Reminiscência e o Professor de Biologia

Foi no ano de 1965. Era Licenciado em Teologia e exercia a minha função ministerial na IPC de Itapetininga. Período de experiência, segundo cânones calvinistas. Não tinha experiência da vida e do ministério. Depois de dez anos no Seminário saí ingênuo, inocente e santo. No ano anterior, início da Revolução, havia recebido o diploma de Bacharel em Teologia. Saí formado em Teologia e Filosofia, só faltando a Complementação filosófica que fiz na Universidade do Pe. Bezerra.
Fui convidado para participar do Centenário do Nascimento do Rev. Bento Ferraz, em São Paulo. No jornal saíra, depois, a notícia: “Evangélicos de várias denominações,reúnem no Cemitério dos Protestantes para homenagear à memória do Rev. Bento Ferraz, em culto de ação de graças patrocinado pela Junta Administrativa da Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil. Falam vários ministros, representando ilustres denominações evangélicas.” ( Todas tradicionais, pois as moderninhas estavam começando)
O Rev. Armando Pinto de Oliveira da IPC fez o panegírico, asseverando que o Rev. Bento Ferraz galgara triunfantemente todos os degraus do magistério, sendo por fim nomeado Professor Catedrático da Faculdade de Ciências Econômicas e Sociais pelo Governo de São Paulo. Ocupara, também, a cadeira de Português e Literatura no Ginásio do Estado, em Campinas, cadeira outrora regida pelo escritor Coelho Neto.
Falaram, depois, o Rev. Carlos Pacheco, diretor do Seminário Presbiteriano Conservador; Rev. Miguel Rizzo, Ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil; Rev. Adalto Araujo Dourado, Pastor da Igreja Presbiteriana Unida; Rev. Dr. Tertuliano Cerqueira Leite, médico, representando a Primeira Igreja Batista de São Paulo; Rev. Daily Rezende França da Catedral Presbiteriana Independente de São Paulo; Rev. Jorge Bertolasso Stella, pastor emérito da Igreja Presbiteriana Independente e ilustre Prof. de Teologia e outros famosos da época. Eu não falei, mas o meu nome saiu em último lugar.
Por fim, agradecendo em nome da família, falou o Prof. Dr. Flaminío Fávero, genro do homenageado. A solenidade foi encerrada com a invocação da bênção apostólica pelo Rev. Jorge Bertolasso Stella da Igreja Presbiteriana Independente.
Encerrada a cerimônia, houve os abraços fraternais e apresentações. Fui apresentado ao Prof. e Dr. Flamínio Fávero como Professor de Biologia, uma vez que havia no Seminário ministrado algumas aulas de Ciências. Confesso que fiquei constrangido na presença do Prof. Catedrático da Faculdade de Medicina de São Paulo. Não sabia onde por o rosto, pois me senti como invasor de sua disciplina maior. A sua esposa, médica, talvez notando o meu acanhamento, ainda se prontificou em me ajudar, pois por várias vezes afirmei que era um simples curioso. Todos já dormiram no Senhor, e só eu fiquei para contar a história.
Eu me humilhei, obedecendo ao que Cristo ensinara: “O maior dentre vós será vosso servo. Pois a quem a si mesmo se exaltar será humilhado e quem a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Mat. 23:11,12)

Últimas

Pessoas de 49 e 48 anos serão vacinadas hoje

Pessoas de 49 e 48 anos serão vacinadas hoje

Pessoas de 49 e 48 anos serão vacinadas hoje. Confira o calendário de vacinação dessa semana: QUARTA-FEIRA – 23 DE JUNHO 1ª DOSE 49 e 48 ANOS OU MAIS –...

Pessoas de 53 e 52 anos serão vacinadas hoje

Pessoas de 53 e 52 anos serão vacinadas hoje

Pessoas de 53 e 52 anos serão vacinadas hoje. Confira o calendário de vacinação dessa semana: SEGUNDA-FEIRA – 21 DE JUNHO 1ª DOSE53 e 52 ANOS OU MAIS – Pessoas...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga