Noelzinho

Estimado Papai Noel, resolvi dirigir-me a sua ilustre pessoa por carta, porque corre um boato esquisito aqui, na cidade onde moro, sabe? O pessoal da freguesia anda dizendo que o senhor tá pobrim, pobrim… Que não manda as renas pro veterinário e nem alfafa compra mais… As coitadinhas das avoantes, a cada dia que passa, estão magrinhas que dá dó! De belas e gordalhudas, o que se vê agora, pelo céu do Polo Norte, são esqueletos ziguezagueando contra o vento!
As botinas de Noel? Credo em cruz! De há muito não veem um sapateiro! Tão mais furadas que peneira, desgastadas, esfoladas, solas soltas e um baita de um chulé!
E o pijama cor de pimentão? Judiaria! Tá mais remendado que camisa de espantalho…
Aquele sacolão enorme que o ilustre, nos bons tempos, levava na cacunda abarrotado de presentes, já era! As traças tomaram conta e as pulgas fazem ninho do que resta! Presentes mesmo? Nadica de nada!
A barba do bom Noel, o distinto lembra? Tem linguarudo no pedaço dizendo que o senhor não aparece no barbeiro porque não tem grana para pagar a conta e o dono da barbearia fiado não faz mais…
E o seu sorriso, ô Noel? Como sorrir, né mesmo? Seus dentes caíram todos… Não sobrou nenhum e você não tem dinheiro nem pra comprar “Corega” e firmar a dentição postiça! Se tentar um Oh Oh Oh!, a dentadura cai!
Ouvi dizer que seu aluguel tá atrasado, a conta da padaria tá enorme, a da água, da luz!Do IPTU, então? Há séculos o senhor não paga!Nem o carnê da internet e o da funerária, o bom velhinho paga mais! Se virar defunto, de repente, não sabe como vai ser…
Pra aumentar a desgraceira, o INSS resolveu suspender sua aposentadoria, porque o Departamento Jurídico do órgão descobriu que o senhor apenas trabalha no final de ano e coça o ano inteiro… E agora, Noel?
Tá velhinho, treme-treme, mais pobre que morador de rua, sem crédito, sem renas e, o pior, sem cartão de crédito para comprar presentes!
Mas… fica frio!Vou fazer um abaixo-assinado e pedir ajuda a todos os filhos de Deus, a quem um dia o senhor deu algum presente… Que ninguém peça nada, apenas se reúna com a família neste Natal.
Té mais, Noelzinho!

Últimas

Peça “Os malandros” estreia nesta segunda-feira

Espetáculos teatrais retornam com sucesso

Nesse final de semana, dois grupos teatrais da cidade estarão em cartaz. No Jardim Marabá, o auditório Municipal apresenta “Os Malandros”, produzido pela cia Tapanaraca Mutatis Mutandis. O musical será...

Professores dão dicas para segundo dia de provas

Professores dão dicas para segundo dia de provas

No próximo domingo (28), os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 farão as provas de matemática e ciências da natureza. Para se sair bem, professores entrevistados recomendam...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga