Os dias da nossa vida

O tempo passa e como passa! Faço minhas, com devido respeito, as palavras românticas do escritor Ricardo Azeredo: “O tempo não para. Só a saudade que faz as coisas pararem no tempo. ”
Lembro-me dos tempos de outrora, quando o amor era platônico, uma vez que a timidez não deixava extravasar o amor por quem na verdade amava. Faltava a intrepidez que só o tempo fazia com que ela brotasse como um vulcão. Ficou, no entanto, a saudade, uma vez que a lembrança ficou gravada no recôndito da alma.
Agora, no presente, lembrando dos tempos idos e não vividos, nas horas mortas da noite, quando a alma precisa meditar, preparando-se para a eternidade, surge, na mente, as palavras do salmista: “ Senhor, a ti clamo, dá-te pressa em me acudir; inclina os ouvidos à minha voz, quando te invoco. Suba a tua presença a minha oração, como incenso, e seja o erguer de minhas mãos como oferenda vespertina. Põe guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios. Não permitas que meu coração se incline para o mal. ” Ó Senhor, guia-me pelo caminho eterno e que as minhas lembranças não me façam transgredir a tua lei.
Vem, depois, o recitar dos salmos, pois na infância, a minha querida mãe, fez gravar, na massa cinzenta do meu cérebro, o Verbum Domini, isto é, a Palavra de Deus. Ela não queria que, o filho querido do seu coração, se afastasse do ministério sagrado, que ela dedicara. Todos os dias, com a paciência que o Eterno lhe presenteara, ensinava a lei divina e, com a Escritura, os cânticos de Davi.
Assim, “o Senhor era o meu Pastor, e “bem-aventurado era o homem que não andava segundo o conselho dos ímpios. ” Todas as noites, genuflexo, mas com os olhos no céu, dizia e respondia: “Elevo os meus olhos para os montes; de onde me virá o socorro? – O meu socorro vem do Senhor que fez os céus e a terra. ” Depois, com as mãos espalmadas e juntas, sempre olhando para o céu, orava com a minha mãe querida: “Pai nosso que estás no céu, santificado seja o teu nome. ” E por aí vai.
Minha mãe, logo em seguida, me colocava na cama, cobrindo-me e antes de sair do meu quarto, me beijava e eu dizia: Bênção, mãe. Ela respondia: Que Deus te abençoe, meu filho. Eu, lá do meu quarto, gritava: Bênção, pai. Ele dizia: Deus te abençoe, meu filho. Com aquele ósculo santo de minha mãe eu dormia e sonhava com os anjos lindos do céu.
“Como era belo esse tempo de tão doces ilusões, de tardes belas, amenas, de noites sempre serenas e de estrelas vivas e puras, ” como diria Casemiro de Abreu.

Últimas

O Espaço Cultural Travessa 81 recebe Cris Bloes e banda dia 8/6

O Espaço Cultural Travessa 81 recebe Cris Bloes e banda dia 8/6

Formado por Cris Bloes (piano), Celso Veagnoli  (saxofone),  Sérgio Frigerio (baixo) e Rodrigo Marinonio  (bateria), o quarteto Cris Bloes  e Banda reúne  músicos com  carreiras individuais consolidadas. Todos  são professores...

Correio Político 1003

Correio Político 1003

Pai da Criança Já começou o “vale tudo” na política de Itapetininga. Osmar Thibes, pré-candidato a prefeito pelo PSDB, começou mal a sua campanha. Declarou a um portal de notícias...

Justiça proíbe eventos com maus tratos aos animais

Justiça proíbe eventos com maus tratos aos animais

Uma Ação Civil Pública feita pela advogada Maria Leticia Benassi Filpi na 2ª Vara Cível do Foro de Itapetininga, foi julgada parcialmente procedente pelo Juiz Aparecido César Machado No ano...

Recusas ao bafômetro crescem em Itapetininga

Recusas ao bafômetro crescem em Itapetininga

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) realizou quatro operações de Direção Segura Integrada no município de Itapetininga entre 2022 e 2024. Durante essas ações, foram abordados 2.367...

Professores criticam o Programa Escola Cívico-Militar

Professores criticam o Programa Escola Cívico-Militar

Em uma sessão marcada pelo confronto de estudantes com policiais militares, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou o projeto enviado pelo governador Tarcísio de Freitas sobre o Programa...

Prefeitura entrega 164 lotes do Programa Lote Social

Prefeitura entrega 164 lotes do Programa Lote Social

A data 17 de maio consolida, definitivamente, o maior programa de habitação popular já realizado pela Prefeitura de Itapetininga com a entrega oficial dos 164 terrenos do Programa Lote Social,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.