Obras filantrópicas

A Igreja reformada, como instituição nacional e católica, pois é universal, tem asilos, orfanatos, hospitais, porém a igreja local, às vezes, não tem condições materiais para realizar obras filantrópicas, todavia colabora, enviando o seu dízimo para o Supremo Concílio para tal objetivo. Demonstrar amor, concretamente, às vezes, não é fácil. A igreja não é uma instituição filantrópica e social. Tem o objetivo de pregar o evangelho e salvar o pecador da perdição eterna. Realiza a igreja local, na medida do possível, obras sociais de pequena monta, todavia não tem condições de fazer grandes obras, pois tem que manter o templo, obreiro e o zelador. As ofertas são poucas e muitos membros não são fiéis, embora sejam fiéis. Temos dó, porém não temos pena suficiente para auxiliar aqueles que precisam, pois falta vitamina B, isto é, Bíblia para fortalecer o corpo que produz a pena.
Os cristãos da esperança diziam e acreditavam que o coração era o centro da vontade humana de onde procedem os pensamentos e atitudes. O poeta sacro, no salmo cento e dezenove, disse: “ Guardo no coração as tuas palavras para não pecar contra ti. ” Na hora da tentação a Palavra de Deus vem ao nosso cérebro e deixamos de cometer um delito. A oração contribui para memorizar os ensinamentos divinos. Paulo, o apóstolo dos gentios, disse: “Não andeis ansiosos por coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas diante de Deus as vossas petições, pela oração e súplica com ações de graça. E a paz de Deus que excede todo entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. ” Há momentos e horas que não podemos ler a Bíblia, porém podemos recitá-la e orar. É bom guardar no coração a Palavra de Deus e, de um modo particular, aqueles textos que se referem à salvação, como: “ Não se turbe o vosso coração, credes em Deus, crede também em mim, ” palavras de Jesus. É bom guardar no coração aqueles textos que se referem ao poder que Deus nos dá em Cristo Jesus, por exemplo: “ Tudo posso naquele que me fortalece. ” Nós podemos fazer tudo com a ajuda de Cristo. Ele é onipotente e nos dá poder para realizar obras sociais. É bom guardar no coração aqueles textos que se referem à proteção divina. Entre eles há um que assim diz: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. ” Escudo é uma arma de proteção. Não há um projétil que possa perfurar esse escudo. Deus é a nossa segurança. Deus nos guarda. Deus nos protege e ampara.
Com a vitamina B, que se adquire lendo a Bíblia, temos condições de realizar obras filantrópicas e sociais. O salmista, certa ocasião, afirmou: “Dentro do meu coração está a tua lei. ” Vamos lembrar de que Tiago, irmão do Senhor, ordenou: “Seja constante o amor fraternal; não negligencieis a hospitalidade” e por aí vai… Teremos condições de realizar obras sociais cada vez mais, tomando a vitamina B.

Últimas

Correio Politico – Edição 1010

Experiência e Renovação A Federação Brasil Esperança (PV, PT e Pc do B) está com uma chapa forte de pré-candidatos a vereador. Unindo experiência e renovação, a chapa de pré-candidatos...

Câmara aprova projeto de substituição de sacos plásticos convencionais por ecológicos

Prefeitura e Câmara suspendem publicações em sites

Devido à lei eleitoral, a Prefeitura e a Câmara de Itapetininga suspenderam, temporariamente, a exibição de notícias no site e no semanário oficial que impliquem em publicidade institucional. A medida...

Confira as principais notícias de 2022

Jeferson Brun lança pré-candidatura

O atual prefeito de Itapetininga, Jeferson Brun, atualmente filiado ao Republicanos, lançou oficialmente sua pré-candidatura a prefeito de Itapetininga. Caso se confirme o apoio oficial, Brun terá a companhia de...

Novos nomes surgem para  vice-prefeito

Novos nomes surgem para vice-prefeito

Na edição passada, o Jornal Correio publicou seis nomes que estão na disputa para entrar de vice-prefeito em Itapetininga. Mais duas pessoas estão ainda no jogo como ex-secretário municipal de...

Clima desfavorável afeta produção de figo na cidade

Clima desfavorável afeta produção de figo na cidade

No município de Itapetininga, o clima desfavorável marcou a temporada de colheita de figos neste ano, conforme relata Daniel Nache, produtor local. “Este ano foi desafiador desde o início, com...

Rodovias registram 12 mortos em acidentes

Rodovias registram 12 mortos em acidentes

Durante o feriado prolongado de 9 de julho, as rodovias administradas pela CCR SPVias em Itapetininga e região registraram um saldo de 12 mortos e 51 feridos em 22 acidentes....

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.