Sua Excelência, o Ganso!

Há tempo, eu pretendo contar, mas, vou esperando, esperando… Parece mentira, mas o Jorge, do Taperá, da Estância Turística de Salto, tem um ganso de estimação! Isso mesmo: um ganso!
É normal um homo sapiens ter um bichinho amigo, trocar confidências com a espécie, dividir a bóia, chorar as mágoas e até pedir conselhos… Conheço muita gente que mantém um canário em casa, um poodle, um gato… Tem filho de Deus que mantém uma sogra de estimação e leva até o cafezinho na cama… Mas, um ganso, eu nunca tinha visto…
E não vão pensar os nobres leitores que é um patinho mequetrefe, não! De jeito nenhum… É um baita grasnador! E, além do mais, o distinto tem personalidade e alguém só entra na casa do Jorge, após apresentar-se e receber o alvará de sua excelência- o ganso! E se o penoso decidir que o visitante não deve entrar, pode desistir: não entra mesmo!
É um “passarinhão” de nobre estirpe, tem pedigree e por isso seu nome de batismo é Julius! Poderia ser apenas Julio, em bom português, mas o avoante tem sangue azul e postura de majestade…
Fiquei sabendo que o distinto já foi parar numa delegacia de polícia porque um enfadado decidiu jantá-lo e o Jorge ficou sabendo… O conhecido escritor virou uma onça… Foi um perereco nunca visto na querência saltense! Onde já se viu transformar um ganso real em galinha frita? Talvez o infeliz do Zé Mané, causador da quase tragédia, tenha bebido demais e acabou confundindo Julius com uma galinha gigante de Itu e, deu no que deu… Tá tudo lá, no Boletim de Ocorrência!
Eu tenho o privilégio de hospedar-me, de vez em quando, na mesma residência onde reina o nobilíssimo exemplar de ave anseriforme, da família dos anatídeos, palmípede, de plumagem branca e posso jurar de pé junto: o Július é tratado com fidalguia e suprema distinção! Há quem diga que o formoso emplumado terá estátua post-mortem e será nome de rua…
De manhãzinha, o azafamado escriba Jorge, arma-se de baldes, vassouras e sabão e lava os aposentos reais julianos com requintes de joalheiro suíço. Não sobra nem uma peninha… Após a ablução, o notável beletrista oferta à nobre ave porções de escarola, melancia, quirera e bisnaga de leite… E ainda faz um cafuné… Nada falta ao penoso!
E o Julius a cada dia fica mais e mais querido… Eu vi, eu estava lá… Senhores, senhoras, crianças, ao passar pela calçada, inclinam-se em reverência e… “bom dia, Julio”!
E Julinho responde, claro!

Últimas

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Câmara cassa mandato do vereador Codorna

Na última quinta-feira, dia 22, em Sessão Extraordinária realizada na Câmara Municipal de Itapetininga (CMI), 15 dos 19 vereadores votaram pela cassação do mandato do parlamentar de oposição Eduardo Codorna...

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

Prefeitura promove Campanha com exames de Hepatite B e C

No mês em que é celebrado o “Dia Internacional do Combate às Hepatites Virais”, a Prefeitura de Itapetininga, por meio da Secretaria de Saúde e Departamento de Vigilância Epidemiológica promovem...

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

Filmes para quem gosta de comer… e cozinhar

BAO (2018). O curta-metragem dirigido por Domee Shi fala de amor, e usa comida para representar uma mãe cuidando e acompanhando o crescimento do filho. Tem um viés bastante simbólico,...

mais lidas

Assine o Jornal e tenha acesso ilimitado

a todo conteúdo e edições do jornal mais querido de Itapetininga