Os Hipócritas

Condoca deixou de ir à igreja. Quis saber o motivo e ela afirmou com todas as letras do alfabeto: “Na igreja há muitos hipócritas. ” Procurei, como Ministro do Evangelho, persuadi-la, mostrando que a igreja “tem por objetivo pregar o Evangelho, batizar os conversos, seus filhos menores sob a sua guarda, ensinar aos fiéis a guardar a doutrina e prática das Escrituras do Antigo e Novo Testamento, na sua pureza e integridade, bem como promover a aplicação dos princípios de fraternidade cristã e o crescimento de seus membros na graça e no conhecimento de Nosso Senhor Jesus Cristo”.
Disse, ainda, que a igreja é uma comunidade de pessoas e nem todas são puras, perfeitas, porém o Pastor, como anjo da igreja, procura sempre exortar, aconselhar para que todos possam atingir a perfeição. Jamais um cristão poderá ser perfeito neste mundo, porém todos são incentivados a crescer na graça e no conhecimento espiritual. Lucas, o médico, afirma que o menino Jesus se fortalecia, enchendo-se de sabedoria e a graça de Deus estava nele. Assim, também, os cristãos, indo à igreja, se fortalecem e crescem no sentido espiritual. A santificação não é um ato, porém um processo e cada dia deve ser um novo dia para progredir, crescendo na graça e no amor fraternal. Há, na igreja, cristãos neófitos que se alimentam de leite, todavia há outros que já se alimentam de pão e feijão com arroz. Os fortes, como você, Condoca, devem ajudar os fracos, pois estes não dão testemunho e vivem como se fossem incrédulos, imitando as pessoas do mundo nas vestes, nos costumes e nos hábitos. A impressão que se tem, vendo os noviços no Evangelho, que são hipócritas, porém são pessoas que precisam ser ajudadas.
Condoca ouviu as minhas palavras e sacudindo a cabeça para cima e para baixo, demonstrou não entender que pessoas que se dizem cristãs, vivessem como os filhos das trevas. “Até os jovens, disse ela, que cantam e tocam no conjunto, tem os mesmos trejeitos dos incrédulos. Transformaram o púlpito num palco. Não tocam para agradar a Deus, mas aos homens, numa exibição total”. Deixei que ela falasse, pois, em tais casos, ela tinha razão.
Por fim, procurando alertá-la do seu mau juízo, quanto aos cantores da igreja, eu disse: Irmã, vamos orar por eles. Não deixe de ir à igreja, pois em todas as igrejas há cristãos verdadeiros e falsos. Há trigo e muito joio, como disse Jesus. Por outro lado, irmã, Condoca, o escritor da carta aos Hebreus exorta: “Consideremo-nos, também, uns aos outros para nos estimularmos ao amor e as boas obras. Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns, antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima”.
Os cristãos fortes devem admoestar, aconselhar, advertir e ajudar aqueles que são fracos, pois estão iniciando na carreira cristã.
Condoca concordou comigo e voltou a frequentar a igreja, como era seu costume.

Últimas

Correio Politico – Edição 1010

Experiência e Renovação A Federação Brasil Esperança (PV, PT e Pc do B) está com uma chapa forte de pré-candidatos a vereador. Unindo experiência e renovação, a chapa de pré-candidatos...

Câmara aprova projeto de substituição de sacos plásticos convencionais por ecológicos

Prefeitura e Câmara suspendem publicações em sites

Devido à lei eleitoral, a Prefeitura e a Câmara de Itapetininga suspenderam, temporariamente, a exibição de notícias no site e no semanário oficial que impliquem em publicidade institucional. A medida...

Confira as principais notícias de 2022

Jeferson Brun lança pré-candidatura

O atual prefeito de Itapetininga, Jeferson Brun, atualmente filiado ao Republicanos, lançou oficialmente sua pré-candidatura a prefeito de Itapetininga. Caso se confirme o apoio oficial, Brun terá a companhia de...

Novos nomes surgem para  vice-prefeito

Novos nomes surgem para vice-prefeito

Na edição passada, o Jornal Correio publicou seis nomes que estão na disputa para entrar de vice-prefeito em Itapetininga. Mais duas pessoas estão ainda no jogo como ex-secretário municipal de...

Clima desfavorável afeta produção de figo na cidade

Clima desfavorável afeta produção de figo na cidade

No município de Itapetininga, o clima desfavorável marcou a temporada de colheita de figos neste ano, conforme relata Daniel Nache, produtor local. “Este ano foi desafiador desde o início, com...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga

Bem vindo de volta!

Faça login na sua conta abaixo


Criar nova conta!

Preencha os formulários abaixo para se cadastrar

Redefinir senha

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.