Natal e Jesus

Mario Quintana, o poeta das coisas simples, disse: “O verdadeiro analfabeto é aquele que sabe ler, mas não lê. ” Há muitos cristãos, que são cristãos, mas adoram a mãe e não o Filho, que é seu filho primogênito e Unigênito do Deus-Pai. Explico: Maria, a mãe de Jesus, seu filho primogênito, quando recebeu na estrebaria a visita dos pastores, ficou, como serva do Deus Altíssimo, admirada com as palavras dos cuidadores de ovelhas. Lucas, o médico, afirma que os pastores, quando viram Jesus, divulgaram o que lhes tinha sido dito a respeito do menino pelos anjos. Maria e José se admiraram das coisas referidas pelos pastores. Diz, ainda, que Maria guardava todas estas palavras, meditando-as no coração.
São interessantes o escrito e a lenda que envolvem o nascimento de Jesus. A festa é de Jesus e para Jesus. Comemora-se o nascimento de Cristo, Redentor, todavia não se fala de Jesus, mas do papai Noel. Jesus, no natal, é a personagem secundária. Não se canta para ele, mas para as crianças. Jesus não é louvado, não é adorado e não é mencionado.
Na noite que Jesus nasceu foi visitado pelos pastores e só depois de dois anos mais ou menos foi visitado pelos magos. A Bíblia não diz que três eram os magos, porém afirma que três eram os presentes. A Bíblia diz que os magos viram o menino, personagem principal. Diz, também, que eles o procuraram em Jerusalém. Diz, ainda, que, quando saíram do palácio, viram novamente a estrela que tinham visto no Oriente e alegraram-se muito. De Jerusalém até Belém foram guiados pela estrela de Jesus, que, como bem afirma Vieira, foi um astro criado por Deus para pregar o nascimento de Jesus.
A Sagrada Escritura afirma que os magos ofertaram para Jesus ouro, incenso e mirra, reconhecendo os ofícios redentores de Cristo: Rei, Sacerdote e Profeta. Diz a Bíblia que os magos viram o menino e prostrando-se o adoraram. Não adoraram Maria, não adoraram José, porém o menino Jesus, que é o Redentor dos escolhidos de Deus.
Não diz a Escritura, também, que quando os pastores o visitaram havia, na estrebaria, ovelhas e bois, mas estavam ali, na gruta, apenas Maria, José e o menino deitado na manjedoura.
O nascimento de Cristo está, atualmente, envolvido em lendas, pois os cristãos, que se dizem cristãos, não leem as Escrituras.

Últimas

Cidade registra nova morte por Covid após dois meses

Semana registra 810 novos casos de Covid

A confirmação de novos casos de COVID-19 segue alta em Itapetininga. Em um semana, foram registrados 810 novos casos da doença. O número de morte por coronavírus na cidade chegou...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga