Os Cretenses

Creta é uma ilha da Grécia, entre os mares Egeu e Mediterrâneo, tendo duzentos e quarenta quilômetros de extensão, onze a quarenta de largura. É montanhosa, mas os seus vales, no tempo do apóstolo Paulo, eram férteis, populosos e ricos. Era a ilha das Cem Cidades e sede de uma civilização antiga e poderosa. O seu monte mais alto, Ida, era famoso e, de acordo com uma lenda, foi nesse lugar que nasceu o legendário Zeus, deus grego. Creta é, também, a cidade de Minos, filho de Zeus e do fabuloso Minotauro. Seu povo era aparentado dos filisteus, inimigos do povo judeu. Eram navegantes afoitos, famosos arqueiros e de uma má reputação moral.
Paulo, que também era sociólogo, diz, citando um escritor da ilha: “Os cretenses são sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos” O povo precisava do Evangelho de Cristo, pois era corrupto.
Foi em Creta que São Paulo, o apóstolo, deixou Tito, o pastor, para dirigir a igreja cristã nascente.
Diz o apóstolo, conforme está registrado na sua carta: “Por esta razão te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei.”
Naquele tempo os pastores tinham autoridade sobre as ovelhas e estas não eram rebeldes, mas obedeciam. Por outro lado, os obreiros eram irrepreensíveis, não eram briguentos, soberbos, pedófilos, nem dados ao vinho, cobiçosos, mentirosos, gananciosos. Não havia adúlteros entre eles, mas eram hospitaleiros, amigos do bem, moderados, justos, santos e temperantes.
Os ministros pregavam com fidelidade a Palavra de Deus, portanto, não torciam, como se faz hoje, anunciando a Teologia da Prosperidade e dos Milagres fajutos. Pregavam a salvação em Cristo para aumentar o reino dos céus. Não tinham por objetivo aumentar o número de fieis, pregando os falsos milagres e a igreja era casa de oração e não um falso pronto socorro. A igreja era de Deus e não deles, portanto Paulo exortava a Tito a falar do que convinha a sã doutrina.
Como a igreja de Cristo seria diferente se os ministros obedecessem ao conselho de Paulo, dado a Tito, seu verdadeiro filho, segundo a fé comum!
Leia, caro leitor, a carta de Paulo a Tito e verifique se não tenho razão. Não se deixe enganar, pois Cristo veio para salvar o seu povo de seus pecados e dar-lhe a salvação eterna, uma vez que a alma vale muito mais do que o mundo inteiro.

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga