Os amigos do alheio

Não falo do amigo, mas dos amigos do alheio. São muitos e muitos. A impressão que se tem é que todos são amigos do alheio, isto é, são ladrões. Ladrões de casa, de celulares, de carga, no peso, na quantidade de gasolina, nos bancos, que prometem prêmios e mais prêmios para os que poupam e nunca ganham nada, no troco, pois não devolve os centavos e ainda pedem tais moedinhas para ajudar sociedades filantrópicas e por aí vai…
O primeiro furto, aliás, foi o primeiro crime, foi no jardim do Éden, quando Deus disse: “De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás, porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. O homem furtou o pomo e comeu. O castigo foi duro, pois embora a palavra morte esteja no singular, inclui a morte espiritual, física e eterna. Repare, caro leitor, que é o crime mais comum até hoje.
Todos sabem que é crime furtar, mas furtam. Todos sabem que roubar é crime, porém roubam de Deus e do próximo. De Deus, dando ofertas imprestáveis e dos homens, cobrando preços exorbitantes de produtos falsificados. Repare nos móveis de madeira que são bonitos, todavia de madeira aglomerada; nos carros que parecem de material bom, no entanto são de plásticos. São objetos descartáveis e de pouca duração.
Os políticos eleitos pelo povo e para o povo só pensam nos seus salários exorbitantes e, além disso, com privilégios monetários fora da realidade, tirados de pessoas pobres que os elegeram. O povo é enganado e elegem até ditadores, como já aconteceu em outros países, que se passam de amigos da Pátria, porém possuem o dom da oratória e convencem as vítimas que morrem de inanição nos braços e nas suas mãos maldosas. Exemplo: América latina e outros países pelo mundo afora.
Todos sabem o que é certo e o que é errado, porém continuam fazendo o errado. Paulo, inspirado por Deus, conhecido como apóstolo dos gentios, escrevendo para os romanos, afirmou que todos “mostram a lei gravada no seu coração, testemunhando-lhes, também a consciência e os seus pensamentos mutuamente acusando-se ou defendendo-se; no dia em que Deus, por meio de Cristo Jesus, julgar os segredos dos homens, de conformidade com o meu Evangelho”. Todos sabem a lei e vivem fora da lei, até os juízes que julgam sem ouvir os envolvidos e aplicam penas injustamente. Quantos inocentes foram presos, pois pareciam com os verdadeiros criminosos. Quanta mentira se tornou verdadeira e quanta verdade se tornou mentira.
Sei que estou pregando no deserto, como fez João Batista, e sempre há uma Herodias que quer ver a minha cabeça no prato de ouro. Cumpro, no entanto, o meu dever de combater o furto e o roubo em todas as suas modalidades.
“Charitas mea cum omnibus vobis in Christo Iesu. Amen”.

Últimas

CORREIO POLÍTICO 997

CORREIO POLÍTICO 997

Exército Após o final do prazo para a filiação de possíveis candidatos, continua a corrida atrás de partidos políticos. Um número maior de partidos traz mais candidatos a vereador e...

Itapetininga tem quase 300 casos de dengue confirmados

Cidade registra 450 casos de Dengue em uma semana

Itapetininga registrou 450 novos casos de Dengue em uma semana. Ao todo, a cidade confirmou neste ano 1.531 casos positivos da doença. Um único caso de Chikungunya foi identificado em...

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Queimadas aumentam em mais de 30% em 2024

Em Itapetininga, nos primeiros quatro meses do ano, houve um aumento de 30% nos registros de queimadas em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.