O retorno de Fausto

Confirmadíssimo!

Após 34 anos comandando aos domingos na Rede Globo o programa “Domingão do Faustão”, o apresentador Fausto Silva (71 anos) retornará a Band. Emissora onde despontou para o estrelato, para o sucesso com o inovador e antológico programa “Perdidos na Noite” (1986-1988) que foi ao ar na TV Bandeirantes (nome usado na época pela emissora antes de mudar para Band).

Fausto Corrêa Silva, o Faustão, iniciou a sua carreira aos quatorze anos de idade, como repórter da rádio Centenário de Araras, no interior de São Paulo. Logo depois, mudou-se para Campinas e trabalhou durante cinco anos na Rádio Cultura, e comandou o musical New Pop International. No ano de 1970, foi contratado pela Rádio Record, na capital paulista, para apresentar o jornal da noite, do qual era também redator, e se iniciou no mundo do esporte, passando a trabalhar como repórter de campo na Jovem Pan – Rádio Panamericana. Além do rádio, Faustão também se dedicou ao jornalismo, tendo sido contratado pelo jornal O Estado de S. Paulo, como repórter esportivo.

Não se sabe se Fausto teve o seu contrato encerrado na Globo ou ele resolveu mudar de emissora, retornar as suas origens em busca de novos “ares”. Mas segundo as colunas especializadas no mundo televisivo, o apresentador já se sentia cansado e desmotivado com o programa Domingão do Faustão, devido a estar na frente do dominical por quase 35 anos, Fausto Silva hoje é um apresentador milionário (segundo o site TV Foco do portal IG, o seu ganho mensal gira em torno de 5 milhões de reais e a sua fortuna é avaliada a 950 milhões de reais) com sua carreira mais que consolidada e se dá o “luxo” de querer dar um looping de 360º no seu portfólio.
O formatado do seu novo programa na Band que deve estrear no ano que vem ainda não está definindo, mas segundos os blogs e colunas de televisão, muitas empresas já estão na lista de espera para anunciar no Faustão (na pessoa Fausto) seja qual estilo de programa for devido a credibilidade e audiência que ele tem.

Muitos fãs e saudosistas como este colunista aqui que vos escreve, gostaria que Fausto, voltasse a fazer o “Perdidos na Noite”, mas é praticamente impossível, uma verdadeira utopia, não que o apresentador não deseje, mas os tempos são outros, o público é outro, as mídias são outras e não estamos mais nos anos 80.

José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o todo poderoso “Boni” que era o diretor geral da Globo na época com toda sua perspicácia nata percebeu o potencial que Fausto Silva tinha e o contratou (quem era para ser contrato era o Augusto Liberato, o falecido Gugu, mas Silvio Santos deu um lance muito maior e o apresentador continuou no SBT) para apresentar então o “Domingão do Faustão”.

E assim foi por 3 décadas de muito sucesso, mas também com disputas acirradas durante muitos anos com Gugu no” Domingo Legal”, mas na maior parte destes anos o “Domingão” foi líder de audiência na televisão brasileira.
Percebe-se no semblante de Fausto o seu “cansaço” a sua exaustão, a Globo tem um sistema milimétricamente calculado na sua programação, em seus programas, não há quase espaço para improvisos. Com isso a veia humorística, cômica e inovadora que Faustão tinha se desfez, coagulou, perdeu completamente a graça, Faustão virou um meme, uma caricatura de si mesmo, durante o programa o que é muito triste para qualquer artista, e encerrar a carreira de bem consigo mesmo com sua consciência e com motivação não há preço que se pague e nesta altura do campeonato Faustão está fazendo isso, ficar de bem consigo mesmo e se reencontrar.

Boa Sorte a Faustão na nova empreitada, sucesso e bom retorno a TV Bandeirantes, ou Band como preferirem.
Até a próxima…

Últimas

CORREIO POLÍTICO 997

CORREIO POLÍTICO 997

Exército Após o final do prazo para a filiação de possíveis candidatos, continua a corrida atrás de partidos políticos. Um número maior de partidos traz mais candidatos a vereador e...

Itapetininga tem quase 300 casos de dengue confirmados

Cidade registra 450 casos de Dengue em uma semana

Itapetininga registrou 450 novos casos de Dengue em uma semana. Ao todo, a cidade confirmou neste ano 1.531 casos positivos da doença. Um único caso de Chikungunya foi identificado em...

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Em Itapetininga, nos primeiros quatro meses do ano, houve um aumento de 30% nos registros de queimadas em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.