...

Escola Peixoto Gomide comemora 127 anos

Projeto “Falar é Bom” realiza palestras para jovens

O Projeto “Falar é Bom”, ação da Prefeitura de Itapetininga coordenada pela Secretaria Municipal de Promoção Social, retoma suas atividades presenciais, seguindo todas as medidas sanitárias, com foco no “Setembro...

Logística é aliada essencial do e-commerce

Logística é aliada essencial do e-commerce

O e-commerce é um setor que vem crescendo no Brasil e no mundo, principalmente em razão da pandemia de Covid-19, que impossibilitou a compra de produtos de forma presencial. Para...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga